Spurs (2) vs Rockets (1) – Por Tony Parker!

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif103×92

Nessa sexta-feira (5), o San Antonio Spurs visitou o Houston Rockets no primeiro jogo desde a lesão de Tony Parker e venceu o rival por 103 a 92, recuperando o mando de quadra e abrindo 2 a 1 na série, válida pelas semifinais da Conferência Oeste. Vamos aos destaques.

Dejounte Murray foi a surpresa de Pop (Jesse D. Garrabrant/nba.com/spurs)

Surpresa no quinteto inicial

No início da tarde, ao atender a imprensa em janela no treino do Spurs, Gregg Popovich deu a entender que Dejounte Murray não estava pronto para atuar nos playoffs e que iria montar sua rotação com apenas Patty Mills como armador de origem. Ou o treinador estava blefando ou mudou de ideia até a hora do jogo, já que o novato surpreendentemente iniciou a partida como titular. O jovem começou claramente nervoso, sofrendo com a marcação de Patrick Beverley e tomando um toco de Clint Capela. Mas não comprometeu, deixando a quadra com dois pontos, dois rebotes em uma roubada de bola de bola em 14 minutos. Com ele em quadra, o alvinegro fez 11 pontos a mais que levou, melhor marca do time nessa sexta.

Leonard brilhou de novo (Bill Baptist/NBAE via Getty Images)

Ajuste fundamental

A grande sacada de Pop na série é marcar os pick-and-rolls envolvendo James Harden com só dois jogadores, fazendo Kawhi Leonard lutar contra os bloqueios e se recuperar e os pivôs fecharem a porta para passes em direção aos big man adversários. Com isso, sem a ajuda de um terceiro defensor, o astro do Rockets não consegue achar arremessadores livres com tanta facilidade. Nessa sexta, o Barba anotou 43 pontos, quase metade do que seu time conseguiu, e não teve ajuda coletiva, vendo somente Trevor Ariza e Clint Capela chegarem aos dígitos duplos.

Nove anos depois

Outro ajuste funcional de Pop foi colocar Danny Green para marcar Ryan Anderson. O ala-armador do Spurs fez grande trabalho, tirando o arremessador adversário do jogo e contribuindo dos dois lados da quadra. Com isso, Pau Gasol, que seria alvo fácil para Harden nos pick-and-rolls, defende Trevor Ariza, que costuma apenas ficar parado na zona morta para arremessar.

A ideia lembra a usada nos playoffs de 2008. Após ver o New Orleans Hornets abrir 2 a 0, o treinador tirou Bruce Bowen de Chris Paul e o colocou em Peja Stojakovic, o que mostra que conter arremessadores para sobrecarregar o astro adversário já é uma ideia sua há anos.

Sempre ele

Danny Green ajudou dos dois lados da quadra, assim como Pau Gasol. LaMarcus Aldridge apresentou o basquete que dele se espera, e Patty Mills converteu arremessos vindo do banco de reservas. Mas a vitória não seria possível se não fosse por Kawhi Leonard. O astro do Spurs marcou Harden com excelência de um lado da quadra e, do outro, anotou 26 pontos, além de dez rebotes e sete assistências. Mais uma atuação impecável de The Klaw.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 26 pontos, 10 rebotes e 7 assistências

LaMarcus Aldridge – 26 pontos, 7 rebotes e 4 tocos

Patty Mills – 15 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Pau Gasol – 12 pontos, 9 rebotes, 4 assistências e 2 tocos

Danny Green – 11 pontos, 3 rebotes, 3 assistências e 2 tocos

Houston Rockets

James Harden – 43 pontos, 5 assistências e 3 roubos de bola

Trevor Ariza – 17 pontos, 5 rebotes e 5 assistências

Clint Capela – 12 pontos, 16 rebotes, 5 tocos e 3 assistências

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 06/05/2017, em Playoffs 2017, Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Nossa que orgulho que deu ontem.. Que vontade de vencer Tava nosso spurs.. Só axei que teve muito tunovers e rebotes ofensivos do harden.. Mas de resto sensacional.. Percrbi que Parker faz falta sim.. Mas spurs e popovich sempre dará trabalho a qlq time da liga. Go spurs

  2. Sim, jogou razoavel, nao excepcional
    Houston falhou muito e deu brecha
    A falta de um bom armador ficou evidente
    Perdemos força nos playoffs
    Vamos ver ate onde vamos

  3. raphaelcastrosouza

    Uma vitória em boa hora, pois se voltasse para casa com um 3×1 para o Rockets ia ser osso. Agora o Spurs tem que ter aquela velha frieza no jogo 4, porque eles virão com tudo e caso as bolas de 3 não caiam o barba tentará resolver na marra, nessa situação pode cometer alguns turnovers, que o Spurs tem que aproveitar. E que chuva de tocos ontem para os dois lados! De resto, o time se virou bem. E Ginobili, por favor não arremesse de 3, está amassando o aro desde a série conta o Memphis.

  4. O desafio foi grande demais pro Dejounte, Beverley não teve dó dele. Mas a vida em time importante é isso mesmo: fogueira! Um rookie tomar tocos e cometer turnovers seguidos numa semifinal de conferência, substituindo um armador lendário, também formam a personalidade de um jogador. Não sei se Pop irá mantê-lo começando os jogos, mas gostei muito de ver ele correndo, marcando, pegando rebotes.

    De qualquer forma, o número de turnovers do time no geral foi muito elevado. E isso era uma grande qualidade do Parker: além de ser muito eficiente nos arremessos, também cuidava bem da bola, errava pouco, ast/to altíssimo.

    Aldridge e Gasol MANDARAM no garrafão, principalmente na primeira metade. E é muito legal isso que o Lucas observou, do Pop ter colocado o Danny Green no Ryan Anderson, anulado no jogo. É muito foda que o SPURS tenha alas tão bons na marcação.

  1. Pingback: Spurs (2) @ Rockets (1) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (2) vs. Rockets (2) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (3) @ Rockets (2) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s