Spurs (10-3) @ Lakers (7-6) – Visitante indigesto

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif116×107

Na madrugada de sexta-feira para sábado (19), o San Antonio Spurs visitou o Los Angeles Lakers e venceu o adversário pelo placar de 116 a 107. O resultado foi histórico tanto para o técnico Gregg Popovich quanto para a franquia no geral. Vamos aos destaques da partida.

Leonard se destacou de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

Leonard se destacou de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

Rumo ao recorde – 1

Com a vitória sobre o Lakers, o Spurs está invicto nos sete primeiros jogos que fez como visitante no campeonato, marca atingida apenas pela terceira vez na história da franquia. As outras foram nas temporadas 2006/2007, com sete triunfos seguidos, e 2010/2011, com oito.

A Lei do Ex te pegou, Lakão (Reprodução/nba.com/spurs)

A Lei do Ex te pegou, Lakão (Reprodução/nba.com/spurs)

Rumo ao redorde – 2

A vitória sobre o Lakers foi a de número 1.099 da carreira de Gregg Popovich, que superou Larry Brown e assumiu a sétima colocação entre os treinadores mais vitoriosos da história da NBA. O líder da lista é Don Nelson, com 1.335. Será que dá para chegar?

Ajuda europeia

Os cestinhas de sempre brilharam na partida contra o Lakers. Kawhi Leonard anotou 23 pontos, 12 rebotes, sete assistências e duas roubadas de bola em 39 minutos, enquanto LaMarcus Aldridge contribuiu com mais 23 pontos, seis rebotes, três tocos e duas roubadas de bola em 36 minutos. Mas, dessa vez, os dois obtiveram ajuda fundamental dos astros europeus do Spurs. Tony Parker obteve 16 pontos e sete assistências em 27 minutos, enquanto Pau Gasol, respeitando a Lei do Ex, deixou a quadra com 16 pontos, cinco rebotes e dois tocos em 28 minutos.

Briga pela rotação

Com o pivô reserva Dewayne Dedmon ainda se recuperando de uma torção no joelho esquerdo, dessa vez foi Kyle Anderson quem teve mais tempo de quadra entre os jovens jogadores do Spurs. O ala registrou um rebote e uma roubada de bola em 12 minutos, contra três pontos e um rebote em seis minutos de Davis Bertans e nenhuma estatística em dois minutos de Jonathon Simmons. Os três brigam pelos últimos minutos na rotação do time.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 23 pontos, 12 rebotes, 7 assistências e 2 roubos de bola

LaMarcus Aldridge – 23 pontos, 6 rebotes, 3 tocos e 2 roubos de bola

Tony Parker – 16 pontos e 7 assistências

Pau Gasol – 16 pontos, 5 rebotes e 2 tocos

Patty Mills – 11 pontos e 3 assistências

Danny Green – 10 pontos, 6 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Manu Ginobili – 10 pontos e 3 assistências

Los Angeles Lakers

Lou Williams – 24 pontos, 3 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Nick Young – 22 pontos e 4 rebotes

Jordan Clarkson – 20 pontos, 3 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Julius Randle – 13 pontos, 9 rebotes e 7 assistências

Luol Deng – 10 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor do LANCE!Net desde 2013, três anos após ter sido estagiário do Diário LANCE!. Neste meio tempo, foi repórter de automobilismo na agência mob36, redator do UOL Esporte e colunista no Basketeria.

Publicado em 19/11/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. A crescente de green,é o que mais importa nesse momento! Sobre bertans,acho que o intimidaram com o banco e austin,nao parece a vontade pra render ,pois trata-se de um definidor sem ser fominha ,gostaria de ve-lo mais entrosado (paixonite,ta?) Mas realmente acho muito mais desenvolto do que kyle…espero que essa aparente decepção nossa,com ele,passe ja ja !
    Gasol,acho que ele ta chegando no spurs,hein?!
    Dia desses,por um instante,o spurs tinha um contraste,hoje ja está com 10/3…ser humano,ser capaz , “ser spurs”…rsrs

  2. D’angelo Russel não jogou?

    Queria saber quando foi (se é que já teve) a última temporada dos Spurs cedendo mais de 100 pontos de média por jogo ao adversário.

    E o Kyle, cada vez mais dominante. Mais duas temporadas nessa evolução é será mpv. Aliás, ele me lembra muito o Lebron, faz tudo com perfeição dos dois lados da quadra.

  3. Saudades da críticas ao Parker HUE

  1. Pingback: Spurs (11-3) vs Mavs (2-11) – A sequência continua! | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (12-3) @ Hornets (8-6) – Vitória na colmeia | Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s