Arquivo mensal: novembro 2016

Spurs (13-3) @ Celtics (9-7) – Caça ao líder

https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif109×103

Em mais uma partida fora de casa na temporada 2016/2017 da NBA, o San Antonio Spurs sofreu, mas venceu o Boston Celtics pelo placar de 109 a 103, em jogo disputado nessa sexta-feira (25) e decidido somente nos minutos finais. Vamos, a seguir, aos destaques do duelo.

Kawhi Leonard foi um dos destaques do Spurs (Darren Abate/AP)

Seria Davis Bertans mais um steal? (Reprodução/nba.com/spurs)

Inversão de mando

A temporada passada mostrou um Spurs praticamente imbatível em seus domínios. Das 41 partidas feitas no AT&T Center, os texanos venceram 40. Nesta campanha, em contrapartida, dos sete compromissos em seu ginásio, a equipe perdeu três, número alto para quem atua em casa. Porém, Gregg Popovich e seus comandados estão invencíveis como mandantes, com nove vitórias em nove partidas.  Uma análise do blog Bola Presa mostra os fatores que podem estar influenciando nessa mudança de atitude da equipe durante o campeonato.

Parker vem melhorando (Reprodução/nba.com/spurs)

Parker vem melhorando (Reprodução/nba.com/spurs)

Big three do banco

Cada vez mais, a segunda unidade do Spurs vem mostrando que é um dos melhores da NBA. Em mais outra ótima partida dos reservas, que anotaram 56 dos 109 pontos da equipe, pode-se perceber o “surgimento” de um trio que sempre está jogando bem vindo do banco. Davis Bertans, David Lee e principalmente Patty Mills, quando entram em jogo, mostram que têm totais condições de ajudarem a equipe. Os três anotaram 15 pontos ou mais na partida, com o ala-pivô conseguindo um double-double em apenas 17 minutos. Em geral, quando entram em quadra, têm contribuido bastante.

Promissor

Uma troca que pareceu, a princípio, algo sem sentido, vem se mostrando cada vez mais certeira por parte dos texanos. Quando George Hill foi enviado ao Indiana Pacers em troca de escolhas de Draft, que se transformaram em Kawhi Leonard e Davis Bertans, uma pulga atrás da orelha ficou nos torcedores.

Entretanto, três temporadas se passaram e o ala foi MVP das finais, com o time campeão. Nessa temporada, percebe-se que a transação foi muito melhor para o lado alvinegro, já que o letão vem entrando regularmente e sendo importante em vários jogos. O ala-pivô é uma ótima arma do perímetro, com 44% de aproveitamento nas bolas de três pontos.

Sinal verde

Danny Green, contestado na temporada passada, iniciou o campeonato machucado. Voltando agora de lesão, aos poucos vem apresentando novamente o ótimo basquete que lhe rendeu uma vaga na equipe titular. Contra o Celtics, o ala-armador anotou 11 pontos, convertendo três bolas do perímetro em quatro tentativas, além de ter dado quatro tocos.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 25 pontos e 10 rebotes

Patty Mills – 19 pontos

David Lee – 15 pontos e 12 rebotes

Davis Bertans – 15 pontos

Boston Celtics

Isaiah Thomas – 24 pontos e 8 assistências

Avery Bradley – 19 pontos e 8 rebotes

Jae Crowder – 18 pontos

Spurs (12-3) @ Celtics (9-6) – Temporada regular

San Antonio Spurs @ Boston Celtics – Temporada regular

Data: 25/11/2016

Horário: 16h00 (Horário de Brasília)

Local: TD Garden

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1.63 (favorito) @ Celtics 2.29

Dois dias depois de superar o Charlotte Hornets fora de casa, o San Antonio Spurs continua na estrada para enfrentar o Boston Celtics. Dewayne Dedmon, lesionado, deve seguir fora.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho Após enfrentar problemas físicos no começo da temporada, Tony Parker parece estar recuperado, e vem mostrando sua importância para a equipe. Na última partida, contra o Hornets, foi fundamental na vitória texana. Contra o Celtics, terá a missão de defender Isaiah Thomas, um dos melhores armadores da NBA atualmente.

PG – Isaiah Thomas

SG – Avery Bradley

SF – Jae Crowder

PF – Amir Johnson

C – Al Horford

Fique de Olho – Com médias de 26.2 pontos e 6,1 assistências por jogo, Isaiah Thomas tem sido o principal destaque da equipe alviverde e um dos principais da Conferência Leste.

Spurs (12-3) @ Hornets (8-6) – Vitória na colmeia

https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif119×114

Nessa quarta-feira (23), o San Antonio Spurs visitou o Charlotte Hornets e venceu o adversário pelo placar de 119 a 114. Com o resultado, o time texano chegou aos 80% de aproveitamento na temporada e ocupa a terceira colocação na Conferência Oeste, 1,5 jogos atrás do Los Angeles Clippers, que aparece em primeiro. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Danny Green foi decisivo (Reprodução/nba.com/spurs)

Danny Green foi decisivo (Reprodução/nba.com/spurs)

Recuperados

Após passarem boa parte do início da temporada machucados, Tony Parker e Danny Green mostraram sua importância na hora de decidir a vitória sobre o Hornets. O armador francês deixou a quadra com 11 pontos e três assistências em 28 minutos e, no último período, quando Kemba Walker ameaçava tomar controle do jogo, forçou um turnover do adversário e converteu uma bola de três importantíssima para que a vitória fosse garantida. O ala-armador, por sua vez, contribiu com 16 pontos e três rebotes em 29, convertendo quatro dos sete arremessos de longa distância que tentou – duas quando o Spurs mais precisava.

Leonard brilhou como sempre (Reprodução/nba.com/spurs)

Leonard brilhou como sempre (Reprodução/nba.com/spurs)

Característica

Nos 11 primeiros jogos da temporada, o recorde de assistências do Spurs foi as 25 na vitória sobre o Golden State Warriors. Agora, com o quinteto titular finalmente conseguindo se entrosar, esse número foi superado três vezes: foram 29 na vitória sobre o Sacramento Kings, 30 na vitória sobre o Los Angeles Lakers e 28 na noite dessa quarta-feira.

Agarrou a chance

Com Dewayne Dedmon ainda se recuperando de uma torção no joelho esquerdo, Davis Bertans voltou a receber minutos e fez sua melhor partida com a camisa do Spurs. Foram 11 pontos e três bolas de três convertidas – melhores marcas de sua carreira até aqui – em três tentadas em apenas dez minutos.

Recorde mais perto

Com a vitória sobre o Hornets, o Spurs está invicto nos oito primeiros jogos que fez como visitante neste campeonato, marca que já entrou para a história.

O número já igualou o melhor início da história do time texano na estrada, obtido na temporada 2010/2011. O próximo jogo fora de casa será nesta sexta, contra o Boston Celtics.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 30 pontos, 5 assistências e 4 rebotes

LaMarcus Aldridge – 23 pontos, 7 rebotes e tocos

Danny Green – 16 pontos e 3 rebotes

Tony Parker – 11 pontos e 3 assistências

Charlotte Hornets

Kemba Walker – 26 pontos, 9 rebotes e 7 assistências

Frank Kaminsky – 13 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Nicolas Batum – 13 pontos, 7 rebotes e 5 assistências

Marco Belinelli – 12 pontos e 4 rebotes

 

Spurs (11-3) @ Hornets (8-5) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Charlotte Hornets – Temporada Regular

Data: 23/11/2016

Horário: 22h00 (Horário de Brasília)

Local: Warner Cable Arena

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,48 (favorito) @ Hornets 2,66

Dois dias depois de vencer o desfalcado Dallas Mavericks em atuação classificada como “patética” por Gregg Popovich, o San Antonio Spurs visita o Charlotte Hornets tentando aproximar seu desempenho do considerado ideal pelo técnico. O alvinegro deve contar com os retornos de Tony Parker e LaMarcus Aldridge, poupados no clássico texano, e de Nicolás Laprovittola, que extraiu um dente recentemente. Por outro lado, Dewayne Dedmon segue como desfalque. O time mandante, por sua vez, tem os lesionados Treveon Graham, Jeremy Lamb, Christian Wood, Frank Kaminsky e Cody Zeller como dúvidas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – O descanso de LaMarcus Aldridge contra o Mavs pode ser importante no duelo com o Hornets. que tem grande rotatividade no garrafão. Até aqui, na temporada, o ala-pivô do Spurs tem médias de 18,3 pontos e 6,9 rebotes em 32,5 minutos por exibição.

PG – Kemba Walker

SG – Nicolas Batum

SF – Michael Kidd-Gilchrist

PF – Marvin Williams

C – Roy Hibbert

Fique de Olho – O início de temporada de Kemba Walker finalmente faz com que o Hornets, tradicionalmente ótimo na defesa, também seja eficiente no ataque. O armador tem médias de 24,7 pontos, 5,2 assistências e 4,1 rebotes em 33,1 minutos por jogo no campeonato.

Spurs (11-3) vs Mavs (2-11) – A sequência continua!

https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif96×91ifk08eam05rwxr3yhol3whdcm

Depois de vencer Sacramento Kings e Los Angeles Lakers em dois jogos realizados na Califórnia, o San Antonio Spurs retornou à sua casa e venceu o Dallas Mavericks pelo placar de 96 a 91, em jogo disputado nessa segunda-feira (21). Com isso, o time de Gregg Popovich chega ao sexto triunfo consecutivo, sua maior marca da temporada. Vamos aos destaques.

Dallas Mavericks v San Antonio Spurs

Murray começou pela primeira vez como titular (Reprodução/nba.com/spurs)

Desfalques

A partida dessa segunda, realizada no AT&T Center, contou com um grande número de baixas para ambos os lados. Pelo lado do Spurs, a equipe decidiu poupar Tony Parker e LaMarcus Aldridge e não pôde contar com Dewayne Dedmon e Nicolas Laprovittola, machucados. O Mavs, por sua vez, está com uma lista grande de desfalques e sentiu bastante falta especialmente do ala-pivô Dirk Nowitzki e dos armadors Deron Williams e J.J. Barea.

Leonard teve outra ótima atuação (Reprodução/nba.com/spurs)

Leonard teve outra ótima atuação (Reprodução/nba.com/spurs)

De novo Kawhi

Tem se tornado rotina, mas Kawhi Leonard continua chamando a responsabilidade e resolvendo jogos para o Spurs. E nessa segunda não foi diferente. O ala colaborou com 24 pontos e nove rebotes no clássico contra o rival texano, obtendo também um roubo de bola importantíssimo no fim do jogo, o que resultou em mais dois pontos para o alvinegro e a vitória praticamente assegurada nos segundos finais.

No Aldridge, no problem

Sem a presença de LaMarcus Aldridge, o ala-pivô titular, o Spurs contou com uma belíssima atuação de David Lee, que vindo do banco e jogou por 27 minutos, anotando 12 pontos e quatro rebotes. Os números não são dos mais expressivos, mas sua energia foi de vital importância para a vitória. O mesmo serve para Patty Mills, que outra vez entrou bem como reserva e marcou 17 pontos, três rebotes e duas roubadas de bola, tirando o time do sufoco em diversos momentos.

1100 vitórias

Com a vitória dessa segunda sobre o Dallas Mavericks, Gregg Popovich alcançou a expressiva marca de 1100 triunfos na NBA, todas no comando do time texano. Mesmo com o resultado, o treinador, em entrevista ao fim do jogo, criticou bastante a atuação do Spurs, classificando o desempenho como “patético” no clássico texano apesar dos desfalques que a equipe superou.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 24 pontos, 9 rebotes e 4 assistências

Patty Mills – 17 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Pau Gasol – 16 pontos e 8 rebotes

David Lee – 12 pontos, 4 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Dallas Mavericks

Seth Curry – 23 pontos e 4 assistências

Harrison Barnes – 20 pontos e 9 rebotes

Wesley Matthews – 20 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Salah Mejri – 8 pontos, 11 rebotes e 4 roubos de bola