Arquivo diário: 16/10/2017

Spurs acerta renovação com Aldridge, diz jornalista

De acordo com reportagem de Adrian Wojnarowski, jornalista da ESPN americana, o San Antonio Spurs acertou renovação contratual com LaMarcus Aldridge por mais três anos. Com isso, o ala-pivô está ligado à franquia texana até o fim da temporada 2020/2021.

Aldridge fica no Spurs por mais tempo (Reprodução/nba.com/spurs)

Para completar a transação, Aldridge, que vai ganhar US$ 21.461.010,00 do Spurs em 2017/2018, vai exercer sua opção para receber US$ 22.347.015,00 em 2018/2019. Assim, a renovação vai valer a partir da temporada 2019/2020, com os termos do novo contrato entrando em vigência, e o salário do ala-pivô no último ano não será totalmente garantido.

Após duas temporadas decepcionantes no Spurs, Aldridge admitiu que estava infeliz, e a franquia também não estava satisfeita com seu desempenho. No entanto. o jogador se apresentou para a fase de preparação em boa forma e melhorou a relação com Gregg Popovich.

Durante a pré-temporada, Aldridge apresentou médias de 17,6 pontos e 5,2 rebotes em 26,2 minutos por exibição. O astro acabou a fase de preparação liderando a equipe de San Antonio em pontos (88), arremessos certos (38), rebotes ofensivos (sete) e minutos (131).

A renovação se justificaria mesmo sem os indícios de melhora de Aldridge. O Spurs não acredita que possa conseguir um reforço do peso de seu camisa #12 na próxima agência livre, e o jogador não acha que pode encontrar um valor semelhante a longo prazo no mercado.

Spurs estende o contrato de Dejounte Murray

O San Antonio Spurs anunciou nesse domingo (15) a extensão do contrato de Dejounte Murray até o meio de 2019. A franquia tinha opção unilateral de renovação com o armador, que está em seu segundo ano na NBA, para sua terceira temporada na liga americana, o que foi consumado.

Dejounte Murray em ação (Reprodução: nba.com/spurs)

Dejounte Murray em ação (Reprodução: nba.com/spurs)

Após ser selecionado na primeira rodada do draft de 2016, o camisa #5, que atuou em parte dos playoffs da temporada passada por conta de uma lesão do armador titular, Tony Parker, ganhou um voto de confiança do técnico Gregg Popovich e deve na equipe por pelo menos três anos.

Em sua única temporada como jogador do Spurs na liga profissional americana, Murray obteve médias de 3,4 pontos, 1,3 assistências e 1,1 rebotes em 8,5 minutos por partida.