Spurs (5-4) x Hornets (5-4) – Nota mil

108×101

Após quatro derrotas seguidas, o San Antonio Spurs recebeu o Charlotte Hornets nessa sexta-feira (3) e venceu o adversário pelo placar de 108 a 101, afastando a turbulência. Para triunfar, o alvinegro texano contou com boa atuação de Manu Ginobili, que era dúvida antes da partida e completou seu milésimo jogo na NBA. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Os cestinhas da noite (Reprodução/nba.com/spurs)

Um em mil

Antes da partida, o Spurs listou Manu Ginobili como dúvida, já que o veterano não costuma jogar em back-to-backs e a equipe vinha de derrota para o Golden State Warriors na noite anterior. No entanto, o camisa #20 foi para a quadra e mostrou que tem lenha para queimar: foram dez pontos, incluindo bandeja acrobática e enterrada, além de cinco assistências, quatro rebotes e duas roubadas de bola em 26 minutos. Foi o milésimo jogo do argentino na NBA, que se tornou o primeiro sul-americano da história da liga americana de basquete e o terceiro jogador da história da franquia a atingir a marca – Tony Parker e Tim Duncan são os outros dois.

Manu em noite histórica (Reprodução/nba.com)

Volta da confiança?

Pelo segundo jogo seguido começando como titular, Patty Mills fez, talvez, seu melhor jogo na temporada, deixando a quadra com 17 pontos e quatro assistências em 28 minutos. O armador australiano converteu quatro dos sete arremessos de três que tentou na partida, mostrando que pode ter recuperado a confiança que é tão importante para que seu jogo possa fluir.

Pedindo passagem

Rudy Gay teve mais uma grande atuação vindo do banco de reservas, obtendo 20 pontos, sete rebotes, três assistências e duas roubadas de bola em 27 minutos e mostrando que precisa de cada vez mais espaço na rotação de Gregg Popovich. LaMarcus Aldridge registrou um toco na partida e chegou a 17 com ao menos um bloqueio, maior sequência ativa de toda a NBA. Com isso, o técnico do Spurs pode cogtar usá-lo cada vez mais como pivô, abrindo mais minutos para que o ex-Sacramento Kings jogue na posição 4.

Um ponto por minuto

O surpreendente cestinha do Spurs no jogo contra o Hornets foi Bryn Forbes, que deixou a quadra com 22 pontos e três rebotes em apenas 22 minutos, convertendo oito de seus 11 arremessos de quadra e três de suas cinco bolas de três pontos. O segundanista briga com vaga na rotação com Brandon Paul e, quando Joffrey Lauvergne voltar de lesão, o time texano deve apostar menos no small ball, fazendo com que um dos dois perca seus minutos.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Bryn Forbes – 22 pontos e 3 rebotes

Rudy Gay – 20 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Patty Mills – 17 pontos e 4 assistências

LaMarcus Aldridge – 14 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Manu Ginobili – 10 pontos, 5 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Dejounte Murray – 10 pontos e 3 assistências

Charlotte Hornets

Jeremy Lamb – 27 pontos, 9 rebotes, 6 assistências e 2 roubos de bola

Dwight Howard – 20 pontos e 13 rebotes

Dwayne Bacon – 18 pontos e 7 rebotes

Kemba Walker – 13 pontos e 4 assistências

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 04/11/2017, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s