Arquivo mensal: março 2018

Spurs (41-30) vs Wizards (40-30) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Washington Wizards – Temporada Regular

Data: 21/03/2018

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Após finalmente vencer o Golden State Warriors nesta temporada, o San Antonio Spurs segue em casa para receber o Washington Wizards. Com 11 compromissos pela frente na fase de classificação e ainda brigando por vaga nos playoffs, a equipe de Gregg Popovich tem dura tarefa pela frente. Sem contar com John Wall, machucado, o time visitante começou a se ajudar mais coletivamente ao maximizar sua porcentagem de assistências nos últimos 22 jogos, ajudando em 69,2% nos arremessos de quadra, maior porcentagem da NBA. A equipe da capital dos Estados Unidos tem média de 28,5 assistências por partida desde 27 de janeiro, a maior da temporada. As duas franquias ainda não se enfrentaram em 2017/2018.

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills

SF – Danny Green

PF – Kyle Anderson

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Não é novidade pra ninguém que LaMarcus Aldridge tem sido o principal jogador do Spurs nesta temporada. A classificação do time para os playoffs passa muito pela atuação do camisa #12 e, até agora, tem dado certo. Contra o Warriors, o ala-pivô brilho no último quarto e foi responsável por um double-double, com 33 pontos e 12 rebotes.

PG – Tomas Satoransky

SG – Bradley Beal

SF – Otto Porter Jr

PF – Markieff Morris

C – Marcin Gortat

Fique de Olho – Assim como não é novidade para ninguém que Aldridge é o destaque do Spurs, Bradley Beal segue a mesma regra no Wizards. Eleito para ser All-Star neste ano, o ala-armador aumentou seu rendimento após a lesão de John Wall. No último jogo da equipe, foi fundamental na vitória sobre o Indiana Pacers ao anotar 19 pontos e seis assistências.

Spurs (41-30) vs Warriors (53-18) – Alívio

sanantoniospurs89×75gsw

O San Antonio Spurs continuou sua série de partidas no AT&T Center e recebeu o Golden State Warriors. Em partida com condições atípicas, os texanos venceram os rivais pelo placar de 89 a 75, evitaram uma varrida nos confrontos da temporada 2017/2018 e ampliaram sua sequência de triunfos obtidos em seu ginásio. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Danny Green teve bom aproveitamento nos arremessos (Reprodução/nba.com/spurs)

Jogo Estranho

Spurs e Warriors são equipes conhecidas por seu alto nível de basquete, constantes vitórias e favoritismo rotineiro. Porém, em partida com quatro estrelas como desfalques e uma lesionada no meio do jogo, a partida foi estranha para os espectadores. O jogo, que começou sem Kawhi Leonard, Stephen Curry, Klay Thompson e Kevin Durant ainda perdeu Draymond Green. O baixo placar mostra a evidente queda de produção dos times, sem seus líderes. No entanto, os californianos deram trabalho aos mandantes, e o jogo foi decidido apenas no último quarto.

Aldridge liderou o time de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

O time é dele

O Spurs embarcou em uma sequência de quatro vitórias seguidas, todas graças à imensa contribuição de LaMarcus Aldridge. O ala-pivô cresceu na hora certa, passou a atuar como um verdadeiro MVP e mostrou a todos a razão da boa temporada dos texanos: sua liderança. Nos recentes triunfos, o camisa #12 possui médias de 30,3 pontos, nove rebotes e dois tocos por exibição, com aproveitamento de 55,7% nos arremessos de quadra. Contra o Warriors, foram 33 pontos, sendo 19 deles no último quarto, e 12 rebotes.

De volta na briga

O Spurs cresceu na hora certa e agora tem quatro vitórias seguidas. Cada um dos jogos foi importante, e três deles foram contra times que estão na zona de classificação para os playoffs da Conferência Oeste. Com um recorde de 41 vitórias e 30 derrotas, os texanos se mantém vivos na briga pela pós-temporada, com o otimismo e as esperanças renovadas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs:

LaMarcus Aldridge – 33 pontos, 12 rebotes e 2 tocos

Patty Mills – 12 pontos

Danny Green – 11 pontos

Golden State Warriors

Quinn Cook – 20 pontos, 5 rebotes e 5 assistências

Kevon Looney – 12 pontos e 8 rebotes

Andre Iguodala – 10 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Nick Young – 10 pontos

Spurs (40-30) x Warriors (53-17) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x Golden State Warriors – Temporada Regular

Data: 19/03/2018

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,32 (favorito) x Warriors 3,40

Vindo de três vitórias consecutivas no AT&T Center, o San Antonio Spurs segue em casa para enfrentar o Golden State Warriors. Se enfrentar os atuais campeões, que já venceram o alvinegro três vezes na temporada, assusta, o confronto desta segunda-feira deve ser menos complicado, já que os visitantes têm Stephen Curry, Klay Thompson, Kevin Durant e Omri Casspi como baixas. A equipe texana, por sua vez, segue sem Kawhi Leonard.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (0-3)

02/11/2017 – Spurs 92 vs 112 Warriors

Sem Tony Parker, Kawhi Leonard e Joffrey Lauvergne, o Spurs não foi páreo para o Warriors e acabou derrotado em casa. LaMarcus Aldridge, com 24 pontos e dez rebotes, se destacou.

10/02/2018 – Spurs 105 @ 122 Warriors

No segundo duelo da temporada, o Warriors levou a melhor de novo. Na ocasião, Kyle Anderson anotou 20 pontos, seis rebotes, quatro assistências, três roubadas de bola e dois tocos.

08/03/2018 – Spurs 107 @ 110 Warriors

Sem Kawhi Leonard e Pau Gasol, o Spurs visitou o Warriors e até conseguiu equilibrar o jogo, mas acabou derrotado. LaMarcus Aldridge, com 30 pontos e 17 rebotes, se destacou.

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills

SF – Danny Green

PF – Kyle Anderson

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – A temporada em que Kyle Anderson mais havia jogado até aqui havia sido a 2015/2016, sua segunda na NBA, quando ficou em quadra por 1.245 minutos. Nesta, restando ainda 12 partidas, o ala já jogou 1.674 minutos. Nesta segunda-feira, terá a difícil missão de enfrentar Draymond Green, destaque do desfalcado time adversário. Até aqui, em 2017/2018, o camisa #1 do Spurs tem médias de oito pontos e 5,6 rebotes em 27 minutos por exibição.

PG – Quinn Cook

SG – Nick Young

SF – Andre Iguodala

PF – Draymond Green

C – Zaza Pachulia

Fique de Olho – Odiado pela torcida do Spurs por se envolver em lance em que Kawhi Leonard se machucou, Zaza Pachulia recuperou de JaVale McGee o cargo de pivô titular do Warriors. Até aqui, na temporada, o georgiano sustenta 5,8 pontos e 4,9 rebotes em 14,6 minutos por jogo.

Spurs (40-30) x Wolves (40-30) – Resposta

117×101

Nesse sábado (17), San Antonio Spurs recebeu o Minnesota Timberwolves no AT&T Center e venceu o adversário pelo placar de 117 a 101. Foi a terceira vitória consecutiva da equipe texana desde a derrota para o Los Angeles Lakers, resultado que empurrou o alvinegro para fora da zona de classificação para os playoffs. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge foi o cestinha do jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Rosto da temporada

Como de costume, LaMarcus Aldridge foi o destaque do Spurs, dessa vez com 39 pontos, dez rebotes e dois tocos. A grande atuação veio após início ruim, já que o ala-pivô errou seus cinco primeiros arremessos de quadra no jogo. Depois disso, acertou oito dos nove que tentou durante o segundo quarto e terminou com apenas oito bolas erradas em 22 arriscadas. Das três vitórias consecutivas do alvinegro, as duas últimas foram contra adversários diretos na briga por uma vaga nos playoffs, New Orleans Pelicans e Minnesota Timberwolves, e o camisa #12 foi fundamental ao vencer os duelos pessoais contra Anthony Davis e Karl-Anthony Davis.

Manu foi importante (Reprodução/nba.com/spurs)

Fazendo história

Inspirado, Aldridge comandou segundo quarto decisivo do Spurs, vencido pelo time de San Antonio por 38 a 26. O ala-pivô marcou 18 dos 21 pontos feitos pela equipe texana em uma sequência de cinco minutos, incluindo 12 consecutivos, em sequência que ajudou a definir o jogo. O alvinegro acertou 84% dos arremessos de quadra que acertou na parcial, melhor marca que alcançou desde 2010, quando acertou 86% no terceiro período de um jogo contra o Golden State Warriors.

Força veterana

Big Three do banco de reservas do Spurs desde que Gregg Popovich mexeu pela última vez na escalação, Tony Parker, Manu Ginobili e Pau Gasol também foram importantes na sequência decisiva que o time imprimiu no segundo quarto. Com os três em quadra, o alvinegro conseguiu corrida de 16 a 4 entre os dois primeiros períodos que fez com que o time virasse o jogo para 29 a 26. Bryn Forbes e Rudy Gay completaram a unidade.

Enquanto isso, Dejounte Murray, Patty Mills, Danny Green e Kyle Anderson jogaram ao redor de Aldridge na equipe titular. Assim, foi o ala-pivô Davis Bertans quem saiu da rotação.

Mando forte

As três vitórias seguidas do Spurs, agora sétimo na Conferência Oeste, foram no AT&T Center, e a equipe texana ainda tem três partidas pela frente em seu ginásio. A primeira delas acontece na segunda-feira, contra o Golden State Warriors que vai viajar desfalcado de Stephen Curry, Klay Thompson e Kevin Durant. Depois disso, o alvinegro recebe Washington Wizards e Utah Jazz antes de cair na estrada para visitar Milwaukee Bucks e Washington Wizards.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 39 pontos, 10 rebotes e 2 tocos

Rudy Gay – 14 pontos, 4 rebotes e 4 tocos

Pau Gasol – 12 pontos, 8 assistências e 7 rebotes

Danny Green – 12 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Patty Mills – 12 pontos, 5 assistências e 3 rebotes

Manu Ginobili – 10 pontos, 3 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Minnesota Timberwolves

Karl-Anthony Towns – 23 pontos e 9 rebotes

Andrew Wiggins – 21 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Jeff Teague -16 pontos, 8 assistências e 2 roubos de bola

Spurs (39-30) x Wolves (40-29) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x Minnesota Timberwolves – Temporada Regular

Data: 17/03/2018

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,55 (favorito) x Wolves 2,45

Dois dias depois de vencer o New Orleans Pelicans, o San Antonio Spurs volta ao seu ginásio e recebe o Minnesota Timberwolves em mais uma partida com cara de decisão. Se vencer, o time texano, oitavo colocado na Conferência Oeste, se iguala ao adversário, quinto. Se perder, no entanto, torna mais complicada a chance de se classificar para os playoffs. O alvinegro segue sem Kawhi Leonard, machucado. Os visitantes, por sua vez, têm Jimmy Butler como baixa.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-1)

18/10/2017 – Spurs 107 x 99 Timberwolves

Na estreia pela temporada 2017/2018, o Spurs recebeu o Timberwolves e venceu o oponente por 107 a 99. A partida marcou a estréia de Rudy Gay pela equipe, que teve Kyle Anderson e DeJounte Murray como titulares. LaMarcus Aldridge, com 28 pontos e dez rebotes, foi o líder do time, que ainda viu outros quatro jogadores chegarem aos dois dígitos na pontuação.

15/11/2017 – Spurs 86 @ 98 Timberwolves

Nos segundo duelo da temporada, o primeiro disputado na casa do Wolves, o Spurs acabou derrotado pelo adversário pelo placar de 98 a 86. LaMarcus Aldridge, com 15 pontos, dez rebotes e três assistências, se destacou pelo time de San Antonio na ocasião.

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills

SF – Danny Green

PF – Kyle Anderson

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Novo titular da armação do Spurs, Dejounte Murray tem mostrado que é acima da média nos rebotes, especialmente entre jogadores da posição. O jovem segundanista já coletou 372 na temporada, ficando atrás apenas de Pau Gasol, com 527, e LaMarcus Aldridge, com 514, em todo o elenco da franquia de San Antonio. Até aqui, nesta campanha, o camisa #5 apresenta médias de 7,8 pontos e 5,5 rebotes em 20,4 minutos por exibição.

PG – Jeff Teague

SG – Andrew Wiggins

SF – Nemanja Bjelica

PF – Taj Gibson

C – Karl Anthony-Towns

Fique de Olho – Nemanja Bjelica passou a iniciar os jogos após a lesão de Jimmy Butler e tem médias de 6,8 pontos e 3,8 rebotes em 18,6 minutos por exibição. Considerando os jogos em que foi titular, os números sobem para 13 pontos e 7,8 rebotes em 36,3 minutos por partida