Arquivo diário: 27/06/2017

O que esperar de Derrick White?

Mais um Draft se passou e, pelo segundo ano seguido, o Spurs surpreendeu e pode ter encontrado um jogador com potencial maior do que o previsto. Com a 29ª escolha, a franquia texana selecionou Derrick White, de 22 anos, armador da universidade do Colorado.

White é o primeiro reforço do Spurs para 2017/2018 (Reprodução/nbascoutingreport.net)

A escolha deixou vários fãs com um pé atrás em relação ao atleta selecionado. O jovem atuou durante quatro anos na segunda divisão da NCAA. White foi um jogador que teve muito pouco interesse das universidades ao se formar no ensino médio e com isso acabou jogando em uma instituição menor, onde recebeu a chance de ser titular.

Mas em sua última temporada como atleta universitário, White jogou pela universidade do Colorado, na conferência PAC-12, uma das mais fortes da NCAA, a primeira divisão do basquete local. Atuou como líder da equipe, e como era de se esperar, foi o jogador com as melhores médias do time. Com isso, o Spurs selecionou o armador para integrar o seu plantel.

Em 2017, White fez 34 partidas e teve médias de 18,1 pontos, 4,4 assistências, 4,1 rebotes, 1,4 tocos e 1,2 roubos de bola em 32,8 minutos por jogo. Os números do armador mostram um perfil de jogador completo, com impacto nos dois lados da quadra, com bom jogo ofensivo e bons instintos defensivos. Mas as estatísticas avançadas mostram ainda mais o potencial do atleta, que teve player efficiency rating (PER) de 27.3, além de 5,9 nas parcelas de vitórias da equipe (Win Shares). O prospecto também se destaca graças à sua eficiência nos arremessos, com 50,7% nos arremessos de quadra, 39,6% nas bolas de três e 81,3% nos lances livres.

White mostrou alguns problemas, como sua inconsistência ofensiva, sua tendência de sumir dos jogos ou a sua falta de vontade na defesa em certas jogadas. Mas para cada um de seus defeitos, o prospecto tem uma vantagem. Nas mãos de Gregg Popovich, o jovem tem potencial para se tornar um bom armador, que sempre prioriza os passes, e um defensor de qualidade. Ele ainda terá algum tempo para se desenvolver antes de ter minutos, e é esperado comprometimento do atleta, com o intuito de evoluir ao máximo e se tornar uma boa opção.

White pode parecer uma escolha ruim para alguns fãs, mas não se deixe enganar: o garoto tem muito potencial e, com a ajuda de Pop, tem tudo para se tornar um dos melhores armadores reservas da liga. O jogador ainda tem um longo caminho pela frente, mas a sua carreira já começa nesta offseason, e os treinos com certeza irão mostrar reflexo em seu jogo.

White é uma aposta para o futuro e pode vir a ser uma peça importante na rotação. Ao ingressar na equipe, deve ter uma função de facilitador, com muitos passes, guiando a ofensiva do time. Mas o armador também pode contribuir marcando pontos, atuando como arremessador plantado no perímetro e recebendo a bola pronto para chutar. Seu excelente aproveitamento nos arremessos de quadra e nos lances livres devem ajudar muito o Spurs, que torna jogadores como este importantes peças em sua rotação.

Resta agora esperar para ver como a temporada de novato do garoto vai se desenrolar. O destino dele está diretamente ligado à agência livre, pois o Spurs irá atrás de outros armadores. Caso os reforços pretendidos pela equipe texana sejam contratados, White terá ainda mais tempo para se desenvolver. Em seu primeiro ano, não deve ter muitos minutos, mas pode contribuir com a equipe do mesmo jeito sempre que estiver em quadra.

Bem-vindo ao Spurs, Derrick.

Anúncios

Green e Leonard são honrados em prêmios da NBA

Nessa segunda-feira (26), dia do primeiro NBA Awards da história, o San Antonio Spurs teve representantes premiados por suas campanhas na temporada. Danny Green, Kawhi Leonard foram honrados, assim como Gregg Popovich e o dirigente Monty Williams.

O prêmio vencido por Leonard (Reprodução/twitter.com/spurs)

Antes mesmo da cerimônia para entrega dos prêmios ser iniciada, a NBA anunciou os times de defesa da temporada, com Leonard fazendo parte do primeiro e Green do segundo. Entre as 99 pessoas que votaram, 93 colocaram o ala no primeiro time, e seis no segundo. Além disso, 21 colocaram o ala-armador no primeiro time, e 26 no segundo.

Chris Paul, do Los Angeles Clippers, Patrick Beverley, do Houston Rockets, Draymond Green, do Golden State Warriors, e Rudy Gobert, do Utah Jazz, no primeiro, e Tony Allen, do Memphis Grizzlies, Andre Roberson, do Oklahoma City Thunder, Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks, e Anthony Davis, do New Orleans Pelicans, no segundo, completam os times.

Leonard também fez parte da seleção da temporada ao lado de Russell Westbrook, do Oklahoma City Thunder, James Harden, do Houston Rockets, LeBron James, do Cleveland Cavaliers, e Anthony Davis, do New Orleans Pelicans. O ala do Spurs ainda levou o prêmio de toco do ano pelo bloqueio que aplicou em Harden durante vitória sobre o Rockets, dia 06/03.

Além disso, Leonard esteve entre os finalistas de MVP, prêmio vencido por Russell Westbrook, e de defensor da temporada, vencido por Draymond Green. Pop, por sua vez, concorria a técnico do ano, mas a honraria ficou com Mike D’Antoni, do Rockets.

Para finalizar, Williams levou o primeiro Sager Strong Award da história da NBA. No ano passado, o dirigente teve de lidar com trágica perda de sua esposa, morta em acidente de carro. Por isso, ficou com a honraria, que homenageia Craig Stronger, jornalista que cobria a liga profissional americana de basquete e morreu de câncer em dezembro de 2016.