Spurs (36-9) @ Raptors (28-17) – Vitória pra dar moral

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif108×106

Um dia depois de vencer o Brooklyn Nets com facilidade, o San Antonio Spurs foi até o Canadá nessa terça-feira (24) para mais um back-to-back na temporada e, mesmo sem contar com quatro jogadores – entre eles Tony Parker, Kawhi Leonard e Pau Gasol, todos titulares -, saiu vitorioso de mais um embate. A seguir, vamos aos destaques do confronto.

662355001_spurs_raptors_turenne_130

Spurs contou com boa atuação de Aldridge, que ofuscou o belo jogo de Kyle Lowry (Reprodução/nba.com/raptors)

Desfalques

Não podendo escalar Pau Gasol, que fraturou um dedo da mão esquerda, o Spurs esperava contar pelo menos com Kawhi Leonard para a partida contra o Raptors. Não foi o que ocorreu. Somado às ausências de Tony Parker, com incômodos no pé, e de Jonathon Simmons com um problema no pulso, o time texano conseguiu lidar bem com a ausência de três titulares e derrotou o segundo colocado da Conferência Leste em um jogo apertado, que foi decidido apenas nos segundos finais. Bom trabalho do coletivo texano!

San Antonio Spurs v Toronto Raptors

Murray começou novamente como titular e não decepcionou (Reprodução/nba.com/spurs)

Recado do banco

Nos dois últimos jogos, o Spurs precisou utilizar muito mais jogadores na rotação devido às baixas por lesão. E quem entrou deu conta do recado. Nas vitórias sobre Brooklyn Nets e Toronto Raptors, a segunda unidade anotou um total de 112 pontos, algo bastante significativo, ainda mais levando-se em conta que alguns jogadores que viriam do banco começaram de titulares, o que torna o feito ainda maior. No Canadá, destaque também para os novatos Dejounte Murray, com 11 pontos, três rebotes e duas assistências, Davis Bertans, com 12 pontos, e Bryn Forbes, com oito.

Murray clutch, Aldridge nem tanto

Chegando ao fim da partida dessa terça, o placar estava empatado em 104. Foi quando Dejounte Murray apareceu para fazer uma bela cesta e deixar o Spurs à frente. Faltando poucos segundos, LaMarcus Aldridge foi para a linha de lance-livre e converteu apenas um, dando oportunidade para o time de Toronto empatar.

Norman Powell foi para a enterrada, deixando os canadenses atrás por somente um ponto. Falta novamente em o ala-pivô do alvinegro, que novamente acerta apenas um arremesso. Não havendo mais tempos para pedir, o Raptors foi para o ataque e, com apenas alguns segundos não conseguiu pontuar. Vitória texana. Ufa! Porém, vale o alerta para o camisa #12: os erros nos lances-livres poderiam ter custado o triunfo.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 21 pontos e 7 rebotes

Patty Mills – 18 pontos, 3 assistências e 3 roubos de bola

Davis Bertans – 12 pontos

David Lee – 11 pontos e 5 rebotes

Dejounte Murray – 11 pontos e 3 rebotes

Toronto Raptors

Kyle Lowry – 30 pontos e 5 rebotes

Terrence Ross – 21 pontos e 2 tocos

Norman Powell – 16 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Cory Joseph – 10 pontos

Lucas Bebê – 6 pontos, 10 rebotes e 2 tocos

Anúncios

Publicado em 25/01/2017, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 13 Comentários.

  1. Aldridge também errou dois lances livres no fim da partida contra o Cavaliers. Ele precisa melhorar esse fundamento urgentemente.

  2. O que quase custou a vitória foi a presença do Danny Green no time.Um dos piores jogadores em atividade na nba.

  3. Alguem avisa pra bertans que estou em idade fertil, uhssshygasjha,meu deus,da muuuuuito gosto de ver 15 min e 12 pontos e esse tal murray…kkkkk o cara ta cagando pra quem vem pela frente ,pega a bolo “meu nome é murray,vô passar” , cacete !
    E pqp,o time fez frente e ganhou do raptors !
    Foi pedreira,caras se esforçando ! Não consigo acreditar como pode ter perdido aquela certeza de quick-shoot que dava desanimo nos rivais,porem que bom ve-lo render na defesa e ainda assim pontuar e como eu to amando spurs sem gasol,ele não me seduz…

  4. Vitória maiúscula.. Na casa deles, time praticamente todo reserva.. Excelente..

    O Aldridge sempre teve um excelente lance livre, estranho ele se complicar nos jogos do Cvs e Raptors.. MAs acho que ele tá jogando abaixo do que pode produzir..

    Green acertou 0-8 de três? Impossível AFF

  5. Como já esperado, time evoluindo cada vez mais.

  6. Carlos Antunes

    Apesar de ainda muito puto com as derrotas pro Suns e Bucks, não vejo time melhor que SAS, mais bem treinado e homogêneo… Bem feliz com os últimos resultados, principalmente pela recuperação do P. Mills e afirmação do Lee…
    Um time não pode ser campeão tendo no elenco caras como Zaza Pachulia e Javale McGee no elenco. Não da!
    Se os Deuses permitirem que o Spurs chegue na final do oeste, pra mim, ja era!! O sexto vem!!

    • Penso da mesma forma ! Agora,era evidente que lee ia crescer,tem aquela gana de “nao sei parar”,mas gasol…lkkkkk , acho que nunca vai assimilar preto e prata,acho que devido a cor vermelha do país dele ,ta “daltonico”,rsrsrs.

  1. Pingback: Spurs (36-9) @ Pelicans (18-28) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (36-11) vs Mavs (17-30) – Derrota frustrante | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s