Spurs (6-4) x Suns (4-6) – Pop eterno!

112×95phx

Na noite desse domingo (5), o San Antonio Spurs atuou novamente em seus domínios, recebendo o Phoenix Suns, e superou o adversário pelo placar de 112 a 95 após um primeiro tempo preguiçoso na defesa. O que prevaleceu pelo segundo jogo consecutivo foi o coletivo – os jogadores vindos do banco de reservas da equipe texana fizeram a diferença, juntamente com a forte marcação no segundo tempo. Vamos, a seguir, aos destaques do triunfo, que colocou Gregg Popovich em sexto lugar entre os técnicos mais vitoriosos da história da NBA.

O coletivo vem sendo o diferencial (Reprodução/nba.com/spurs)

Banco forte

Na vitória sobre o Charlotte Hornets, o banco texano foi o diferencial do duelo – obteve 64 pontos -, principalmente com as grandes atuações de Rudy Gay e Bryn Forbes. Quem pensou que essa enorme contribuição não viria novamente tão cedo se enganou. Contra o Suns, a segunda unidade somou com 53 pontos, atingindo um recorde jamais feito pelo Spurs. Foi a primeira vez na história que o time de San Antonio venceu duas partidas em sequência e quatro jogadores que não começaram em quadra anotaram dez ou mais pontos em ambos os triunfos. O mais incrível é perceber que desses atletas que vêm atuando de forma consistente, a maioria deles chegou neste ano ou acaba de começar sua carreira na NBA. Ponto para Gregg Popovich!

Green melhorou para a temporada (Reprodução/nba.com/spurs)

Subindo no ranking!

Que Gregg Popovich é sinônimo de vitória e consistência todo mundo sabe, mas fica cada vez mais evidente o quão bom ele é e o tanto que faz pelo basquete a cada dia. Com a vitória de ontem sobre o Suns, o técnico texano chegou à (espetacular) marca de 1.156 triunfos na carreira, ultrapassando nada mais nada menos que Phil Jackson, detentor de 11 títulos e considerado por muitos o maior técnico da história. Ao que tudo indica, Pop irá passar também George Karl (1.175) e se aproximar de Pat Riley (1.210) já nesta temporada. O técnico que detém o maior número de vitórias na carreira é Don Nelson, com 1.335.

Voltando aos trilhos

Com mais uma vitória, o Spurs vai acertando aos poucos o time com a calma necessária até o retorno de Kawhi Leonard e Tony Parker, para aí sim estar com todo o elenco à disposição, com as novas peças entrosadas e adaptadas. Com isso, a equipe tentar bater de frente com as potências da NBA.

Confiança e adaptação

Patty Mills está voltando a ser mais confiável nos arremessos, Rudy Gay segue colaborando bastante com a segunda unidade, dando uma nova dinâmica e ajudando a implementar o small-ball, assim como o desenvolvimento de Bryn Forbes, que segue ganhando minutos e correspondendo. O mesmo ocorre com LaMarcus Aldridge, que sem alarde vai fazendo bela campanha até o momento, sendo responsável por carregar o time enquanto Leonard não volta.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 21 pontos e 9 rebotes

Patty Mills – 17 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Danny Green – 14 pontos

Dejounte Murray – 13 pontos e 6 rebotes

Rudy Gay – 12 pontos e 5 rebotes

Bryn Forbes – 12 pontos

Phoenix Suns

T.J. Warren – 17 pontos e 5 rebotes

Troy Daniels – 14 pontos

Josh Jackson – 12 pontos e 4 rebotes

Alex Len – 12 pontos e 3 rebotes

Tyson Chandler – 7 pontos e 14 rebotes

Anúncios

Publicado em 06/11/2017, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s