Prévia de Spurs x Grizzlies – Primeira rodada dos playoffs

Irmãos Gasol vão duelar nos playoffs (Mark Sobhani/nba.com/spurs)

Depois de terminar a temporada regular com 61 vitórias e 21 derrotas e garantir a segunda posição da Conferência Oeste, o San Antonio Spurs enfrenta o Memphis Grizzlies, sétimo colocado, na primeira rodada dos playoffs de 2017. Enquanto o alvinegro chega com todo o elenco à disposição para o começo do mata-mata, a equipe do Tennessee inicia a série com Chandler Parsons como baixa e Tony Allen e James Ennis III como dúvidas.

Spurs e Grizzlies começam a se enfrentar neste sábado (15), no AT&T Center. Ao longo da temporada regular, as duas equipes da Divisão Sudoeste mediram forças quatro vezes, com duas vitórias para cada lado. Relembre como foram todos estes confrontos a seguir:

06/02/2017 – Spurs 74 @ 89 Grizzlies

No primeiro duelo entre as duas equipes, o Spurs começou a edição de 2017 da Rodeo Road Trip com derrota para o Grizzlies. David Lee, com 14 pontos, foi o cestinha do time na ocasião.

18/03/2017 – Spurs 96 @ 104 Grizzlies

Após perder o primeiro confronto contra o Grizzlies, o Spurs foi novamente até Memphis para tentar buscar sua primeira vitória contra o time do Tennessee na temporada. Não foi o que ocorreu. Novamente mostrando uma ótima defesa e um jogo lento, a equipe de casa se impôs e triunfou. Destaque para Kawhi Leonard, com 22 pontos, e LaMarcus Aldridge, com 21.

23/03/2017 – Spurs 97 x 90 Grizzlies

No primeiro duelo entre as equipes disputado no AT&T Center na temporada, o Spurs conseguiu sua primeira vitória sobre o Grizzlies no campeonato. O destaque foi o ala-pivô LaMarcus Aldridge, que deixou a quadra com 23 pontos, oito rebotes e três tocos.

04/04/2017 – Spurs 95 x 89 Grizzlies

No último confronto, o Spurs venceu o Grizzlies na prorrogação e garantiu o empate no confronto com o rival de Divisão Sudoeste na temporada. Destaque para Kawhi Leonard, com 32 pontos, 12 rebotes, quatro assistências e duas roubadas de bola.

Agora, chegou a hora do Spurs medir forças com o adversário na série válida pela primeira rodada da Conferência Oeste. A seguir, blogueiros do Spurs Brasil contam o que esperam do confronto e dos jogadores que poderão ajudar a decidi-la. Confira as análises abaixo:

Cássio Cutulli

Palpite: Spurs 4 a 2
Finalmente os playoffs vão começar. O Spurs conta com todo o elenco saudável após a volta de Dejounte Murray, que havia ficado fora por quatro semanas. Pelo Grizzlies, a única baixa deve ser Chandler Parsons, fora da temporada. Os confrontos entre os rivais de divisão na primeira fase foram muito físicos, com o mandante sempre levando a melhor. Dessa forma, o que irá ditar o duelo serão os sistemas defensivos sufocantes e o desempenho na estrada. O alvinegro tem um time superior e demonstrou nos últimos duelos que está sabendo lidar com as trocas de marcação do adversário, que conta com Tony Allen, um leão na defesa e que, se estiver em um dia bom, acaba contagiando os colegas e dificultando as infiltrações. Dessa forma, como o perímetro dos texanos é inconsistente contra quem aperta muito a marcação, a chave deve ser LaMarcus Aldridge, que, apesar de enfrentar um garrafão muito bom, pode aumentar as chances de vitória se consiguir se sobressair. O foco é proteger a área pintada e, do outro lado, pontuar dentro dela, claro que com o apoio de Kawhi Leonard e de quem mais vier de fora. Caso a ameaça interior seja grande, serão abertas brechas para os arremessos de três, o que dará um respiro aos comandados de Gregg Popovich.
Peça-chave do Spurs:
 LaMarcus Aldridge
Peça-chave do Grizzlies:
 Tony Allen

Lucas Pastore

Palpite: Spurs 4 a 2
O Grizzlies é um dos adversários que mais sabe explorar as deficiências do Spurs: tem ótimos jogadores de garrafão para atacar a deficitária defesa de Pau Gasol e David Lee e uma marcação sufocante o bastante para atrapalhar Kawhi Leonard, conseguindo, assim, estagnar o ataque do alvinegro. Por isso, apesar da teórica diferença de qualidade dos dois elencos, a série pode se tornar uma das mais equilibradas da primeira fase dos playoffs. Para triunfar sem dificuldades, o time texano precisa que LaMarcus Aldridge esteja bem dos dois lados da quadra, desafogando o principal astro do time ofensivamente e combatendo JaMychal Green e Marc Gasol na área pintada. O problema é que o rival deve trazer do banco Zach Randolph, um dos maiores carrascos do alvinegro, para enfrentar a segunda unidade, que tem proteção interior deficitária. Resolver o matchup será a chave do duelo.
Peça-chave do Spurs:
 LaMarcus Aldridge
Peça-chave do Grizzlies:
 Zach Randolph

Sergio Neto

Palpite: Spurs 4 a 2
O Grizzlies é, historicamente, uma pedra no sapato do Spurs. E, sinceramente, a equipe que eu menos gosto de enfrentar, principalmente nos playoffs. Neste ano, eles vêm bem, mesmo sem destaque por parte da mídia. Zach Randolph deixou o time titular para se tornar um dos reservas de maior destaque da liga. Mike Conley, para mim leva vantagem sobre Tony Parker, o que pode desequilibrar o duelo em determinado momento, obrigando a Greeg Popovich a recorrer a Patty Mills. Imagino que, assim como foi na temporada, o termômetro texano tem nomes e sobrenomes: Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge.
Peça-chave do Spurs:
 Kawhi Leonard
Peça-chave do Grizzlies:
 Marc Gasol

Vinicius Esperança

Palpite: Spurs 4 a 2
Não há como não se lembrar dos playoffs de 2011, quando o Spurs, que chegava como franco favorito, foi atropelado pelo Grizzlies em seis jogos e deu adeus à chance de título. Aquela eliminação, uma das mais doídas dos últimos anos, ficou para história: Zach Randolph, no auge físico e técnico, e Marc Gasol, evoluindo de maneira avassaladora, encarando veteranos decadentes, com Tim Duncan e Antonio McDyess praticamente dando adeus à NBA. Passou-se o tempo, e as coisas mudaram (mas nem tanto). O alvinegro não tem mais The Big Fundamental, mas conta com LaMarcus Aldridge e Pau Gasol, dois dos melhores pivôs da liga. Os rivais possuem as mesmas ameaças na área pintada, mais velhas e com o espanhol em seus melhores anos. Some a isso a dificuldade que o time texano tem ao enfrentar rivais físicos, principalmente perto da cesta, e você terá algumas derrotas no caminho. Mas nada que faça tirar o sono. No fim, os comandados de Gregg Popovich devem perder de um a dois jogos, mas têm muito mais talento e um banco mais profundo.
Peça-chave do Spurs:
 Kawhi Leonard
Peça-chave do Grizzlies:
 Marc Gasol

Olho neles!


LaMarcus Aldridge foi eleito, ao lado de Kawhi Leonard a peça-chave do Spurs na série pelos blogueiros do Spurs Brasil. Isso porque o ala-pivô terá de desafogar o ala no ataque ao mesmo tempo em que lida com Marc Gasol, Zach Randolph e JaMychal Green na defesa. Na temporada, o jogador teve médias de 17,3 pontos e 7,3 rebotes em 32,4 minutos por exibição. Considerando apenas os quatro duelos com o Grizzlies, esses números sobem para 18 pontos e oito rebotes em 36,1 minutos por partida.

Duas vezes votado, Marc Gasol foi eleito a peça-chave do Grizzlies no confronto pelos blogueiros do Spurs Brasil. O pivô espanhol é a âncora da defesa do time, podendo ajudar a fechar a porta de Kawhi Leonard nas infiltrações, e ainda pode atacar Pau Gasol e David Lee, que têm marcação deficitária. Na temporada, o astro tem médias de 19,5 pontos, 6,3 rebotes e 4,6 assistências em 34,2 minutos por partida. Nos quatro duelos que fez com o Spurs, esses números vão para 13,8 pontos, 7,3 rebotes e 4,5 assistências em 35,5 minutos por jogo.

Anúncios

Sobre Equipe Spurs Brasil

Seu site de notícias sobre o San Antonio Spurs em português. Ativo desde fevereiro de 2008.

Publicado em 13/04/2017, em Análises. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Carlos Antunes

    SA num lucro tremendo com esse chaveamento!! Passei a temporada inteira torcendo pra não ter pela frente o Clippers e o Thunder e pelo menos isso aconteceu!! Só não chega na final do oeste se não quiser, pq time pra passar do Memphis e do Houston eu não tenho dúvidas que tem…

  2. Também aposto num 4-2 pros Spurs e vejo como peça chave dos Spurs o Danny Green, chegou a hora de meter as bolas do perímetro.

  3. Tony Allen machucado, o único que vi marcando bem individualmente o Kawhi, nesta temporada.
    Jogador chave Aldridge.

    Acho que dá para passar com uns 4×1.

  1. Pingback: Spurs (2) vs Grizzlies (2) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s