Spurs (39-12) @ Grizzlies (32-22) – Pé esquerdo

 74×89

Todo ano, o San Antonio Spurs realiza o Rodeo Road Trip, tradicional série de jogos fora de casa por conta da utilização do AT&T Center para um rodeio. Abrindo a sequência desta temporada, a equipe viajou até o Tennessee e foi derrotada pelo Memphis Grizzlies, na madrugada desta segunda-feira (6), por 89 a 74. Com uma contusão no quadril, Kawhi Leonard não pôde jogar, e sua ausência foi claramente sentida. Saiba como foi o duelo:

Sem Leonard, a equipe estava claramente perdida em quadra (Joe Murphy/NBAE/ Getty Images)

Sem Leonard, a equipe estava claramente perdida em quadra (Joe Murphy/NBAE/ Getty Images)

Kawhidependência

Que Kawhi Leonard vem se destacando pelo alvinegro nos últimos tempos não é novidade para ninguém. Porém, nesta temporada, com a aposentadoria de Tim Duncan, o Spurs vem dependendo mais do que o normal do ala. O astro tem sido a principal peça defensivamente e ofensivamente no time, e sua ausência foi claramente sentida no primeiro duelo da temporada com o Grizzlies. Prova disso foi a baixa produtividade do ataque, que, somada à intensa defesa do rival, resultou em uma das piores partidas recentes do alvinegro.

Ginobili e Aldridge bem que tentaram (Joe Murphy/NBAE/Getty Images)

Ginobili e Aldridge bem que tentaram (Joe Murphy/NBAE/Getty Images)

Justiça seja feita: em momento nenhum do jogo o Spurs deixou o Grizzlies deslanchar no placar. Foram 14 mudanças de liderança e seis empates. O primeiro quarto acabou em 17 a 14 para o time de Memphis, depois 26 a 23 para a equipe de San Antonio. Na volta do intervalo, 29 a 25 para os donos da casa. Aí que a situação complicou, e a diferença chegou pela primeira vez nos dois dígitos. A parcial do último quarto foi de 20 a nove para os mandantes. Isso mesmo. O alvinegro anotou apenas nove pontos no período final. Os números refletiram o baixo rendimento dos visitantes na noite. Apenas oito jogadores pontuaram – já registramos incontáveis ocasiões em que este foi o total de atletas com duplos dígitos de pontuação.

Voltando à situação de Leonard, a contusão no quadril do ala não foi algo repentino, de acordo com as informações oficiais do time. Gregg Popovich, comandante da equipe, disse que a lesão ocorreu na vitória sobre o Oklahoma City Thunder, dia 31 de janeiro, e foi se desgastando dia após dia. Ainda não há maiores informações sobre a gravidade e as providências a serem tomadas a respeito.

Mão torta

Outro motivo para o baixo rendimento do Spurs no jogo desta segunda-feira foi a falta de pontaria. O time texano teve aproveitamento de 37% dos arremessos de quadra e de 21% nos chutes de longa distância. Ambos são os piores números da equipe na temporada. David Lee liderou o Spurs com 14 pontos, convertendo todos os seus seis arremessos. LaMarcus Aldridge acrescentou 13 pontos, acertando apenas apenas quatro das suas 19 tentativas. Danny Green e Manu Ginobili terminaram com 12 pontos cada.

O time de San Antonio havia chegado a pelos menos 100 pontos em 27 jogos seguidos. O Spurs interrompeu uma série de três vitórias consecutivas e, para efeitos de comparação, seu último jogo com tão poucos pontos neste campeonato foi de 83, dia 29 de novembro, na derrota para o Orlando Magic. Os nove pontos do último quarto representam o pior desempenho para o alvinegro em toda temporada em uma única parcial.

Pé na estrada

Esta foi a primeira parada do 15º Rodeo Road Trip do Spurs, quando o evento San Antonio Stock Show & Rodeo assume o AT&T Center anualmente. Este ano, os Spurs jogarão oito partidas em sete cidades, viajando aproximadamente 11.804 quilômetros (7,378 milhas) a partir desta segunda-feira (6) até o dia 26 de fevereiro. A campanha do time é de 82 vitórias e 36 derrotas somando todas as temporadas de viagem anual.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

David Lee – 14 pontos

LaMarcus Aldridge – 13 pontos e 10 rebotes

Danny Green – 12 pontos e 8 rebotes

Manu Ginobili – 12 pontos e 3 assistências

Memphis Grizzlies

Marc Gasol – 15 pontos e 8 rebotes

Zach Randolph – 15 pontos e 6 rebotes

Mike Conley – 12 pontos e 9 assistências

Anúncios

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Também é redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 07/02/2017, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 11 Comentários.

  1. Não concordo que há uma kawhidependência, pelo menos não até agora. Contando a partida de ontem, o Spurs fez 5 jogos sem Kawhi nessa tempora, com 4 vitórias e 1 derrota. É um desempenho muito bom, considerando a importância dele para o time.

  2. Luan Souza

    Aldridge está jogando muito mal na parte ofensiva, errando bolas que em Portland ele faria com tranquilidade, arremessou 19 vezes, dessas, acredito que umas 10 ele estava sozinho na cabeça do garrafão e errou praticamente todas…aí dificulta o trabalho, time defendeu bem, porem quando precisou dele, não correspondeu, inclusive levando 2 tocos ridículos do Vince Carter(um num fastbreak que DEVERIA ter metido a bola eram 3 contra o Carter só)… Mills também atuou pouco e foi mal, tanto na defesa quanto no ataque. Mas o jogo de ontem põe na conta do Aldridge.

  3. Muito me surpreendeu,os 9 pontos do ultimo período e mais ainda,89 pontos do time que jogou em casa ! O noticiario caiu em cima e eu nem acreditei que o time em um dia ruim,deixaria um placar desse e faria trocas de ponto durante o jogo todo . Nao foi logico,bom de ver perder ,mas to chocada com o placar . Espero que “deus popp”,bote um belo rejunte nesses rapazes .

  4. o Aldridge está péssimo tem muito tempo.. Muito estranho esse desempenho dele..
    Medo dos OFFS

  5. Faz 12 anos que eu acompanho os Spurs. Já vi muitos, mas muitos jogos e não consigo me lembrar de um tão ruim nas últimas temporadas.

    Obviamente o time não evoluiu nada desde o início da temporada. Os Spurs historicamente sempre crescem após o all star, é o que nos resta esperar. Porém, essa temporada não tá com cara de que isso vá acontecer.

    Aldridge vem muito mal na pontuação esse ano, mas para mim está diretamente ligado ao tanto de bolas que o kawhi arremessa por jogo. Temporada passada ele dividia bem mais os arremessos com o Aldridge. Claramente este agora perdeu a mão, a confiança.

    Spurs precisa trocar Green com urgência, é um dos piores da posição na NBA, não tem mais condições, Parker idem. Quando os dois jogam, jogamos basicamente com dois a menos. Se Kyle estiver também aí é o próprio retrato de tudo de ruim que pode existir nesse esporte.

    Esse nosso jogo de confiar unicamente no desempenho do kawhi nos levará mais uma vez no máximo a segunda rodada dos offs.

    Tá estranho esse comportamento dos jogadores, sempre sem foco, sem vontade. Ninguém chama a responsabilidade, só o velho Ginobili quando presente. Parece que a presença de Duncan faz mais falta do que o esperado.

  1. Pingback: Spurs (39-12) @ 76ers (18-33) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (52-15) @ Grizzlies (39-30) – Temporada regular | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (54-16) vs Grizzlies (40-31) – Temporada regular | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (59-17) vs Grizzlies (42-351) – Temporada regular | Spurs Brasil

  5. Pingback: Prévia de Spurs x Grizzlies – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s