Arquivo diário: 29/11/2017

Spurs (13-7) @ Mavericks (5-16) – Intenso

SBresumo

115×108DAL

Clássicos texanos são sempre emocionantes, e o duelo entre San Antonio Spurs e Dallas Mavericks foi intenso do começo ao fim. Reviravoltas, o retorno de Tony Parker às quadras, Gregg Popovich xingando o juiz e sendo expulso… Mesmo com tantas alternativas, o alvinegro saiu com o triunfo, vencendo os visitantes por 115 a 108. Confira os destaques da partida.

Dallas Mavericks v San Antonio Spurs

Trabalho em equipe (Reprodução/nba.com/spurs)

O retorno de Parker

Após meses afastado, Tony Parker retornou já no quinteto titular e fez alguns pontos. Nos 14 minutos em que atuou – seu tempo de quadra foi restrito para ele não forçar – o armador liderou o ataque do Spurs, acelerando o contra-ataque. Marcou seis pontos e deu quatro assistências. Seus minutos devem aumentar aos poucos conforme o camisa #9 se adapta ao novo elenco. No fim da partida, o astro disse que se emocionou com o apoio da torcida, que Pop lhe disse para ser ele mesmo dentro de quadra e é isso que ele vai buscar em sua reintegração.

Dallas Mavericks v San Antonio Spurs

O francês voltou! (Reprodução/nba.com/spurs)

Rápida reação

Uma coisa interessante deste duelo foi a forma como o Spurs impôs seu jogo em cima do Mavericks, sempre buscando jogadas e abrindo espaço. É verdade que na primeira parte do jogo o time de Dallas se manteve na frente, sendo que o alvinegro passou a reagir com força total só depois do intervalo. Entretanto, desde o começo os mandantes estavam criando boas chances, e os erros nas finalizações atrapalharam.

LaMarcus Aldridge tinha como missão passar por Maxi Kleber, e o camisa #12 não encontrou grandes dificuldades para quebrar sua defesa e marcar inúmeras vezes em cima do adversário. O ala-pivô foi o maior pontuador da partida e teve a sua melhor performance na temporada até o momento, deixando a quadra com 33 pontos, dez rebotes, três assistências e três tocos. Pau Gasol também fez bonito, marcando 25 pontos e trabalhando em sintonia com o parceiro de garrafão e com Kyle Anderson. Vale a pena destacar o trabalho do ala, que atuou por 34 minutos e foi presença constante em praticamente todos os ataques do alvinegro.

Em uma noite em que seus arremessos não estavam caindo, o camisa #1 apostou em seus passes precisos e rápidos para contribuir com a equipe. E deu certo.

O Spurs perdeu o primeiro quarto por 23 a 21, e o segundo por 30 a 25; venceu o terceiro por 31 a 22 e fechou o último período marcando 38 a 33. O alvinegro acertou 52,4% de seus arremessos de quadra e 90,5% dos lances livres, perdendo para o Mavericks apenas nos arremessos de três pontos, já que teve tava de conversão de 41,7%, contra 43,8% dos rivais.

Abra seus olhos!

O clima definitivamente esquentou no começo do segundo quarto, quando em uma disputa entre LaMarcus Aldridge e Yogi Ferrell foi marcada falta com posse de bola para o Mavericks. Pop ficou indignado com a marcação da arbitragem – que na visão do técnico estava errando em diversos lances até aquele momento – e disse: “Beije minha *****. Abre seu olho!”. O treinador foi expulso, e a tensão que já era grande no AT&T Center só aumentou.

“Se você vê o técnico Pop ser expulso, você entende que todo mundo precisa tomar a frente. Os fãs, você e eu”, disse o assistente técnico Ettore Messina, que assumiu o comando do time.

De certa forma, a expulsão acendeu a chama que faltava no alvinegro, que reagiu, correu atrás dos pontos perdidos e voltou do intervalo com sede de vitória, sendo ajudado pela torcida.

Algumas observações

Rude Gay ficou fora do jogo devido a tensões musculares em seu calcanhar direito. Não parece ser nada sério, mas é preciso aguardar informações mais completas do departamento médico.

Popovich elogiou muito o trabalho feito até aqui por LaMarcus Aldridge e Kyle Anderson. Diante com as baixas de Kawhi Leonard e Tony Parker, o técnico disse que os dois tem sido pilares importantes e estão dando conta do recado, especialmente dentro do garrafão.

Leonard pode estar perto de voltar. Pop disse que o ala tem feito progresso em sua recuperação, já está fazendo alguns treinos com contato e que espera poder contar com ele em breve.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 33 pontos, 10 rebotes, 3 assistências e 3 tocos

Pau Gasol – 25 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Kyle Anderson – 12 pontos, 10 rebotes e 5 assistências

Dallas Mavericks

Dennis Smith Jr. – 19 pontos e 5 assistências

Wesley Matthews – 19 pontos

J. J. Barea – 16 pontos, 7 assistências e 5 rebotes

Anúncios

Spurs (13-7) vs Grizzlies (7-12) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Memphis Grizzlies – Temporada Regular

Data: 29/11/2017

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Após bater o Dallas Mavericks nessa segunda-feira e engatar a segunda vitória consecutivas, o San Antonio Spurs recebe o Memphis Grizzlies no AT&T Center na noite desta quarta-feira. A partida marca o primeiro duelo das equipes na temporada, e os dois times voltam a se enfrentar dois dias depois, na sexta-feira, desta vez no Tennessee. O confronto é importante para os visitantes, pois marca o início de uma nova era após a demissão do técnico David Fizdale após oito derrotas consecutivas. O interino J.B. Bickerstaff comanda a equipe contra o alvinegro.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kyle Anderson

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Contestado por muitos por conta da idade avançada, Pau Gasol vem se mostrado bem útil ao Spurs. O pivô espanhol tem obtido boas médias de pontuação e rebotes, ajudando ainda nos chutes de três. Na temporada, são 11,8 pontos e oito rebotes por jogo.

PG – Mario Chalmers

SG – Dillon Brooks

SF – Chandler Parsons

PF – JaMychal Green

C – Marc Gasol

Fique de Olho – Com a ausência Mike Conley, machucado, e com o desmanche antes da temporada, não tem como falar do Grizzlies sem citar Marc Gasol. O pivô, que ficou revoltado ao ficar o último quarto no banco na derrota para o Brooklyn Nets, nesse domingo, deve voltar a ser a referência da equipe. Na temporada, suas médias são de 19 pontos e nove rebotes por jogo.