Arquivo mensal: janeiro 2018

Spurs (29-15) vs Nuggets (22-21) – Retorno

SBresumo

112×80den1

Nesta temporada, o San Antonio Spurs não vem tendo a sorte de jogar com seu plantel completo quase nunca. Entretanto, o duelo contra o Denver Nuggets disputado nesse sábado (13), no AT&T Center, marcou o retorno de jogadores importantes, e a equipe texana triunfou diante dos visitantes com um placar de 112 a 80. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Denver Nuggets v San Antonio Spurs

Equipe reunida (Reprodução/nba.com/spurs)

Consistência

Surpreendendo a todos, o Spurs entrou em quadra com Kawhi Leonard, LaMarcus Aldridge, Pau Gasol, Tony Parker e Danny Green. Assumindo o controle logo no primeiro quarto, o alvinegro chegou apostando nas cestas de três pontos, que foram muito eficientes. O trabalho em equipe também foi importante, principalmente a consistência do banco de reservas, já que, dos 112 pontos marcados pelo alvinegro na partida, 53 foram convertidos por eles.

Denver Nuggets v San Antonio Spurs

Só nos arremessos de três (Reprodução/nba.com/spurs)

Quase 100%

Cestinha da equipe na partida contra o Nuggets, Leonard deixou a quadra com 19 pontos e teve boa atuação. A partir do segundo quarto, ele passou a apertar a sua marcação, fechando o espaço dos adversários, pegando rebotes e dando bons passes para quem estava com condições de marcar pontos. O ala esteve presente em todas as áreas da quadra, com um jogo dominante e de poucos erros.

“Nós sabemos que ele ainda não está 100%”, disse Green, após a partida. Em seu retorno após dez jogos de ausência por conta de uma lesão na virilha, o ala-armador marcou 11 pontos. “Não nos baseamos em sua performance defensiva ou ofensiva – a sua explosão não é a mesma do passado. Quando eu ver isso (explosão) de novo, saberei que ele está 100%. Entretanto, ele ainda está jogando um grande basquete”, completou o camisa #14 do alvinegro .

É de três!

Davis Bertans estava inspirado contra o Nuggets. De suas seis cestas de três, cinco foram convertidas no primeiro tempo. Em seus 23 minutos em quadra, o jogador soube aproveitar todas as oportunidades que teve, abrindo espaço para que outros jogadores pudessem chegar até o aro, tendo aproveitamento de 75% nos arremessos de quadra, e 87,5% nos de três pontos. Nenhum jogador do Spurs tem números melhores do que ele nas bolas do perímetro.

Menções honrosas

Mesmo não sendo um dos cestinhas da equipe, Manu Ginobili protagonizou algumas das mais belas jogadas do jogo. Restando 47 segundos para o fim do primeiro quarto, o argentino conseguiu se livrar da marcação e recebeu a bola, arremessando próximo da linha de lance livre.

Gasol e Aldridge fizeram um trabalho defensivo, que conseguiu por muitas vezes limitar o espaço adversário, fazendo com que o Nuggets não tivesse opção a não ser arremessar quase no estouro do cronômetro, o que culminava em tiros sem muita precisão.

“Nós não tivemos muitos jogos com todo mundo saudável”, disse Aldridge, que contribuiu com 15 pontos. “Então, definitvamente, foi uma sensação boa jogar esta noite”.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 19 pontos, 8 rebotes, 4 assistências e 4 roubadas de bola

David Bertans – 18 pontos

LaMarcus Aldridge – 15 pontos e 5 rebotes

Danny Green – 11 pontos

Denver Nuggets

Nikola Jokic – 23 pontos, 9 rebotes e sete assistências

Gary Harris – 18 pontos

Anúncios

Spurs (28-15) vs Nuggets (22-20) – Temporada Regular

SBprejogo

San Antonio Spurs vs Denver Nuggets – Temporada Regular

Data: 13/01/2018

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Após perder para o Los Angeles Lakers, o San Antonio Spurs volta para a quadra e recebe o Denver Nuggets, que ocupa o sexto lugar na Conferência Oeste e vem de vitória sobre o Memphis Grizzlies. Ambas as equipes têm desfalques. O alvinegro deve jogar sem Tony Parker (tornozelo), Danny Green (virilha), Kawhi Leonard (ombro) e Rudy Gay (calcanhar). Já o time visitante não conta com Paul Millsap (pulso) e Gary Harris (assunto pessoal).

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

bryn

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – Kyle Anderson

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Na última partida, Bryn Forbes teve uma de suas melhores atuações pelo Spurs, marcando 18 pontos. Com contrato garantido até o fim da temporada, o ala-armador deve ver crescer seu volume de jogo para poder acrescentar velocidade à equipe.

denwill barton
PG – Jamal Murray

SG – Will Barton

SF – Wilson Chandler

PF – Mason Plumlee

C – Nikola Jokic

Fique de Olho – Com médias de 14,5 pontos e 4,8 rebotes por jogo, Will Barton tem sido consistente e um dos pilares do esquema tático da equipe. Na última partida, foi o maior pontuador de seu time. É importante que a defesa texana feche o perímetro.

Spurs (28-15) @ Lakers (14-27) – Errar é humano

83×91lakers_logo_500

Depois de dois dias de descanso, o San Antonio Spurs viajou até a California e enfrentou o Los Angeles Lakers. Em partida marcada por inúmeros erros dos texanos, o time da casa venceu por 91 a 83 com grande ajuda das falhas dos visitantes. Veja, a seguir, os destaques do confronto.

dtuf_x3wsaawnw0

Spurs foi liderado por Aldridge, mas errou muito (Reprodução/twitter.com/nba)

Déjà Vu

O Spurs já havia cometido muitos erros na vitória sobre o Sacramento Kings. Porém, com dois dias de intervalo para estudá-los, era esperado uma melhora por parte dos texanos. No entanto, o grande diferencial foi a falta de cuidado com a bola por parte do time de Gregg Popovich. A equipe se encontrou atrás do placar durante grande parte do jogo, e em diversos momentos conseguiu belas sequências, inclusive assumindo a liderança no último quarto. Porém, após todas as jogadas certas, o alvinegro desperdiçava seguidas posses, com passes descuidados, arremessos precipitados ou violações, facilitando a vida do Lakers.

Aldridge foi cestinha (Reprodução/twitter.com/nba)

Desfalques e mais desfalques

A temporada 2017/2018 está marcada pelo grande número de lesões no Spurs, e apesar de ter um excelente técnico com a capacidade de minimizar os efeitos de jogar constantemente desfalcado, o time sofre demais com a ausência de certos jogadores. Contra o Lakers, o alvinegro sentiu falta de Tony Parker, pois a equipe não conseguia acertar passes ou realizar as jogadas planejadas durante longos trechos do confronto e faltava alguém de confiança para carregar a bola.

Justificando o contrato

Um dos pontos positivos para o Spurs na partida foi o ala-armador Bryn Forbes, que logo após de ter seu contrato garantido até o fim da temporada teve uma de suas melhores atuações até aqui. O camisa #11 foi um dos principais responsáveis pela sequência no início do terceiro quarto, que devolveu a liderança para os texanos, e terminou o jogo com 18 pontos.

Não é como você começa

Após duas noites com rendimento espetacular, LaMarcus Aldridge tirou um pouco o pé do acelerador. O começo do confronto foi promissor para o ala-pivô, principalmente após a entrada de Manu Ginobili, já que o argentino encontrou seu companheiro muito bem posicionado perto da cesta várias vezes e deu boas oportunidades para ele, que até então estava discreto. O camisa #12 fez excelente primeiro mas, porém, na segunda etapa, não participou tanto da ação, tanto por falta de agressividade quanto por erros de seus companheiros na hora de realizar passes. O astro fez boa partida, mas deve chamar mais a responsabilidade em jogos assim.

Destaques da partida

San Antonio Spurs:

LaMarcus Aldridge – 20 pontos e 4 rebotes

Bryn Forbes – 18 pontos

Dejounte Murray – 14 pontos, 11 rebotes, 5 assistências e 3 roubos

Pau Gasol – 9 pontos, 12 rebotes, 5 assistências e 3 tocos

Los Angeles Lakers

Kentavious Caldwell-Pope – 10 pontos, 5 roubos de bola e 4 rebotes

Lonzo Ball – 18 pontos, 10 rebotes, 6 assistências e 5 roubos de bola

Larry Nance Jr. – 14 pontos e 10 rebotes

Kyle Kuzma – 10 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Spurs (28-14) @ Lakers (13-27) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Los Angeles Lakers – Temporada Regular

Data: 12/01/2017

Horário: 01h30 (Horário de Brasília)

Local: Staples Center

Onde assistir: NBA League Pass

Após vencer o Sacramento Kings fora de casa, o San Antonio Spurs volta para a Califórnia após dois dias de descanso e enfrenta o Los Angeles Lakers, em embate de duas das maiores franquias do milênio. O alvinegro segue sem Kawhi Leonard e Rudy Gay e tem Tony Parker e Danny Green como dúvidas. A equipe da casa, por sua vez, tem todo o elenco à disposição.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

aldridge

PG – Patty Mills

SG – Bryn Forbes

SF – Kyle Anderson

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – LaMarcus Aldridge vem em uma sequência de ótimas exibições. Nas últimas duas partidas, o ala-pivô conseguiu fazer pelo menos 30 pontos e dez rebotes, em atuações nas quais dominou o garrafão e provou o seu valor na corrida de MVP. Em sua atual temporada, a melhor no Spurs, o camisa #12 sustenta 22,6 pontos e 8,7 rebotes em 33,8 minutos por jogo.

lakers_logo_5001628366

PG – Lonzo Ball

SG – Kentavious Caldwell-Pope

SF – Brandon Ingram

PF – Julions Randle/Kyle Kuzma

C – Brook Lopez

Fique de Olho – Um dos novatos com mais mídia nos últimos anos, Lonzo Ball começou sua primeira temporada mal, mas rapidamente subiu de nível e parece estar no caminho certo para ser um armador de sucesso. Apesar de ainda não ser bom pontuador, se destaca na criação de jogadas e torna muitos de seus companheiros melhores. Até aqui, o calouro tem médias de dez pontos, 7,1 rebotes e 7,1 assistências em 33,6 minutos por jogo.

Spurs (28-14) @ Kings (13-26) – Com emoção

107×10024040432017

Depois de perder para o Portland Trail Blazers, o San Antonio Spurs deu sequência ao seu back-to-back na estrada e visitou a equipe do Sacramento Kings. Apesar do começo ruim dos texanos, que chegaram a estar 14 pontos atrás no placar, o time de Gregg Popovich conseguiu a virada em jogo com muita emoção. Veja, a seguir, os destaques do confronto.

Bertans viveu noite histórica (Reprodução/nba.com/spurs)

Início ruim

O Spurs não começou bem o jogo, acertando apenas um de seus nove primeiros arremessos. Contudo, a partida ainda estava equilibrada, com o Kings tendo uma pequena folga no placar. O primeiro tempo ia acabar com seis pontos de vantagem para os mandantes, mas uma série de erros dos texanos ajudou a equipe da casa a ir para o vestiário com dois dígitos de liderança.

Aldridge foi cestinha de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

O fim não justifica os meios

A reta final do segundo período e início do terceiro mostraram um Spurs totalmente indisciplinado. Erros em passes, cortes e até mesmo na hora de repor a bola prejudicaram demais os texanos, que quase perderam controle do jogo. Apesar da importante vitória na estrada, Popovich certamente terá muitas falhas para apontar com base nesse período da partida.

Meu nome é Bertans

Muitos torcedores que foram assistir ao jogo não faziam a menor ideia de quem era Davis Bertans. O ala-pivô, porém, fez questão de fazer com que todos soubessem o seu nome após o estouro do cronômetro. O jovem camisa #42 teve a melhor atuação de sua carreira e foi o principal motivo para a vitória dos texanos. Foram bolas de três na hora certa, boas infiltrações, bons passes e principalmente, uma boa defesa, com boas trocas e boas interveções na hora de contestar arremessos próximos à cesta. O letão jogou demais e esteve em todo o lugar, e com isso ajudou muito o Spurs.

Ele de novo

Mais uma boa atuação na conta de LaMarcus Aldridge. Apesar de demorar para receber seus toques, o ala-pivô fez uma excelente partida, dominou os pivôs adversários no garrafão e apareceu na hora que em o jogo estava apertado. Conseguiu um and-one, um putback crucial e, apesar de errar um lance-livre, foi bem decisivo a favor da equipe de San Antonio.

Mais dor de cabeça

Depois de começar bem a partida e realizar uma boa infiltração nos momentos já cruciais do jogo, o armador torceu o tornozelo e deixou a partida. Ainda não se sabe a gravidade da lesão, mas o francês pode se tornar novamente um desfalque para o Spurs.

Destaques da partida

San Antonio Spurs:

LaMarcus Aldridge – 31 pontos e 12 rebotes

Davis Bertans – 28 pontos, 3 assistências e 2 tocos

Patty Mills – 14 pontos e 5 assistências

Sacramento Kings

Willie Cauley-Stein – 22 pontos e 9 rebotes

Garrett Temple – 16 pontos e 6 rebotes

Bogdan Bogdanovic – 16 pontos, 5 rebotes e 5 assistências

De’Aaron Fox – 11 pontos e 10 assistências