Arquivo diário: 22/06/2017

Spurs seleciona White na 29ª escolha do Draft

Nesta quinta-feira (22), o San Antonio Spurs selecionou Derrick White na 29ª escolha do Draft. O jogador, de 23 anos de idade e 1,96 metros de altura, pode jogar nas posições 1 e 2.

White deve ser o novo reforço do Spurs (Ron Chenoy/USA Today Sports)

White concluiu sua quarta e última temporada no basquete universitário americano – a primeira desde 2014/2015 – pelo Colorado Buffaloes, e apresentou médias de 18,1 pontos (50,7% FG, 39,6% 3 PT, 81,3% FT), 4,4 assistências e 4,1 rebotes em 32,8 minutos por jogo.

O site americano NbaDraft.net, especialista no recrutamento de calouros, compara White com E’Twaun Moore, armador do New Orleans Pelicans, e lista atleticismo, tamanho, defesa, arremesso e controle de bola como os principais pontos fortes do reforço do Spurs.

Abaixo, veja o relatório feito pelo site americano DraftExpress com as qualidades de White:

Abaixo, veja o relatório feito pelo site DraftExpress com os defeitos de White:

VAIVÉM: Veja quem chega, quem sai e rumores sobre o Spurs

Anúncios

Spurs pode trocar Green e Aldridge, diz site

O San Antonio Spurs parece disposto a abrir espaço salarial para a próxima temporada. Depois de convencer Pau Gasol a abrir mão da opção para renovar seu contrato e de ver David Lee e Dewayne Dedmon fazerem o mesmo, a franquia disponibilizou Danny Green e LaMarcus Aldridge para trocas de acordo com reportagem do site americano Bleacher Report.

Não adianta fazer cara feia, gente (Edward A. Ornelas/San Antonio Express-News)

Segundo Jabari Young, do jornal San Antonio Express-News, o Spurs está aberto à possibilidade de trocar Green, mas ainda nem sequer se aproximou de um acordo.

Além disso, de acordo com John Gambadoro, da rádio KMVP-FM, o Spurs tem interesse em trocar Aldridge por uma das cinco primeiras escolhas do Draft de 2017, que acontece nesta quinta-feira (22), a partir das 20h (de Brasília). Segundo Sam Amico, do site Amico Hoops, o Sacramento Kings, que possui a quinta, seria um dos interessados no ala-pivô.

Em 2016/2017, Green apresentou médias de 7,3 pontos e 3,3 rebotes em 26,6 minutos por jogo na fase de classificação e 7,8 pontos e 3,6 rebotes em 27,2 minutos por exibição nos playoffs. Seu salário para a próxima temporada é de US$ 10 milhões.

Aldridge, por sua vez, sustentou 17,3 pontos e 7,3 rebotes em 32,4 minutos por exibição na fase de classificação e 16,5 pontos e 7,4 rebotes em 33,6 minutos por exibição nos playoffs em 2016/2017. Seu salário para a próxima temporada é de US$ 21.461.010,00.

Se Green e Aldridge saírem, o valor em salários garantidos do Spurs para 2017/2018 cairia de US$ 73.476.137,00 para US$ 42.015.127,00. Ficariam pendentes a renovação de Gasol e os vínculos de possíveis novatos escolhidos pela franquia no Draft. O alvinegro ainda pode optar por selecionar estrangeiros e mantê-los longe da NBA, como fez recentemente com Davis Bertans, para economizar. O teto salarial da NBA na próxima temporada deve ser de aproximadamente US$ 99 milhões segundo relatos da imprensa especializada.

Assim, as movimentações permitiriam que o Spurs brigasse por agentes livres de grande porte. Segundo relatos, a franquia teria interesse na contratação do armador Chris Paul.

A franquia de San Antonio ainda terá de lidar com mais decisões para reconstruir seu elenco para a temporada 2017/2018. Patty Mills, Manu Ginobili e Joel Anthony são agentes livres irrestritos – o argentino pode se aposentar. Jonathon Simmons tem uma qualifying offer, o que da à franquia o direito de igualar as propostas feitas por ele. Além disso, Bryn Forbes tem contrato não garantido e pode ser dispensado a qualquer momento sem custos adicionais.

VAIVÉM: Veja quem chega, quem sai e rumores sobre o Spurs