Spurs (29-16) @ Hawks (12-31) – Sem engrenar

99×102

Nessa segunda-feira (15), o San Antonio Spurs visitou o Atlanta Hawks, em jogo válido pela rodada do dia de Martin Luther King, e foi derrotado pelo adversário pelo placar de 102 a 99. Ainda sofrendo com lesões, a equipe texana continua com dificuldades para engrenar na temporada. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge bem que tentou (Scott Cunningham/NBAE/Getty Images)

Cadê o Spurs de verdade?

O tempo vai passando, e o Spurs ainda não conseguiu ficar saudável e apresentar um bom basquete restando pouco mais de três meses para o início dos playoffs. Nessa segunda-feira, Kawhi Leonard, poupado, e Rudy Gay, machucado, desfalcaram o time. Para se ter uma ideia, o quinteto com Tony Parker, Danny Green, Kawhi Leonard, LaMarcus Aldridge e Pau Gasol, supostamente o titular do alvinegro, jogou junto por apenas 54 minutos na temporada. Os resultados não são nada animadores: a equipe de San Antonio triunfou em apenas dez das 24 partidas que fez fora de casa na temporada não vence dois jogos seguidos desde 28 de dezembro. Nos últimos três compromissos, vieram derrotas para Los Angeles Lakers e Atlanta Hawks, dois dos piores times da NBA.

E tome lesão

Como zica pouca é bobagem, o Spurs ainda perdeu Manu Ginobili durante o jogo. O ala-armador argentino se chocou contra Dewayne Dedmon ainda no primeiro quarto e deixou a quadra, não voltando mais para a partida. De acordo com relatório médico da franquia texana, o camisa #20 é dúvida para a partida desta quarta-feira, quando a equipe de San Antonio visita o Brooklyn Nets.

Tinha começado bem…

O Spurs chegou a abrir 14 pontos de vantagem sobre o Hawks ainda no primeiro quarto, dando a impressão de que venceria o adversário facilmente. Ainda mais por se tratar de um freguês recente, já que o time texano venceu os últimos vinte confrontos que fez contra o adversário em casa, e Mike Budenholzer, técnico da equipe de Atlanta, havia triunfado apenas uma vez nos sete primeiros confrontos contra o ex-time. Mas os donos da casa logo encostaram no placar e levaram o jogo até o fim. Nos minutos decisivos, Dennis Schroder chamou a responsabilidade e decidiu.

Sempre ele

Ao menos, o Spurs pode tirar uma boa notícia da derrota para o Hawks: mais uma boa atuação de LaMarcus Aldridge, que manteve o time texano no jogo até os minutos finais. O ala-pivô deixou a quadra com 25 pontos, 11 rebotes e três assistências e foi o único jogador da equipe a marcar mais de 13 pontos, além de ter sido o único a coletar sete ou mais rebotes.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 25 pontos, 11 rebotes e 3 assistências

Kyle Anderson – 13 pontos, 6 rebotes e 3 roubos de bola

Patty Mills – 13 pontos e 3 rebotes

Danny Green – 11 pontos, 3 assistências e 2 roubos de bola

Davis Bertans – 10 pontos

Atlanta Hawks

Dennis Schroder – 26 pontos, 7 assistências e 5 rebotes

Ersan Ilyasova – 20 pontos e 5 rebotes

Dewayne Dedmon – 12 pontos e 10 rebotes

John Collins – 12 pontos e 8 rebotes

Kent Bazemore – 10 pontos, 4 assistências, 4 roubos de bola e 3 rebotes

Marco Belinelli – 10 pontos

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 16/01/2018, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s