Arquivo mensal: março 2017

Spurs (57-17) @ Thunder (43-31) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Oklahoma City Thunder – Temporada Regular

Data: 31/03/2017

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: Chesapeake Energy Arena

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Dois dias depois da derrota para o Golden State Warriors, o San Antonio Spurs visita o Oklahoma City Thunder para manter vivo o sonho de chegar aos playoffs com a melhor campanha da NBA. O time texano continua sem o armador Dejounte Murray, que se recupera de uma lesão na virilha. A equipe mandante, por sua vez, deve ter todo o elenco à disposição.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-1):

31/01/2017 – Spurs 108 x 94 Thunder

No primeiro duelo da temporada, o Spurs venceu com grande atuação de Kawhi Leonard, que deixou a quadra com 36 pontos, oito rebotes e quatro assistências.

09/03/2017 – Spurs 92 @ 102 Thunder

Na primeira visita que fez ao Thunder na temporada, o Spurs viu o adversário encerrar uma série de nove triunfos seguidos do time texano. Kawhi Leonard, com 19 pontos, se destacou.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Dewayne Dedmon

Fique de Olho – Alvo de críticas cada vez maiores por parte da torcida do Spurs, Tony Parker terá pela frente o matchup mais difícil do campeonato, já que Russell Westbrook é o armador que mais chances tem de ser eleito MVP. Na temporada, o astro francês da franquia de San Antonio tem médias de 9,9 pontos e 4,6 assistências em 25,4 minutos por exibição.

PG – Russell Westbrook

SG – Victor Oladipo

SF – Andre Roberson

PF – Taj Gibson

C – Steven Adams

Fique de Olho – O que falta para Russell Westbrook ser eleito MVP? Talvez uma grande atuação contra Kawhi Leonard, outro candidato ao prêmio. Até aqui, na temporada, o armador tem médias de 31,8 pontos, 10,6 rebotes e 10,4 assistências em 34,8 minutos por jogo.

Spurs (57-17) vs Warriors (61-14) – Derrota decepcionante

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif98×110

O San Antonio Spurs recebeu o Golden State Warriors na noite dessa quarta-feira (29) e acabou derrotado pelo placar de 110 a 98. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

Golden State Warriors v San Antonio Spurs

Tony Parker saiu zerado do duelo, enquanto Curry foi decisivo (Reprodução/nba.com/warriors)

Grande início

Com um começo avassalador, o Spurs abriu 15 a 0 sobre o Warriors e viu o time da Califórnia ruir no primeiro quarto. Ao fim do primeiro período, o placar mostrava 33 a 17 para os texanos. Porém, a partir daí, o jogo mudou completamente, e o alvinegro – que estava dando uma aula de basquete – começou a cometer diversos erros e deixou o oponente gostar do jogo. Os visitantes foram encostando aos poucos, e ao fim do primeiro tempo, a equipe de San Antonio vencia apenas por três pontos. Os comandados de Gregg Popovich estavam atônitos, não conseguiam reagir, e a marcação dos líderes da Conferência Oeste, que inicialmente estava frágil, se tornou assustadora, impedindo que os mandantes pontuassem com facilidade. Com tudo isso ocorrendo e as principais astros do Spurs em péssimo momento, o Warriors tomou a frente no duelo pra não mais perdê-la. O alvinegro até ameaçaram uma reação, mas nada parecia funcionar, e ao fim do terceiro período a vantagem californiana já era de sete pontos. O que parecia ser uma ótima noite se tornou um pesadelo irreversível. Stephen Curry e companhia tiraram uma vantagem de 22 pontos rapidamente e ainda venceram por 12. Fim de jogo e uma grande decepção para a torcida da casa, que agora vê a primeira posição da classificação geral da NBA como um sonho distante.

Para preocupar

Golden State Warriors v San Antonio Spurs

Leonard estava em uma noite pouco inspirada (Reprodução/nba.com/warriors)

O Spurs parecia estar bem encaixado e vivendo ótimo momento após vencer com facilidade o Cleveland Cavaliers e começar voando contra o Warriors. Contudo, isso tudo se tornou uma grande preocupação: o time de San Antonio não teve resposta aos ajustes feitos por Steve Kerr no duelo dessa quarta e saiu derrotado do AT&T Center mesmo com a ausência de Kevin Durant. Se por um lado isso cria um grande receio para a torcida, talvez por outro tenha sido bom para mostrar que o time ainda tem muito a melhorar e que não será fácil chegar à final da NBA.

Os adversários começaram a entender como o alvinegro flui seu ataque e perceberam que se Kawhi Leonard não jogar bem, o time geralmente não consegue ter uma boa atuação. É hora de acertar esses erros e encontrar saídas rumo a futuros encontros na pós-temporada, corrigindo-os para o time não morrer na praia como nos últimos anos.

Não tem vida fácil

Nada de moleza pro Spurs nos próximos jogos. Depois de ser derrotado pelo Warriors, o time texano cai na estrada para enfrentar o Oklahoma City Thunder de Russell Westbrook e companhia. Os jogadores terão de dar uma resposta à torcida e a eles próprios, afinal, já que, após o revés, o time saiu bastante abatido e com poucas certezas sobre o que ocorreu. Será mais uma partida difícil em que o Mr. Triple Double irá mais uma vez mostrar que é verdadeiramente candidato ao prêmio de MVP e seguir buscando por melhores colocações.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 19 pontos, 7 rebotes e 5 assistências

LaMarcus Aldridge – 17 pontos, 6 rebotes e 4 tocos

Pau Gasol – 18 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Danny Green – 16 pontos, 6 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Golden State Warriors

Stephen Curry – 29 pontos e 11 assistências

Klay Thompson – 23 pontos

David West – 15 pontos, 5 assistências e 4 rebotes

Andre Iguodala – 14 pontos, 6 rebotes e 2 roubos de bola

Spurs (57-16) vs Warriors (60-14) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Golden State Warriors – Temporada Regular

Data: 29/03/2017

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Após receber o Cleveland Cavaliers – atual campeão – na noite de segunda-feira e dar uma aula de basquete, o San Antonio Spurs segue atuando em casa para enfrentar nada menos que o vice-campeão de 2016 e melhor time da NBA na temporada, o Golden State Warriors. Para a partida, o único desfalque do alvinegro deve ser Dejounte Murray, com uma lesão na virilha. Por parte dos visitantes, Kevin Durant segue fora. Se vencer hoje, o time texano encosta novamente no adversário na briga pela primeira colocação da Conferência Oeste, ficando apenas um jogo atrás da equipe de Oakland.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (2-0):

25/10/2016 – Spurs 129 @ 100 Warriors

Em partida perfeita da equipe, o Spurs, jogando fora de casa, massacrou os atuais campeões da Conferência Oeste com ótimas atuações de LaMarcus Aldridge e Kawhi Leonard.

12/03/2017 – Spurs 107 x 85 Warriors

No segundo duelo entre as melhores equipes da temporada, o que se viu foi um confronto entre os reservas. Por parte do Spurs, Kawhi Leonard, LaMarcus Aldridge, Tony Parker e Dejounte Murray se recuperavam de lesões. Além disso, do lado do time californiano, o técnico Steve Kerr decidiu poupar seus comandados, já que a equipe havia atuado na noite anterior. O jogo foi tranquilo para o alvinegro, que mostrou que seu banco de reservas é bem superior ao do adversário. Patty Mills foi o destaque com 21 pontos e quatro assistências.
danny-green

PG -Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Dewayne Dedmon

Fique de Olho Danny Green fez provavelmente sua melhor partida defensivamente contra o Cavaliers, no último jogo do Spurs. Distribuindo quatro tocos e roubando duas bolas, foi fundamental para amedrontar o ataque do time de Ohio. Nesta quarta, provavelmente será o principal responsável por marcar Stephen Curry e, da mesma forma, desafogar o ataque com bolas de três. Se estiver inspirado, as chances de varrer o Warriors serão grandes.

curry

PG – Stephen Curry

SG – Klay Thompson

SF – Patrick McCaw

PF – Draymond Green

C – Zaza Pachulia

Fique de OlhoStephen Curry parece estar aquecendo pros playoffs. Após uma sequência ruim de jogos depois da lesão de Durant e algumas derrotas inesperadas, o atual bi-MVP está calibrado nos tiros de longa distância e vem fazendo vítimas. Nessa terça, praticamente selou a vitória contra o Houston Rockets com uma bola de três e contribuiu com 32 pontos, dez rebotes e sete assistências. Que a defesa texana esteja pronta para segurá-lo.

Spurs (57-16) vs Cavaliers (47-26) – Aula de basquetebol

 103×74

Após bater o New York Knicks no sábado, o San Antonio Spurs recebeu o Cleveland Cavaliers no AT&T Center nessa segunda-feira (27) e, sem dificuldades, superou o atual campeão da NBA por 103 a 74. Com o triunfo, o time texano chega à quinta vitória seguida, enquanto a equipe de Ohio teve seu segundo tropeço consecutivo, caindo para a segunda posição da Conferência Leste, atrás do Boston Celtics. Veja, a seguir, os destaques da noite,

Kawhi ampliou a vantagem no estouro do cronômetro (Reprodução/facebook.com/spurs)

Escola Popovich

Quem pôde assistir ao duelo entre Spurs e Cavaliers viu um exemplo de postura que um candidato a campeão da NBA precisa ter. E não, não se tratou da franquia de Cleveland, atual dona do título da liga, e sim da equipe mandante. Nem o mais otimista torcedor poderia prever que o alvinegro passaria com tamanha tranquilidade por LeBron James e companhia.

Lance de Ginobili levantou o público (NBA/Mark Sobhani/Getty Images)

Para concretizar a vitória, o Spurs contou com outro elemento fundamental além do desempenho dos seus atletas: os ensinamentos do técnico Gregg Popovich. A mão do treinador foi de fundamental importância para a vitória texana, que começou a ser construída no segundo quarto, quando a diferença a favor dos mandantes começou a crescer. Um nome ilustra bem o que Pop passa nos treinos é o do Kawhi Leonard. O astro dos mandantes tinha a missão de contribuir com a pontuação da equipe e ainda tinha a responsabilidade de anular LeBron James. As duas tarefas foram concluídas com êxito.

Contudo, não é só de talentos individuais que se faz o estilo Popovich. O coletivo é tão importante quanto. Com exceção às transições rápidas e aos contra-ataques, praticamente todos os jogadores em quadra pegavam na bola em cada posse do alvinegro de San Antonio. Jogadas rotativas, uso de corta-luz, movimentação sem bola e ampla visão de jogo são alguns dos aspectos que podemos destacar.

Enquanto isso, do outro lado da quadra, nomes importantes como Kyrie Irving e Kevin Love foram meros coadjuvantes e tiveram rendimento bem abaixo do esperado. O time do Cavs esteve perdido e desperdiçou diversas oportunidades de ataque.

A importância do banco

Outra característica do Spurs é a profundidade do banco de reservas. Com as mais diversas nacionalidades e modos de jogo à disposição, Gregg Popovich mostrou que é possível montar vários quintetos funcionais. Resultado: entra um, sai outro, e o time se mantém o mesmo. Prova da importância disso está nos números. Ao fim do primeiro tempo, os suplentes texanos já haviam marcado mais de 20 pontos com Manu Ginobili, David Lee, Pau Gasol e Patty Mills, enquanto os do Cavs zeraram, deixando a responsabilidade nas costas dos titulares.

Mão torta

Nem tudo foi perfeito para o time do Spurs. Aliás, para nenhuma das equipes. Afinal, ambas tiveram aproveitamento bem abaixo do normal nos chutes de longa distância. Para efeitos de comparação, o primeiro arremesso de três pontos de San Antonio só foi convertido quando Pau Gasol veio à quadra. Antes dele, Leonard, Green e até Aldridge arriscaram bolas de longe e não tiveram êxito. Ao todo, 7-26 para o alvinegro, aproveitamento de 26,9%, enquanto o adversário teve 4-26, com 15,4% de aproveitamento. Amassaram o aro!

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 25 pontos, 6 rebotes, 6 assistências e 3 roubos de bola

LaMarcus Aldridge – 14 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Pau Gasol – 14 pontos e 4 rebotes

Manu Ginobili – 12 pontos e 3 rebotes

Dewayne Dedmon – 8 pontos e 13 rebotes

Cleveland Cavaliers

LeBron James – 17 pontos, 8 assistências e 8 rebotes

Tristan Thompson – 11 pontos e 7 rebotes

Spurs (56-16) vs Cavaliers (47-25) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Cleveland Cavaliers – Temporada Regular

Data: 27/03/2017

Horário: 21h (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: SporTV2 e NBA League

Após passar pelo New York Knicks no sábado, o San Antonio Spurs recebe nesta segunda-feira, no AT&T Center, o Cleveland Cavaliers, atual campeão da NBA. Precisando do resultado para manter a liderança da Conferência Leste, o time de LeBron James e companhia vai até o Texas para enfrentar uma das maiores potências como mandante do campeonato. Já o alvinegro, que vem de uma sequência de quatro vitórias, tenta se manter na briga pelo topo da Conferência Oeste. Com o triunfo de sábado, os comandados de Gregg Popovich alcançaram a façanha de bater todas as equipes da liga pelo menos uma vez pela terceira temporada consecutiva e a sétima vez na história da franquia. O time da cidade do Álamo é o primeiro a vencer todos os outros pelo menos uma vez em três temporadas seguidas desde que o Philadelphia 76ers conseguiu realizar o feito de 1974 a 1981.

Confrontos na temporada (1-0)

21/01/2017 – Spurs 118 @ 115 Cavaliers

No primeiro confronto da temporada, o Spurs derrotou o Cavaliers na prorrogação. Destaque para Kawhi Leonard, com 41 pontos, seis rebotes e cinco assistências, e double-doubles para LaMarcus Aldridge com 16 pontos e 12 rebotes, e David Lee com 14 pontos e 11 rebotes.

PG – Tony Parker

SG – Jonathon Simmons

PFKawhi Leonard

SF – LaMarcus Aldridge

C – Dewayne Dedmon

Fique de Olho – Sedento por uma vitória, o Cavs irá com tudo pra cima do Spurs, e o desempenho defensivo pode ser decisivo para mostrar quem manda no Texas. Com isso, nada mais apropriado que ficar de olho no duelo entre Kawhi Leonard e LeBron James. Responsável por 41 pontos no primeiro duelo, o ala do time texano tem médias de cerca de 26 pontos e cinco rebotes por exibição na temporada. Com o craque correndo por fora pelo prêmio de MVP, um triunfo sobre o astro de Cleveland pode ser determinante.

PG – Kyrie Irving

SG – J.R. Smith

PFLeBron James

SF – Kevin Love

C – Tristan Thompson

Fique de Olho – Vindo de uma derrota significativa para o Washington Wizards, o Cavaliers irá com força total pra cima do Spurs com o objetivo de manter a liderança da Conferência Leste. Com isso, LeBron James certamente irá tomar a frente da equipe e proporcionar um duelo interessante com Kawhi Leonard. O astro dos atuais campeões tem médias de aproximadamente 26 pontos, oito rebotes e oito assistências nesta temporada.