Spurs (4-0) @ Heat (1-2) – 300

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif106×99

Nesse domingo (30), o San Antonio Spurs visitou o Miami Heat e venceu o adversário por 106 a 99 guiado por mais uma atuação decisiva de Kawhi Leonard. O astro chegou à marca de 300 jogos como titular em grande estilo. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

Leonard fez história (Reprodução/nba.com/spurs)

Leonard fez história (Reprodução/nba.com/spurs)

Maior da história

Kawhi Leonard marcou 16 pontos no último quarto e terminou o jogo com 27, além de seis assistências, e dividiu o posto de cestinha da partida com Hassan Whiteside, pivô do Miami Heat. O ala do Spurs foi titular pela 300ª vez em sua carreira e saiu derrotado em apenas 65 destes duelos, melhor marca da história da NBA. O astro tem médias de 28 pontos, 4,3 assistências, 3,5 rebotes e 3,3 roubadas de bola em 31,3 minutos por exibição na temporada.

Esse é o Gasol que queremos! (Reprodução/nba.com/spurs)

Esse é o Gasol que queremos! (Reprodução/nba.com/spurs)

Olha ele aí

Sem LaMarcus Aldridge, poupado, o Spurs contou com a primeira grande atuação de Pau Gasol na temporada para compensar. O pivô espanhol deixou a quadra com 20 pontos, 11 rebotes, três assistências e dois tocos e foi o segundo maior pontuador do time texano na partida. O reforço de peso enfim começa a mostrar a que veio para provar que as críticas a seus três primeiros jogos foram precoces demais.

Preciso e decisivo

Quanto mais a bola fica nas mãos de Kawhi Leonard, mais Patty Mills, que é um arremessador, ganha espaço no lugar de Tony Parker, armador clássico. Contra o Heat, o australiano deixou a quadra com 18 pontos, convertendo bolas de três sempre que o Heat ameaçava encostar no placar. O francês, por sua vez, contribuiu com três pontos e quatro assistências.

Grata surpresa

Depois de enfrentar Draymond Green, DeMarcus Cousins e Anthony Davis, Dewayne Dedmon teve outra atuação segura contra Hassan Whiteside. O pivô reserva anotou nove pontos e oito rebotes, sendo quatro ofensivos, e deu mais uma mostra de seu valor para a equipe.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 27 pontos e 6 assistências

Pau Gasol – 20 pontos, 11 rebotes, 3 assistências e 2 tocos

Patty Mills – 18 pontos

David Lee – 8 pontos e 11 rebotes

Miami Heat

Hassan Whiteside – 27 pontos, 15 rebotes e 4 tocos

Goran Dragic – 25 pontos, 5 assistências e 3 rebotes

Justise Winslow – 18 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Tyler Johnson – 12 pontos e 3 assistências

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor do LANCE!Net desde 2013, três anos após ter sido estagiário do Diário LANCE!. Neste meio tempo, foi repórter de automobilismo na agência mob36, redator do UOL Esporte e colunista no Basketeria.

Publicado em 31/10/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 10 Comentários.

  1. Gasol no spurs me divide a cabeça,mas eu mesma ja citei aqui,que ele ia ser usado em jogos onde o garrafão é forte . Ontem ele adubou e plantou seu tamanho de cor diferente,acho que o miami nao assimilou ainda .
    O time ta muito lucido e muito me agrada esses reforços,bertanns em especial , ontem ja foi outra partida pegada sem os ditos “titulares”,o heat parece ter muito a evoluir ,mas o spurs ta com uma geraçao otima.
    Ontem a bola foi muito bem passada de mão em mão,adoro esse passaralho antes dos pontos. Jogão .

  2. Gasol foi bem no ataque, mas na defesa não foi nada bem. Será que vai acontecer com ele o que acontecia como aldridge quando o Duncan estava em quadra temporada passada de ficar perdido ou inibido?
    Fomos muito displicentes em vários momentos do jogo e quase fomos castigados com uma derrota no final, que provavelmente seria certa se o whiteside não saísse com câimbras naquele final.
    David Lee, Simmons, e dedmon muito bem novamente. Me pergunto até quando o pop vai insistir com o Kyle, Bertans pediu passagem ontem.

    • Agora vi a reprise e tive a mesma impressao,sobre gasol nao render na defesa,mas nao senti a derrota,alem de achar , que a troca de aldridge vai acontecer,ontem foi um “vamos ver como é que fica”. Casa adversaria,rotaçao sem “titulares” e nao tomamos 100 pontos . Li aqui dia desses que kyle é melhor que simmons… poxa,ele parece um autista em relação à simmons,o cara tem aquela carga tripla do “kof 97″e nao desliga . Ja ja o spurs dá liga. Questão de tempo .

    • Kyle é horrível mesmo

  3. Ontem o Spurs jogou para o gasto, muito em função do adversário. Nesse começo de temporada, tenho gostado bastante do Simmons e do Mills, o Parker já entra em sua 3ª temporada jogando mal, sei que a função dele não é mais pontuar, mas mesmo assim, não vejo ele armando bem o time, tem vivo de lapsos vez ou outra.

    • Bem lembrado, já foi dito por todos e inclusive por ele mesmo que seu papel na equipe será outro nessa temporada. Pois bem, seu papel parece não ser mais pontuar, com certeza também não vem sendo armar o time dar assistências (tá com uma média baixíssima para um armador titular). Não pontua, não arma, não marca bem… Talvez seu papel na equipe seja exercer liderança sobre o grupo, acho muito pouco pelo contrato que ele tem.

  4. Dewayne Dedmon está sendoe será importantíssimo pra essa equipe, já contra o Kings ele tinha mostrado bom volume defensivo e ofensivo, ontem enquanto teve Gasol (mesmo com sua melhor partida no ataque até agora) e Lee no garrafão Whiteside deitou, e mesmo empurrando com a barriga o Spurs venceu e Kawhi é realmente o líder desse time hoje, Parker que fique esperto,que o Mills quando está on fire como ontem (4-6 3pt) o time vem crescendo com ele em quadra por causa do espaçamento sem a bola…

  5. Concordo com todos.. Acredito que o q Gasol vai subir muito de produção, questão de tempo e entrosamento.
    TP tá perdendo espaço (graças a Deus), o Mills está voando, e com com o KL assumindo a responsabilidade ele deve jogar muito mais que nas outras temporadas.. Bertans, Dedmon, Lee.. Acho que estamos bem representados, e creio que brigaremos forte com qualquer equipe..
    Mesmo sem forçar, poupando estamos vencendo e convencendo..

  1. Pingback: Spurs (4-0) vs Jazz (1-2) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (7-3) x Heat (2-6) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s