Arquivo mensal: março 2018

Spurs (43-41) @ Bucks (39-34) – Até o último segundo

103×106

Nesse domingo (25), o San Antonio Spurs visitou o Milwaukee Bucks e acabou derrotado pelo adversário pelo placar de 103 a 106. Vamos, a seguir, aos destaques do jogo.

Aldridge se destacou mais uma vez (Reprodução/nba.com/spurs)

Jogaço

Se os torcedores do Spurs terminaram a partida lamentando a derrota, ao menos assistiram a grande duelo. Alternando dominância no confronto, as duas equipes foram até os últimos segundos para decidir o placar. A vitória para os donos da casa veio após arremesso forçado da linha dos três pontos não convertido pelos texanos. No lance em questão, o armador Dejounte Murray foi bloqueado em sua tentativa, causando a ira do técnico Gregg Popovich.

Murray errou a última bola (Reprodução/nba.com/spurs)

Atletecismo

Atuando contra uma equipe muito atlética, os jogadores do Spurs sofreram com a correria adversária. Os veteranos Manu Ginobili e Patty Mills, que se haviam acabado de se destacar na vitória sobre o Utah Jazz, sentiram dificuldade durante a partida, principalmente por não terem a intensidade que o Bucks demanda. Esse fato pode ser mostrado pelo fato de o terem conseguido seis tocos, contra apenas dois do alvinegro.

Contando

Com oito partidas a serem jogadas e mantendo duas partidas e meia de vantagem sobre o Denver Nuggets, nono colado da Conferência Oeste e primeiro fora da zona dos playoffs, o Spurs já começa a fazer a contagem de vitórias necessárias para se classificar. Os próximos adversários são Washington Wizards, Oklahoma City Thunder, Houston Rockets, Los Angeles Clippers, Los Angeles Lakers, Portland TrailBlazers, Sacramento Kings e New Orleans Pelicans.

Dentre esses oponentes, Thunder, Pelicans, Clippers e Blazers seriam vitórias interessantes para o Spurs, uma vez que todos estao no bolo que vai da terceira posição à nona do Oeste. Triunfos nesses jogos podem fazer com que os comandados de Gregg Popovich alcancem até mesmo o terceiro lugar, garantindo mando de quadra na primeira rodada dos playoffs.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 37 pontos e 7 rebotes

Pau Gasol – 22 pontos e 13 rebotes

Danny Green – 13 pontos e 6 rebotes

Dejounte Murray – 10 pontos e 9 rebotes

Rudy Gay – 10 pontos e 7 rebotes

Milwaukee Bucks

Giannis Antetokounmpo – 25 pontos e 10 rebotes

Eric Bledsoe – 23 pontos

Khris Middleton – 19 pontos e 7 rebotes

John Henson – 10 pontos e 6 rebotes

Spurs (43-30) @ Bucks (38-34) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Milwaukee Bucks – Temporada Regular

Data: 25/03/2018

Horário: 16h30 (Horário de Brasília)

Local: Bradley Center

Onde assistir: NBA League Pass

Após seis vitórias seguidas, o San Antonio Spurs tenta manter o ímpeto contra o Milwaukee Bucks, fora de casa. Em caso de vitoria, o alvinegro texana pode, dependendo de outros resultados retomar a terceira posição da Conferencia Oeste ainda nesta semana.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (0-1)

10/11/2017 – Spurs 87 x 94 Bucks

No primeiro duelo da temporada 2017/2018, o Spurs foi derrotado pelo Bucks no AT&T Center. LaMarcus Aldridge, com 20 pontos, 12 rebotes e quatro assistências, se destacou.

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills/Manu Ginobili

SF – Danny Green

PF – Kyle Anderson

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Importante peça na recuperação das vitorias da equipe, Manu Ginobili vem demonstrando o porque terá sua camiseta aposentada pela franquia. Mesmo com 40 anos de idade, o argentino mostra a cada jogada sua força e sua raça, marcas registradas do atleta.

PG – Eric Bledsoe

SG – Jason Terry

SF – Khris Middleton

PF – Giannis Antetokounmpo

C – John Henson

Fique de Olho Evoluindo a cada temporada que passa, The Greek Freak é um dos principais jogadores da temporada. O ala vem liderando sua equipe para mais uma aparição nos playoffs.

Spurs (43-30) x Jazz (41-32) – Aldridge histórico

124×120

Nessa sexta-feira (23), o San Antonio Spurs recebeu o Utah Jazz e venceu o adversário por 124 a 120 na prorrogação, chegando ao sexto triunfo seguido em seis jogos no AT&T Center. Para obter o resultado, a equipe texana contou com uma das melhores atuações da carreira do ala-pivô LaMarcus Aldridge. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge viveu noite histórica (Reprodução/nba.com/spurs)

Ele de novo

Destaque do Spurs na temporada, Aldridge foi monstruoso contra o Jazz, ajudando o alvinegro a vencer a primeira prorrogação que disputou em 2017/2018 e encerrando série de 12 vitórias consecutivas do adversário como visitante. O ala-pivô fez 45 pontos, maior marca de sua carreira, e ainda somou nove rebotes e três tocos. O astro anotou 28 pontos apenas na primeira metade do jogo, acertando 12 dos 16 arremessos de quadra que tentou no período. Foi a primeira vez que um jogador da franquia fez 28 pontos antes do intervalo desde 2008, quando Manu Ginobili realizou a façanha em jogo contra o Cleveland Cavaliers.

Manu foi importante (Reprodução/nba.com/spurs)

Ajuda importante

Por falar em Ginobili, o ídolo argentino foi um dos três jogadores que deram importante ajuda a Aldridge, colaborando com 18 pontos, cinco rebotes e três assistências em 27 minutos. Os outros dois foram, Patty Mills que anotou 25 pontos e quatro assistências em 41 minutos, e Rudy Gay, que deixou a quadra com 15 pontos e cinco rebotes em 25 minutos.

Versão do técnico

Após o jogo, Gregg Popovich foi questionado sobre o rumor de que o elenco do Spurs teria se reunido com Kawhi Leonard para cobrar seu retorno. O técnico não negou o relato e deu sua versão sobre a situação.

“Eu só falo sobre as coisas que eu sei, e eu sei que Kawhi tem trabalhado duro para voltar. Tem sido frustrante. Você não acha que ele quer voltar? Você não acha que queremos ele de volta? Mas o fato de ele não voltar frustra todo mundo”, declarou o técnico.

Estão deixando a gente sonhar

Depois de chegar a ficar fora da zona de classificação para os playoffs, o Spurs agora briga por mando de quadra na primeira fase do mata-mata. A equipe texana está na sexta colocação, apenas meio jogo atrás do Oklahoma City Thunder, que está em quarto.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 45 pontos, 9 rebotes e 3 tocos

Patty Mills – 25 pontos e 4 assistências

Manu Ginobili – 18 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Rudy Gay – 15 pontos e 5 rebotes

Utah Jazz

Donovan Mitchell – 35 pontos, 4 roubos de bola, 3 assistências e 3 rebotes

Derrick Favors – 22 pontos, 8 rebotes e 2 tocos

Ricky Rubio – 20 pontos, 9 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Rudy Gobert – 13 pontos, 8 rebotes e 2 tocos

Joe Ingles – 13 pontos e 4 assistências

Spurs (42-30) x Jazz (41-31) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x Utah Jazz – Temporada Regular

Data: 23/03/2018

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,60 (favorito) x Jazz 2,35

Vindo de cinco vitórias consecutivas no AT&T Center, o San Antonio Spurs encerra a série de seis partidas seguidas em seu ginásio contra o Utah Jazz, em jogo com implicações diretas rumo aos playoffs. Isso porque o alvinegro ocupa a sexta colocação na Conferência Oeste, enquanto os adversários aparecem em oitavo. Kawhi Leonard será o único desfalque do time no confronto. Os visitantes, por sua vez, têm Raulzinho, Thabo Sefolosha e Tony Bradley como baixas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (0-2)

22/12/2017 – Spurs 89 @ 100 Jazz

No primeiro duelo da temporada, disputado em Utah, o Spurs perdeu para o Jazz na segunda noite de um back-to-back. Bryn Forbes, com 12 pontos e cinco assistências, se destacou.

03/02/2018 – Spurs 111 x 120 Jazz

Na primeira vez que recebeu o Jazz na temporada, o Spurs voltou a ser derrotado, dessa vez por 120 a 111. LaMarcus Aldridge, com 31 pontos, cinco rebotes, três assistências, três roubadas de bola e dois tocos, fez grande partida e se destacou na ocasião.

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills

SF – Danny Green

PF – Kyle Anderson

C – LaMarcus Aldridge/Pau Gasol

Fique de Olho – Contra um time que costuma jogar com Derrick Favors e Rudy Gobert, dupla mais tradicional de garrafão, Pau Gasol pode ganhar mais minutos, jogando ao lado de LaMarcus Aldridge e não somente como reserva do astro. Até aqui, na temporada, o espanhol tem médias de 10,4 pontos, 8,1 rebotes e 3,2 assistências em 24,2 minutos por exibição.

PG – Ricky Rubio

SG – Donovan Mitchell

SF – Joe Ingles

PF – Derrick Favors

C – Rudy Gobert

Fique de Olho – Depois de Anthony Davis e Karl-Anthony Towns, Rudy Gobert é mais um jovem pivô atlético que Aldridge terá de enfrentar durante a série do Spurs no AT&T Center. Na temporada, o francês registra 14 pontos, 10,8 rebotes e 2,4 tocos em 32,5 minutos por jogo.

Spurs (41-30) vs Wizards (40-30) – De volta no páreo

 

98×90

Foi necessário um balde de água fria, mas a chance de o torcedor do San Antonio Spurs ver seu time de fora dos playoffs está diminuindo aos poucos. A equipe comandada por Gregg Popovich recebeu o Washington Wizards na noite desta quarta-feira (21) e venceu os adversários por 98 a 90, emplacando o quinto triunfo consecutivo. Confira, a seguir, os destaques do jogo.

Manu Ginobili se destacou por sua inteligência e experiência (NBA/Getty Images)

O jogo

Convenhamos: um puxão de orelha feito pelo treinador Gregg Popovich não deve ser nada agradável, mas parece que está dando resultado no Spurs. Estender o recorde da NBA de participação em playoffs por anos consecutivos estava em risco até duas semanas atrás, quando a equipe de San Antonio vinha de 11 derrotas nos últimos 14 jogos.

Aldridge se destacou mais uma vez (Reprodução/NBA Twitter)

“Acho que perdemos o suficiente para nos reorientarmos, por mais simples que isso possa parecer. Claro que nós conversamos sobre a defesa. Nós trabalhamos em cima disso com situações de arremessos quando não tínhamos treino. Ele são um grupo inteligente e percebem que, se não conseguirmos isso juntos, não teremos nada, pois fomos ineficientes ofensivamente”, explicou Pop, após a partida.

Como não poderia deixar de ser, assim como na temporada inteira, o ala-pivô LaMarcus Aldridge foi o grande termômetro do triunfo do Spurs e contribuiu diretamente para o resultado final. As duas equipes faziam jogo disputado até que o camisa #12 marcou nove pontos de uma sequência de 23 a 9 para o alvinegro, que construiu uma vantagem de 17 pontos faltando quatro minutos para o fim do terceiro quarto.

Na última parcial, a liderança foi ampliada para 22 pontos, o que permitiu a Popovich colocar os reservas em quadra e dar descanso a seus principais jogadores restando somente quatro minutos para o fim.

Na mesma proporção com que o Spurs se recuperou, o Wizards está caindo. Sem John Wall, machucado, a equipe não conseguiu conter a reação adversária e, com o tropeço, caiu para o sexto lugar da Conferência Leste. O armador perdeu seu 24º jogo seguido por conta de uma cirurgia no joelho esquerdo. A expectativa é que retorne até o final deste mês.

“Nós não conseguimos fazer nenhuma jogada no terceiro quarto. Achei que estávamos bem, mas aí passamos a correr atrás do resultado”, disse o técnico Scott Brooks

Abre o olho!

Para concluir a sequência de seis partidas que faz no AT&T Center com perfeição, o Spurs ainda precisa bater o Utah Jazz, em jogo que será realizado nesta sexta-feira (23). O time de Salt Lake City é concorrente direto na briga por um lugar na pós-temporada da Conferência Oeste: está atualmente na oitava colocação, com campanha de 40 vitórias e 31 derrotas.

No entanto, é para se preocupar, uma vez que o Jazz venceu as três partidas que as equipes fizeram na temporada até então. Sendo assim, a equipe de Utah tem vantagem num possível desempate contra o Spurs se os times terminarem com a mesma campanha.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 27 pontos, 9 rebotes, 4 assistências e 2 tocos

Kyle Anderson – 16 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Rudy Gay – 10 pontos e 5 rebotes

Dejounte Murray – 9 pontos e 10 rebotes

Washington Wizards

Kelly Oubre Jr. – 21 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Bradley Beal – 21 pontos

Otto Porter Jr. – 12 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Ian Mahinmi – 12 pontos e 3 assistências

Texto publicado também no The Playoffs pelo mesmo autor