Arquivo mensal: março 2018

Spurs (44-32) x Thunder (44-32) – Vitória gigante

103×99

Nessa quinta-feira (29), o San Antonio Spurs recebeu o Oklahoma City Thunder e venceu o adversário pelo placar de 103 a 99. O triunfo foi importantíssimo, já que a equipe texana ultrapassou o oponente nos critérios de desempate e assumiu a quarta colocação na equilibradíssima Conferência Oeste. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Mills fez 14 pontos (Reprodução/nba.com/spurs)

Ajuda importante

Como sempre, LaMarcus Aldridge foi destaque do Spurs ao anotar 25 pontos, 11 rebotes e dois tocos em 34 minutos. No entanto, limitado pelo problema no joelho esquerdo, o ala-pivô caiu após o intervalo – fez 19 pontos no primeiro tempo e acertou apenas um arremesso de quadra no segundo. Ao menos, se tratou de lance decisivo: restando 53 segundos, o astro bateu Steven Adams no drible e enterrou para abrir importante vantagem de três pontos para o alvinegro. Para guiar o time à vitória, o camisa #12 precisou da ajuda do elenco de apoio.

Histórico

Manu Ginobili deixou a quadra com dez pontos, três rebotes e duas roubadas de bola em 15 minutos. Com isso, se tornou o maior ladrão de bolas da história do Spurs com 1.389. O astro deixou para trás o ex-pivô David Robinson, outro ídolo da franquia de San Antonio, que acumulou 1.388 durante sua carreira. Além do ala-armador argentino, mais três jogadores ajudaram Aldridge com dígitos duplos contra o Thunder: Patty Mills, que registrou 14 pontos, Danny Green, que anotou 11 pontos e quatro rebotes, e Kyle Anderson, que contribuiu com dez pontos e duas roubadas de bola.

Do outro lado

Em determinado momento do jogo, o Thunder aproveitou os minutos de descanso de Aldridge, que estava no banco de reservas para conseguir uma corrida de 13 a 2, abrindo 74 a 68 no placar na metade do terceiro quarto.

Para virar, o Spurs usou a defesa no quarto quarto, restringindo o Thunder a 18 pontos na parcial, com somente 27% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Rotação mutante

Mais uma vez, Gregg Popovich mudou a rotação do Spurs. Mesmo contra um time que usa o móvel Carmelo Anthony na posição 4, o técnico promoveu o retorno de Pau Gasol ao time titular ao lado de Dejounte Murray, Patty Mills, Kyle Anderson e LaMarcus Aldridge. Com isso, Danny Green foi para o banco, e a necessidade de se ter um jogador de garrafão na reserva fez com que Davis Bertans voltasse a ganhar minutos no lugar de Bryn Forbes, que não teve minutos na partida em questão. Tony Parker, Manu Ginobili e Rudy Gay completaram a segunda unidade.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 25 pontos, 11 rebotes e 2 tocos

Patty Mills – 14 pontos

Danny Green – 11 pontos e 4 rebotes

Manu Ginobili – 10 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Kyle Anderson – 10 pontos e 2 roubos de bola

Oklahoma City Thunder

Paul George – 26 pontos, 7 rebotes, 6 assistências e 4 roubos de bola

Russell Westbrook – 19 pontos, 11 rebotes, 5 assistências e 3 roubos de bola

Corey Brewer – 14 pontos, 3 assistências e 2 roubos de bola

Steven Adams – 10 pontos e 13 rebotes

Raymond Felton – 10 pontos e 3 rebotes

Anúncios

Spurs (43-32) x Thunder (44-31) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x Oklahoma City Thunder – Temporada Regular

Data: 29/03/2018

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 2,40 x Thunder 1,57 (favorito)

Após perder para Milwaukee Bucks e Washington Wizards na estrada, o San Antonio Spurs volta para casa e recebe o Oklahoma City Thunder em duelo decisivo na briga por mando de quadra na primeira rodada dos playoffs. Isso porque o alvinegro está na sexta colocação a apenas um jogo do adversário, que aparece em quarto. O problema é que a equipe texana pode ir para a quadra desfalcada de seus dois melhores jogadores: Kawhi Leonard segue fora, e LaMarcus Aldridge é dúvida. Os visitantes, por sua vez, têm Andre Roberson como baixa.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-2)

17/11/2017 – Spurs 104 x 101 Thunder

Em mais uma grande atuação de LaMarcus Aldridge, o Spurs venceu o seu primeiro duelo contra o Thunder, em jogo em que o alvinegro chegou a estar perdendo por 23 pontos. Danny Green, Pau Gasol e Kyle Anderson também foram de grande importância na partida.

03/12/2017 – Spurs 87 @ 90 Thunder

Na primeira vez que visitou o Thunder na temporada, o Spurs jogou em Tony Parker, Manu Ginobili, Kawhi Leonard, Rudy Gay e LaMarcus Aldridge e acabou derrotado. Dejounte Murray, com 17 pontos, 11 rebotes, cinco assistências e três roubos de bola, se destacou.

10/03/2018 – Spurs 94 @ 104 Thunder

Na segunda vez que visitou o Thunder na temporada, o Spurs voltou a ser derrotado pelo adversário. A partida aconteceu na pior fase do alvinegro na temporada. Rudy Gay, que deixou a quadra com 14 pontos e seis rebotes, se destacou pelo time na oportunidade.

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills

SF – Danny Green

PF – Kyle Anderson

C – LaMarcus Aldridge/Pau Gasol

Fique de Olho – Caso Aldridge não jogue, Pau Gasol terá de ancorar a defesa do time titular do Spurs e de se tornar uma ameaça jogando de costas para a cesta no ataque. Até aqui, na temporada, o pivô tem médias de 10,5 pontos, 8,1 rebotes e 3,1 assistências em 24 minutos por exibição. Considerando apenas os jogos em que começou jogando, esses números sobem para 10,7 pontos, 8,3 rebotes e 3,4 assistências em 25,2 minutos por partida.

PG – Russell Westbrook

SG – Corey Brewer

SF – Pau George

PF – Carmelo Anthony

C – Steven Adams

Fique de Olho – Corey Brewer foi contratado pelo Thunder após a lesão de Andre Roberson, que está fora da temporada, e rapidamente tomou conta da posição. Pela equipe, o ala-armador tem médias de 10,5 pontos, três rebotes e duas roubadas de bola em 28,3 minutos por exibição.

Spurs (43-32) vs Wizards (41-33) – Queda na capital

SBresumo

106×116LOGO WIZARDS

Nessa terça-feira (27), o San Antonio Spurs visitou o Washington Wizards e acabou derrotado por 116 a 106. Em partida em que o banco dos mandantes brilhou, LaMarcus Aldridge se machucou e o alvinegro levou a pior. Confira, a seguir, os destaques do confronto.

San Antonio Spurs v Washington Wizards

Aldridge saiu no segundo quarto (Reprodução/nba.com/spurs)

Joelho

LaMarcus Aldridge estava fazendo um grande jogo antes de ter que abandonar a partida no segundo quarto. O atleta – que em 17 minutos havia anotado 13 pontos, quatro rebotes e duas assistências – sentiu um desconforto em seu joelho esquerdo e pediu para sair, não retornando após ser atendido no banco e levado para o vestiário. Nesta quarta-feira (28), o ala-pivô fez uma ressonância magnética, e foi confirmada uma lesão no local. A boa notícia é que o problema não é sério. Por enquanto, o jogador é dúvida para a partida contra o Oklahoma City Thunder.

Murray não brilhou (Reprodução/nba.com/spurs)

Perda de ritmo

Na primeira parte da partida, o Spurs teve muitas oportunidades de controlar o jogo, marcando pontos e fazendo bons passess, sempre batendo de igual para igual com o Wizards. Depois de vencer o primeiro quarto, a equipe texana cometeu alguns erros no segundo, perdendo lances livres e jogadas próximas da cesta. Além disso, os reservas dos mandantes entraram inspirados, fazendo grandes jogadas e aumentando o ritmo, que ficou ainda mais veloz sem Aldridge.

Kyle Anderson não fez uma boa partida. Mesmo auxiliando a equipe de San Antonio, em diversos momentos o jogador encontrou dificuldades para fazer jogadas ofensivas e foi limitado pela defesa adversária, o que fez com que o Spurs não conseguisse responder às investidas do Wizards à altura. As coisas só foram entrar nos trilhos a partir do último quarto, quando a equipe encontrou um ponto de equilíbrio, e o ala agiu como um armador de destaque, distribuindo boas bolas para seus companheiros de equipe pontuarem.

Espaço no perímetro

Popovich variou bastante a formação da equipe após o intervalo, o que possibilitou um pouco mais de espaço para Bryn Forbes e Davis Bertans. Pau Gasol não estava tendo muitas oportunidades no ataque devido à marcação forte de Marcin Gortat, que limitou suas ações.

Rudy Gay por muitas vezes ao longo da temporada foi o cara que ajudou a dar volume de jogo da equipe texana, sempre saindo do banco e sendo aquele que acrescenta muito à defesa e auxilia em bons contra-ataques. Entretanto, o camisa #24 não vem conseguindo manter o mesmo ritmo do começo do ano. É esperado que ele se reencontre em quadra, pois é fundamental para o esquema tático do Spurs, ainda mais com os playoffs chegando.

Defensivamente, o alvinrgro pecou atrasando nas rotações no perímetro, o que facilitou para o Wizards poder concretizar as suas jogadas perto da cesta, como foi o caso de Markieff Morris, que soube aproveitar os buracos defensivos do alvinegro para chegar ao aro e marcar pontos. O ala-pivô que foi o maior pontuador de seu time e não errou nenhum arremesso.

Fator LMA

Após a derrota para o Wizards, Manu Ginobili comentou sobre LaMarcus Aldridge e o quão impactante seria para o desempenho da equipe se o camisa #12 se ausentasse do time.

“Considerando o modo em como ele vem jogando e o nosso recente sucesso nesses jogos, nós chegamos em um ponto em que se o LaMarcus pega uma tosse ou um resfriado, estamos em apuros. É muito difícil pontuar sem ele e nós temos jogos difíceis contra equipes que precisamos vencer. Nós realmente precisamos dele”, disse o ala-armador argentino, ídolo da franquia.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 13 pontos e 4 rebotes

Bryn Forbes – 12 pontos e 6 assistências

Patty Mills – 11 pontos e 6 assistências

Pau Gasol – 10 pontos e 6 rebotes

Washington Wizards

Markieff Morris – 15 pontos

Otto Porter Jr. – 14 pontos e 3 assistências

Jodie Meeks – 13 pontos

Kelly Oubre Jr. – 12 pontos, 9 rebotes e 4 assistências

Marcin Gortat – 12 pontos e 8 rebotes

Ramon Sessions – 12 pontos e 6 assistências

Mike Scott – 11 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Spurs (43-31) vs Wizards (40-33) – Temporada Regular

SBprejogo

San Antonio Spurs vs Washington Wizards – Temporada Regular

Data: 27/03/2018

Horário: 20h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

O San Antonio Spurs vai até a capital dos Estados Unidos para enfrentar o Washington Wizards. Ambos os times vem de derrotas – o alvinegro para o Bucks, e os donos da casa para o Knicks. Além disso, as duas equipes estão na sexta colocação de suas respectivas conferências e, como apenas os oito primeiros vão para os playoffs, cada vitória conquistada é mais um passo rumo à confirmação da vaga para a fase eliminatória. No lado texano, Kawhi Leonard segue fora. Já os mandantes não contam com o armador John Wall, que lesionou o joelho.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

21/03/2018 – Spurs 98 vs 90 Wizards

Foi necessário um balde de água fria, mas a chance de o torcedor do Spurs ver seu time de fora dos playoffs diminuiu. A equipe texana recebeu o Wizards e venceu os adversários.

aldridge

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills

SF – Danny Green

PF – Kyle Anderson

C – LaMarcus Aldridge

Fique de OlhoMelhor jogador da semana na Conferência Oeste, Aldridge teve médias de 34,8 pontos e 9,3 rebotes por jogo no período, convertendo 59,6% nos arremessos de quadra e 86% nos lances livres. No último duelo com o Wizards, o ala-pivô marcou 27 pontos.

LOGO WIZARDSBradley Beal

PG – Tomas Satoransky

SG – Bradley Beal

SF – Otto Porter Jr.

PF – Markieff Morris

C – Marcin Gortat

Fique de Olho – Apesar de ter se mostrado insatisfeito após a derrota do Wizards para o Knicks, Beal tem sido o jogador mais consistente de sua equipe. Nos últimos dez jogos do time, ele tem médias de 21,3 pontos e 5,4 assistências por exibição, convertendo 47.7% de seus arremessos. Na última vez que enfrentou o Spurs, o ala-armador marcou 21 pontos.

Aldridge é eleito o jogador da semana no Oeste

Nesta segunda-feira (26), a NBA anunciou que LaMarcus Aldridge, do San Antonio Spurs, foi eleito o melhor da Conferência Oeste na semana de 19 a 25 de março. Foi a segunda vez que o ala-pivô levou o prêmio desde 2015, ano em que foi contratado, e a décima em sua carreira.

Aldridge em ação durante jogo contra o Wizards (Reprodução/nba.com/spurs)

Aldridge é apenas o terceiro jogador da história do Spurs que jogou na franquia e foi eleito pelo menos dez vezes o melhor jogador da Conferência Oeste. Os outros dois são ídolos da franquia de San Antonio: Tim Duncan, com 23 honrarias, e David Robinson, com 14.

Na semana em questão, Aldridge teve médias de 34,8 pontos, 9,3 rebotes, 2,3 assistências e dois tocos em 34,8 minutos por exibição, convertendo 59,6% nos arremessos de quadra e 86,7% nos lances livres. Com isso, ajudou o Spurs a vencer três dos quatro jogos que fez no período.

O camisa #12 começou a semana anotando 33 pontos, 12 rebotes e dois tocos na vitória sobre o Golden State Warriors. Depois, registrou 27 pontos, nove rebotes, quatro assistências e dois tocos em triunfo sobre o Washington Wizards. Continuando, o ala-pivô somou históricos 45 pontos, nove rebotes e três tocos para ajudar o Spurs a derrotar o Utah Jazz. Por fim, deixou a quadra com 37 pontos e sete rebotes no revés para o Milwaukee Bucks, na única das quatro partidas que a equipe de San Antonio fez fora de casa no período em questão.

LeBron James, do Cleveland Cavaliers, foi eleito o jogador da semana na Conferência Leste.