Spurs (17-4) @ Bucks (10-9) – Freakawhi

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif97×96

Nessa segunda-feira (05), o San Antonio Spurs visitou o Milwaukee Bucks e batalhou muito para vencer o adversário pelo placar de 97 a 96 graças a mais uma boa atuação de Kawhi Leonard – que batalhou com Giannis Antetokounmpo, o Greak Freak – e a um gancho decisivo de LaMarcus Aldridge nos segundos finais. Com o resultado, a equipe texana segue invicta fora de casa após 12 jogos na temporada. Vamos aos destaques do confronto.

Aldridge foi decisivo (Reprodução/nba.com/spurs)

Aldridge foi decisivo (Reprodução/nba.com/spurs)

Aldridge para a vitória

O Spurs chegou a estar perdendo por 15 pontos de diferença para o Bucks, mas conseguiu a virada na base da raça e das boas execuções ofensivas e defensivas. E a peça fundamental para que o time texano garantisse a vitória foi LaMarcus Aldridge. Após arremesso errado de Kawhi Leonard, o ala-pivô pegou o rebote ofensivo e, restando pouco mais de 21 segundos para o fim, deu o gancho que seria bloquado por Antetokounmpo já na descendente, garantindo os dois pontos para o alvinegro que confirmaram a vitória por 97 a 96. Na última posse do adversário, o camisa #12 ainda assegurou o rebote defensivo após arremesso de três errado por Mirza Teletovic. Com ele em quadra, os visitantes fizeram 13 pontos a mais do que levaram, melhor marca entre todos que participaram do jogo.

Leonard brilhou no quarto quarto (Reprodução/nba.com/spurs)

Leonard brilhou no quarto quarto (Reprodução/nba.com/spurs)

Nosso freak

Não se engane pelo arremesso errado no momento decisivo: Leonard foi o grande nome da virada do Spurs. Depois de anotar somente cinco pontos nos três primeiros quartos, o ala anotou 16 no último e terminou o jogo com 21, além de nove rebotes e dois tocos. Além disso, foi, assim como Danny Green, figura importante na marcação do Greak Freak. Com o camisa #2 em quadra, o time texano fez quatro pontos a mais do que sofreu – além de Aldridge, ele foi o único titular com saldo positivo no duelo com o Bucks.

Banco decisivo

Por falar em saldo, vários reservas tiveram participação importante na virada do Spurs. Com quatro deles em quadra, o time texano fez mais pontos do que sofreu: Manu Ginobili (9), Nicolás Laprovittola (9), Dewayne Dedmon (6) e Jonathon Simmons (3). Destes, o destaque foi o pivô reserva, que acertou os cinco arremessos de quadra que tentou e deixou a quadra com dez pontos, seis rebotes e um toco.

Rodízio na armação

Tony Parker voltou de lesão contra o Bucks e, como esperado, não conseguiu engrenar de cara, anotando seis pontos e cinco assistências em 18 minutos. O problema é que Patty Mills, dessa vez, não entrou bem, errando os oito arremessos de quadra que tentou e registrando um ponto e cinco assistências em 20 minutos. Com isso, Laprovittola teve oito minutos para anotar três pontos e cinco assistências e se destacar vindo do banco de reservas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 21 pontos, 9 rebotes e 2 tocos

LaMarcus Aldridge – 18 pontos, 9 rebotes e 5 assistências

Pau Gasol – 15 pontos e 9 rebotes

Dewayne Dedmon – 10 pontos e 6 rebotes

Milwaukee Bucks

Jabari Parker – 23 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Giannis Antetokounmpo – 22 pontos, 11 rebotes e 2 roubos de bola

Mirza Teletovic – 11 pontos

Greg Monroe – 10 pontos e 13 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 06/12/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Ótima vitória. O grego nem bateu todos seus recordes pessoais.

  2. Sequencia de jogos enlouquecedora ! Fiquei apavorada com o placar do terceiro quarto e pior ainda foi acompanhar pelo aplicativo . Mas como a vitoria é o que importa e a defesa tomou menos de 100, o que vale é saber que temos um fator sorte e espero que por muito tempo.

    • Imagina, acompanhei pelo nba.com, lá ficou uns 30 segundos em 97 x 96.. que angustia hehe
      Estamos muito mal, mas a vitória é o que realmente importa ..

      • Muito mal ,nem tanto,diria que muito mal para o padrão spurs . Bobo,ve pelo site ou aplicativo do spurs,sendo que o app,até no 3g é eficiente !

  3. Jogo medíocre, mais um. Fui dormir no intervalo, não me arrependo.

    Spurs tá vencendo pq é Spurs mesmo, pq pelo que apresenta era para estar fazendo companhia ao Dallas.

    Não é mais divertido assistir aos jogos, tem sido deprimente.

    • Perai ne…. Deprimente é um pouco demais. Estamos “mal” mas ainda assim somos os top 2 da liga. Isso me deixa ainda mais animado pq quando começarmos a jogar bem ate o fim da temporada( assim espero), o nivel deste time sera grotesco

  1. Pingback: Spurs (17-4) @ Wolves (6-14) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (30-7) vs Bucks (18-18) – Temporada regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s