Spurs (43-32) vs Wizards (41-33) – Queda na capital

SBresumo

106×116LOGO WIZARDS

Nessa terça-feira (27), o San Antonio Spurs visitou o Washington Wizards e acabou derrotado por 116 a 106. Em partida em que o banco dos mandantes brilhou, LaMarcus Aldridge se machucou e o alvinegro levou a pior. Confira, a seguir, os destaques do confronto.

San Antonio Spurs v Washington Wizards

Aldridge saiu no segundo quarto (Reprodução/nba.com/spurs)

Joelho

LaMarcus Aldridge estava fazendo um grande jogo antes de ter que abandonar a partida no segundo quarto. O atleta – que em 17 minutos havia anotado 13 pontos, quatro rebotes e duas assistências – sentiu um desconforto em seu joelho esquerdo e pediu para sair, não retornando após ser atendido no banco e levado para o vestiário. Nesta quarta-feira (28), o ala-pivô fez uma ressonância magnética, e foi confirmada uma lesão no local. A boa notícia é que o problema não é sério. Por enquanto, o jogador é dúvida para a partida contra o Oklahoma City Thunder.

Murray não brilhou (Reprodução/nba.com/spurs)

Perda de ritmo

Na primeira parte da partida, o Spurs teve muitas oportunidades de controlar o jogo, marcando pontos e fazendo bons passess, sempre batendo de igual para igual com o Wizards. Depois de vencer o primeiro quarto, a equipe texana cometeu alguns erros no segundo, perdendo lances livres e jogadas próximas da cesta. Além disso, os reservas dos mandantes entraram inspirados, fazendo grandes jogadas e aumentando o ritmo, que ficou ainda mais veloz sem Aldridge.

Kyle Anderson não fez uma boa partida. Mesmo auxiliando a equipe de San Antonio, em diversos momentos o jogador encontrou dificuldades para fazer jogadas ofensivas e foi limitado pela defesa adversária, o que fez com que o Spurs não conseguisse responder às investidas do Wizards à altura. As coisas só foram entrar nos trilhos a partir do último quarto, quando a equipe encontrou um ponto de equilíbrio, e o ala agiu como um armador de destaque, distribuindo boas bolas para seus companheiros de equipe pontuarem.

Espaço no perímetro

Popovich variou bastante a formação da equipe após o intervalo, o que possibilitou um pouco mais de espaço para Bryn Forbes e Davis Bertans. Pau Gasol não estava tendo muitas oportunidades no ataque devido à marcação forte de Marcin Gortat, que limitou suas ações.

Rudy Gay por muitas vezes ao longo da temporada foi o cara que ajudou a dar volume de jogo da equipe texana, sempre saindo do banco e sendo aquele que acrescenta muito à defesa e auxilia em bons contra-ataques. Entretanto, o camisa #24 não vem conseguindo manter o mesmo ritmo do começo do ano. É esperado que ele se reencontre em quadra, pois é fundamental para o esquema tático do Spurs, ainda mais com os playoffs chegando.

Defensivamente, o alvinrgro pecou atrasando nas rotações no perímetro, o que facilitou para o Wizards poder concretizar as suas jogadas perto da cesta, como foi o caso de Markieff Morris, que soube aproveitar os buracos defensivos do alvinegro para chegar ao aro e marcar pontos. O ala-pivô que foi o maior pontuador de seu time e não errou nenhum arremesso.

Fator LMA

Após a derrota para o Wizards, Manu Ginobili comentou sobre LaMarcus Aldridge e o quão impactante seria para o desempenho da equipe se o camisa #12 se ausentasse do time.

“Considerando o modo em como ele vem jogando e o nosso recente sucesso nesses jogos, nós chegamos em um ponto em que se o LaMarcus pega uma tosse ou um resfriado, estamos em apuros. É muito difícil pontuar sem ele e nós temos jogos difíceis contra equipes que precisamos vencer. Nós realmente precisamos dele”, disse o ala-armador argentino, ídolo da franquia.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 13 pontos e 4 rebotes

Bryn Forbes – 12 pontos e 6 assistências

Patty Mills – 11 pontos e 6 assistências

Pau Gasol – 10 pontos e 6 rebotes

Washington Wizards

Markieff Morris – 15 pontos

Otto Porter Jr. – 14 pontos e 3 assistências

Jodie Meeks – 13 pontos

Kelly Oubre Jr. – 12 pontos, 9 rebotes e 4 assistências

Marcin Gortat – 12 pontos e 8 rebotes

Ramon Sessions – 12 pontos e 6 assistências

Mike Scott – 11 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Anúncios

Sobre Sonia Cury

22 anos. Jornalista. Apaixonada por esportes. Torcedora do Spurs na NBA e do Packers na NFL. Gosta da vida urbana e desse contraste de caos e cores. Viajar para outros países e aprender com outras culturas é sua meta de vida.

Publicado em 29/03/2018, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s