Spurs (39-30) x Pelicans (39-29) – Vivos

98×93

O San Antonio Spurs segue vivo na briga por uma vaga nos playoffs. Nessa quinta-feira (15), a equipe texana recebeu o New Orleans Pelicans e venceu o rival da Divisão Sudoeste pelo placar de 98 a 93, saltando para a oitava colocação da Conferência Oeste e se aproximando do oponente, que aparece em sexto. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge foi decisivo (Reprodução/nba.com/spurs)

Vencedor do duelo

Como de costume na temporada, LaMarcus Aldridge se destacou pelo Spurs. O ala-pivô foi o cestinha do jogo com 25 pontos, e ainda contribuiu com sete rebotes e três assistências. Com isso, chegou à marca de 1.379 pontos em 2017/2018, recorde desde que foi contratado pela franquia. Se não bastasse, o astro ainda venceu duelo com Anthony Davis, astro adversário e candidato ao prêmio de MVP, que anotou 21 pontos, 14 rebotes e dois tocos.

Murray se destacou (Reprodução/nba.com/spurs)

Experiência x juventude

Mais um jogador foi importante para que o Spurs segurasse Davis: Manu Ginobili. O ala-pivô do Pelicans começou a sofrer com problema de faltas durante o terceiro quarto, quando cometeu duas seguidas no ala-arador argentino que renderam muita reclamação da equipe de New Orleans. O astro adversário acabou excluído do jogo após cometer sua sexta falta no quarto período, enquanto o eterno sexto homem do alvinegro, eleito o “homem da partida” por Danny Green, deixou a quadra com 11 pontos e quatro rebotes.

Susto

O Spurs deixou a zona de classificação para os playoffs no dia 3 de março, quando perdeu para o Los Angeles Lakers em jogo em que chegou a abrir 17 pontos de vantagem. O mesmo quase se repetiu na partida que colocou o alvinegro em oitavo, já que o Pelicans chegou a virar depois de estar perdendo por 15. No entanto, dessa vez a equipe texana soube fazer o necessário para vencer, incluindo forçar a sexta falta de Davis.

E mais susto

Em uma temporada em que o Spurs sofreu muito com lesões, dois jogadores importantes assustaram a torcida durante o jogo contra o Pelicans. Danny Green chegou a ir para o vestiário após choque, mas voltou com proteção sob o olho direito. E Dejounte Murray torceu o tornozelo após aterrissar sob o pé do ala-armador. O jovem armador coletou 12 rebotes na partida, ficando a apenas dois de seu recorde pessoal, e ainda registrou 18 pontos e quatro roubadas de bola.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 25 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Dejounte Murray – 18 pontos, 12 rebotes e 4 roubos de bola

Manu Ginobili – 11 pontos e 4 rebotes

New Orleans Pelicans

Jrue Holiday – 24 pontos, 8 rebotes, 7 assistências, 3 tocos e 2 roubos de bola

Anthony Davis – 21 pontos, 14 rebotes e 2 tocos

Ian Clark – 16 pontos

E’Twaun Moore – 11 pontos e 4 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 16/03/2018, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s