Spurs (4-1) @ Magic (4-1) – Primeiro tropeço

 

87×114

O San Antonio Spurs visitou o Orlando Magic nessa sexta-feira (27) e conheceu sua primeira derrota na temporada regular 2017/2018 ao ser derrotado pelo líder da Conferência Leste por 114 a 87. O time da casa contou com boa atuação de Evan Fournier e Jonathon Simmons, ex-jogador do alvinegro texano. Confira, a seguir, os principais destaques do duelo:

Magic foi o primeiro a bater o Spurs (Reprodução/NBA Twitter)

Orlando Mágico

O Orlando Magic merece a temporada que vem fazendo até aqui. Afinal, não é todo dia que se ganha por 27 pontos de uma das defesas mais fortes da liga. Na verdade, o time da Flórida já conseguiu números expressivos assim há pouco, quando bateu o Cleveland Cavaliers por 21 pontos de diferença. Detalhe: a equipe chegou a liderar sobre a de San Antonio por 36 e sobre o atual vice-campeão por 37. O triunfo foi o maior da história da franquia sobre o alvinegro texano.

Aldridge se destacou de novo (Reprodução/NBA Facebook)

Mas ao que se deve a vitória? À juventude, à consistência da equipe dos dois lados da quadra e ao aproveitamento dos arremessos. Vale destacar que o Magic anotou 56 pontos no garrafão e 58 pontos em arremessos do perímetro. Seu aproveitamento em bolas de três pontos também foi expressivo, com 47,8% (11-23) dos chutes de longa distância caindo na cesta. O time converteu 60% dos arremessos de quadra no total até o terceiro quarto. No último, já era possível ver os suplentes ganhando alguns minutos. Levando em conta os números até o terceiro período mais uma vez, o elenco da equipe de Orlando somou 22 assistências ao todo, sendo 19 só no período anteriormente citado.

A lei do ex

Lembra dele? Muitos (assim como o blogueiro) não aprovaram a saída de Jonathon Simmons do Spurs, especialmente após suas bias atuações nos playoffs deste ano. No entanto, a confiança em Gregg Popovich é maior, o que ajudou a aceitar a ida do ala-armador para a Flórida (In Pop We Trust, certo?).

Para matar a saudade e ficar com um pouco de arrependimento, o Simmons foi um dos destaque da noite e contribuiu diretamente para a vitória de Orlando sobre seu antigo time. O camisa 17 foi responsável por 17 pontos (com aproveitamento de 8-13 nos arremessos de quadra), quatro rebotes e três assistências em 23 minutos de quadra contra os texanos.

Próximos compromissos

O Spurs continua com sua sequência de partidas fora de casa, mas desta vez o adversário é o Indiana Pacers, neste domingo (29), em Indianápolis. Enquanto isso, tentando manter a liderança do Leste, o Orlando Magic joga fora de casa contra o Charlotte Hornets no mesmo dia. Vale destacar que a equipe da Flórida vem de sete derrotas para o próximo adversário.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 24 pontos e 11 rebotes

Pau Gasol – 12 pontos e 11 rebotes

Patty Mills – 12 pontos e 3 assistências

Orlando Magic

Evan Fournier – 25 pontos e 5 rebotes

Jonathon Simmons – 17 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Aaron Gordon – 16 pontos e 6 rebotes

Nikola Vucevic – 15 pontos e 3 assistências

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Ex-redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 28/10/2017, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Fagner Lucas Silva

    Não acho que o Magic tenha jogado tão bem assim, credito a derrota pelo time do Spurs não jogar absolutamente nada, nada dava certo ontem, foi uma noite pra esquecer, mas enfim, bola pra frente, haverá jogos que vamos perder mesmo, quando Leonard voltar, a história é outra.

  2. Alexandre Melo

    Esse ano vamos sofrer sem pivô. Eu não entendi muito bem por que o contrato do Pau Gasol foi renovado por mais três temporadas.

    Não bastou a temporada pífia que ele (Gasol) fez no ano passado?

    Essa era a posição mais carente e que consequentemente precisávamos de reforços. Ainda mais com a saída do Dedmon.. Agora com essa contusão do pivô francês selecionado no draft as coisas pioraram de vez.

    Outra decepção nos dois últimos jogos foi o Murray, passou os dois últimos jogos zerados sobrecarregando o Patty Mills que diga se de passagem está fazendo um começo de temporada tenebroso.

    Inadmissível num quinteto titular ter jogadores que pontuam tão pouco com o Gasol e o Murray ( nos últimos dois jogos).

    Tony Parker com quinhentos anos ainda é muito mais jogador que o Mills e o Murray juntos. Leonard então nem se fala faz muita, muita falta!

    No ataque apenas o Lamarcus Aldrige joga. Ainda falta um pouco mais do Danny Green.

    Essa rotatividade do Greg popovick também não dá pra entender. O Rudy Gay ao meu vê precisa de mais tempo em quadra….

    Enquanto, o Kawhi se recupera o jeito é sofrer com essa defesa. Pau Gasol não dá mais!!!

  1. Pingback: Spurs (4-2) @ Pacers (3-3) – Mais um tropeço | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (4-1) @ Pacers (2-3) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (37-30) vs Magic (20-47) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.