Arquivo diário: 07/12/2016

Spurs (18-4) @ Wolves (6-15) – Recorde intacto

https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif105×91zq8qkfni1g087f4245egc32po

Mesmo após um início devagar e com o técnico Gregg Popovich substituindo todos os cinco titulares já nos primeiros minutos da partida, o San Antonio Spurs alcançou mais um triunfo fora de casa nessa terça-feira (6), ao vencer o Minnesota Timberwolves por 105 a 91, e manteve sua invencibilidade na estrada intacta. A seguir, vamos aos destaques do jogo.

San Antonio Spurs v Minnesota Timberwolves

Patty Mills contribuiu com 15 pontos vindo do banco (Reprodução/nba.com/spurs)

Início lento

Os primeiros minutos da partida contra o Wolves foram atípicos por parte do time texano, que entrou completamente desligado e viu os lobos abrirem 8 a 0 em poucos minutos. Com tantos erros dos titulares, o técnico Gregg Popovich não teve dúvidas e sacou logo de cara toda a primeira unidade, deixando os reservas – liderados por Patty Mills – comandarem a reação. Resultado: para quem chegou a estar perdendo por dez pontos, o Spurs terminou o primeiro quarto com uma bela reação e apenas três pontos atrás no placar (22 a 19).

San Antonio Spurs v Minnesota Timberwolves

Leonard foi novamente o cestinha da equipe (Reprodução/nba.com/spurs)

Chovendo no molhado

Novamente o melhor jogador do Spurs (e da partida) foi Kawhi Leonard. O ala obteve 31 pontos, quatro assistências e duas roubadas de bola em 35 minutos. Também vale ressaltar que não apenas a parte ofensiva foi brilhante, assim como a sua defesa, que, juntamente com Danny Green, limitou Andrew Wiggins, astro do adversário, a apenas 11 pontos.

Banco forte

Os reservas do Spurs fizeram bonito de novo. Mesmo com a ausência de Manu Ginobili, poupado, e com Nicolas Laprovittola sendo titular devido à lesão no joelho de Tony Parker, a segunda unidade soube lidar bem com o placar desfavorável no início e ajudou a administrar a partida após obter a liderança no placar. Foram 42 pontos vindos do banco, sendo Patty Mills e Kyle Anderson os que mais contribuiram para a vitória texana, com 15 e 11 pontos, respectivamente.

13 e contando!

Para continuar o recorde de triunfos atuando longe de seus domínios, o Spurs não terá vida fácil e, na madrugada de quinta para sexta-feira, às 0h30 (de Brasília), irá enfrentar o inconstante, mas perigoso time do Chicago Bulls na cidade dos ventos. Caso obtenha mais uma vitória, o time texano estará bem próximo de igualar o feito do Los Angeles Lakers da temporada 1971/1972, que conquistou 16 vitórias consecutivas fora de casa.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 31 pontos, 4 assistências e 2 roubos de bola

Patty Mills – 15 pontos, 5 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Pau Gasol – 11 pontos e 7 rebotes

Kyle Anderson – 11 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Minnesota Timberwolves

Zach Lavine – 25 pontos, 3 rebotes e 2 assistências

Gorgui Dieng – 16 pontos, 9 rebotes e 1 roubo de bola

Kris Dunn – 15 pontos e 2 assistências

Karl-Anthony Towns – 11 pontos, 14 rebotes e 4 assistências

Andrew Wiggins – 11 pontos, 5 rebotes e 2 assistências