Arquivo diário: 26/03/2018

Aldridge é eleito o jogador da semana no Oeste

Nesta segunda-feira (26), a NBA anunciou que LaMarcus Aldridge, do San Antonio Spurs, foi eleito o melhor da Conferência Oeste na semana de 19 a 25 de março. Foi a segunda vez que o ala-pivô levou o prêmio desde 2015, ano em que foi contratado, e a décima em sua carreira.

Aldridge em ação durante jogo contra o Wizards (Reprodução/nba.com/spurs)

Aldridge é apenas o terceiro jogador da história do Spurs que jogou na franquia e foi eleito pelo menos dez vezes o melhor jogador da Conferência Oeste. Os outros dois são ídolos da franquia de San Antonio: Tim Duncan, com 23 honrarias, e David Robinson, com 14.

Na semana em questão, Aldridge teve médias de 34,8 pontos, 9,3 rebotes, 2,3 assistências e dois tocos em 34,8 minutos por exibição, convertendo 59,6% nos arremessos de quadra e 86,7% nos lances livres. Com isso, ajudou o Spurs a vencer três dos quatro jogos que fez no período.

O camisa #12 começou a semana anotando 33 pontos, 12 rebotes e dois tocos na vitória sobre o Golden State Warriors. Depois, registrou 27 pontos, nove rebotes, quatro assistências e dois tocos em triunfo sobre o Washington Wizards. Continuando, o ala-pivô somou históricos 45 pontos, nove rebotes e três tocos para ajudar o Spurs a derrotar o Utah Jazz. Por fim, deixou a quadra com 37 pontos e sete rebotes no revés para o Milwaukee Bucks, na única das quatro partidas que a equipe de San Antonio fez fora de casa no período em questão.

LeBron James, do Cleveland Cavaliers, foi eleito o jogador da semana na Conferência Leste.

Spurs (43-41) @ Bucks (39-34) – Até o último segundo

103×106

Nesse domingo (25), o San Antonio Spurs visitou o Milwaukee Bucks e acabou derrotado pelo adversário pelo placar de 103 a 106. Vamos, a seguir, aos destaques do jogo.

Aldridge se destacou mais uma vez (Reprodução/nba.com/spurs)

Jogaço

Se os torcedores do Spurs terminaram a partida lamentando a derrota, ao menos assistiram a grande duelo. Alternando dominância no confronto, as duas equipes foram até os últimos segundos para decidir o placar. A vitória para os donos da casa veio após arremesso forçado da linha dos três pontos não convertido pelos texanos. No lance em questão, o armador Dejounte Murray foi bloqueado em sua tentativa, causando a ira do técnico Gregg Popovich.

Murray errou a última bola (Reprodução/nba.com/spurs)

Atletecismo

Atuando contra uma equipe muito atlética, os jogadores do Spurs sofreram com a correria adversária. Os veteranos Manu Ginobili e Patty Mills, que se haviam acabado de se destacar na vitória sobre o Utah Jazz, sentiram dificuldade durante a partida, principalmente por não terem a intensidade que o Bucks demanda. Esse fato pode ser mostrado pelo fato de o terem conseguido seis tocos, contra apenas dois do alvinegro.

Contando

Com oito partidas a serem jogadas e mantendo duas partidas e meia de vantagem sobre o Denver Nuggets, nono colado da Conferência Oeste e primeiro fora da zona dos playoffs, o Spurs já começa a fazer a contagem de vitórias necessárias para se classificar. Os próximos adversários são Washington Wizards, Oklahoma City Thunder, Houston Rockets, Los Angeles Clippers, Los Angeles Lakers, Portland TrailBlazers, Sacramento Kings e New Orleans Pelicans.

Dentre esses oponentes, Thunder, Pelicans, Clippers e Blazers seriam vitórias interessantes para o Spurs, uma vez que todos estao no bolo que vai da terceira posição à nona do Oeste. Triunfos nesses jogos podem fazer com que os comandados de Gregg Popovich alcancem até mesmo o terceiro lugar, garantindo mando de quadra na primeira rodada dos playoffs.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 37 pontos e 7 rebotes

Pau Gasol – 22 pontos e 13 rebotes

Danny Green – 13 pontos e 6 rebotes

Dejounte Murray – 10 pontos e 9 rebotes

Rudy Gay – 10 pontos e 7 rebotes

Milwaukee Bucks

Giannis Antetokounmpo – 25 pontos e 10 rebotes

Eric Bledsoe – 23 pontos

Khris Middleton – 19 pontos e 7 rebotes

John Henson – 10 pontos e 6 rebotes