Spurs (11-3) vs Mavs (2-11) – A sequência continua!

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif96×91ifk08eam05rwxr3yhol3whdcm

Depois de vencer Sacramento Kings e Los Angeles Lakers em dois jogos realizados na Califórnia, o San Antonio Spurs retornou à sua casa e venceu o Dallas Mavericks pelo placar de 96 a 91, em jogo disputado nessa segunda-feira (21). Com isso, o time de Gregg Popovich chega ao sexto triunfo consecutivo, sua maior marca da temporada. Vamos aos destaques.

Dallas Mavericks v San Antonio Spurs

Murray começou pela primeira vez como titular (Reprodução/nba.com/spurs)

Desfalques

A partida dessa segunda, realizada no AT&T Center, contou com um grande número de baixas para ambos os lados. Pelo lado do Spurs, a equipe decidiu poupar Tony Parker e LaMarcus Aldridge e não pôde contar com Dewayne Dedmon e Nicolas Laprovittola, machucados. O Mavs, por sua vez, está com uma lista grande de desfalques e sentiu bastante falta especialmente do ala-pivô Dirk Nowitzki e dos armadors Deron Williams e J.J. Barea.

Leonard teve outra ótima atuação (Reprodução/nba.com/spurs)

Leonard teve outra ótima atuação (Reprodução/nba.com/spurs)

De novo Kawhi

Tem se tornado rotina, mas Kawhi Leonard continua chamando a responsabilidade e resolvendo jogos para o Spurs. E nessa segunda não foi diferente. O ala colaborou com 24 pontos e nove rebotes no clássico contra o rival texano, obtendo também um roubo de bola importantíssimo no fim do jogo, o que resultou em mais dois pontos para o alvinegro e a vitória praticamente assegurada nos segundos finais.

No Aldridge, no problem

Sem a presença de LaMarcus Aldridge, o ala-pivô titular, o Spurs contou com uma belíssima atuação de David Lee, que vindo do banco e jogou por 27 minutos, anotando 12 pontos e quatro rebotes. Os números não são dos mais expressivos, mas sua energia foi de vital importância para a vitória. O mesmo serve para Patty Mills, que outra vez entrou bem como reserva e marcou 17 pontos, três rebotes e duas roubadas de bola, tirando o time do sufoco em diversos momentos.

1100 vitórias

Com a vitória dessa segunda sobre o Dallas Mavericks, Gregg Popovich alcançou a expressiva marca de 1100 triunfos na NBA, todas no comando do time texano. Mesmo com o resultado, o treinador, em entrevista ao fim do jogo, criticou bastante a atuação do Spurs, classificando o desempenho como “patético” no clássico texano apesar dos desfalques que a equipe superou.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 24 pontos, 9 rebotes e 4 assistências

Patty Mills – 17 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Pau Gasol – 16 pontos e 8 rebotes

David Lee – 12 pontos, 4 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Dallas Mavericks

Seth Curry – 23 pontos e 4 assistências

Harrison Barnes – 20 pontos e 9 rebotes

Wesley Matthews – 20 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Salah Mejri – 8 pontos, 11 rebotes e 4 roubos de bola

Publicado em 22/11/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 10 Comentários.

  1. Sem Aldridge, sempre problema? Que título infeliz, quem escreveu não viu o jogo.
    Não que ele seja grande coisa marcando, mas fez muita falta, Spurs só conseguiu ser superior nos raros momento que teve Lee e Gasol juntos em quadra, mesmo assim foi um festival de infiltrações em nossa defesa como eu nunca tinha visto antes, legítima peneira.
    Fizemos um jogo horrível, péssimo no ataque e pior ainda na defesa. Pop foi muito bonzinho dizendo que foi apenas uma apresentação patética, estivemos muito perto de perder pro pior time do momento da NBA.
    Alguém (volta Duncan) precisa avisar ao Simmons que uma bandejinha vale os mesmos dois pontos que uma enterrada mitologia. Aliás, ele caiu demais de rendimento desde o início da temporada.

  2. 11-3, vamos criticar, era pra estarmos 14²-0, mesmo com o time em reconstrução.

  3. Verdade, não vamos criticar, afinal, perdemos 95℅ do grupo e estamos enfrentando apenas adversários que vão lutar pelo anel. Quando começarem os confrontos “fracos” vamos evoluir. Evolução em passos largos, assim como a de Kyle.
    Por isso que o Warriors depois de um ótimo começo, agora estão sofrendo tanto, estão em reconstrução.
    Popovich tá muito corneteiro essa temporada, quase todo o jogo ele têm falado sobre o baixo rendimento da equipe, deveríamos reconstruir a comissão técnica.

    • Season de 82 partidas. Temporada passada o time só começou a jogar bem na metade da temporada. Mudou muita coisa na rotação e Gasol/Qualquer outro pivô ainda tem que se adaptar para saber onde ir e o que fazer em cada jogada, consequentemente o restante do time acaba sofrendo com isso também na relação das coberturas, posicionamento defensivo e tudo mais.
      Obrigação de título fica a cargo de Warriors (panela com garrafão de papel e astro que precisa se provar em finais), Clippers (melhor elenco da liga?!) e Cavs (James é um Deus, Irving >>> Curry). A nós cabe top 3 West e segunda rodada dos playoffs e – acredite – isso vai rolar. O grande problema é que a maioria aqui parece torcedor do Bayern de Munique achando que tem que brilhar toda semana e ser campeão todo ano.

  4. partida bem mediana do spurs, mas foi suficiente.

  5. Parece que estamos só um passo a frente dos denais times,por jogar em casa relaxados como foi ontem! Quantas infiltraçoes ! Nem promoçao de esfirra do habibis ganhava de quantas foram .
    Patetic” disse pop ! Mas o time adversario,ta “apae” e sofremos assim ? O que conforma,é nao ter tomado 100 dentro de casa e giu : vou deixar uma foto na minha lapide,de quando leio teus “comenkyles”,”simijo” ! Rsrsrs .
    Bom que david lee divirta a galera e kawii poderia pegar um oculos,junto com mills e dar aulas particulares pros amigos,as vezes parece que só ele quer jogar.
    Agora,em tempos de crise,os sabios se demonstram,to contentinha com a vitoria ,mas precisamos mais,estamos capengando…

  6. Fala aí lado fraco do Texas. A verdade é que o mavs está na penumbra essa temporada mas ontem teríamos ganho fácil do são Tonho se tivéssemos dirk pelo menos. Saudações puro sangue. Go mavs. Dirk > Timóteo.

    • Hahaha coitado do Dirk, sempre foi muito mal tratado em Dallas, abriu mão de salários astronômicos e recebeu em troca times medíocres. Nesse novo contrato ele se vingou, por isso vcs tão no fundo do poço

  1. Pingback: Spurs (11-3) @ Hornets (8-5) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (14-4) @ Mavs (3-13) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s