Spurs (1-0) @ Warriors (0-1) – Orgulho!

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif129×100

Nessa terça-feira (25), o San Antonio Spurs encheu seus torcedores de orgulho e mostrou que é possível sonhar. No dia da abertura da temporada 2016/2017 da NBA, a equipe texana visitou ninguém menos do que o Golden State Warriors, na estreia de Kevin Durant, e atropelou o adversário, vencendo pelo placar de 129 a 100. Vamos aos destaques do jogo.

Supertime? Kawhi Leonard não liga (Reprodução/spurs.com)

Supertime? Kawhi Leonard não liga (Reprodução/spurs.com)

Velhos destaques

O torcedor do Spurs sabe que, para vencer jogos grandes, Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge têm de jogar bem. Isso aconteceu contra o Warriors. O ala deixou a quadra com 35 pontos, melhor marca de sua carreira, além de cinco rebotes, cinco roubadas de bola e três assistências e foi o cestinha da partida. O ala-pivô, por sua vez, contribuiu com mais 26 pontos, 14 rebotes e três assistências. Atuações fundamentais das referências do time.

Simmons jogou muito (Reprodução/nba.com/spurs)

Simmons jogou muito (Reprodução/nba.com/spurs)

Ajuda fundamental

Com a ausência de Danny Green, Kyle Anderson começou o jogo como ala-armador titular, mas anotou apenas três pontos e quatro rebotes em 22 minutos. A grata surpresa veio do banco de reservas. Jonathon Simmons contribuiu com 20 pontos, quatro rebotes e três assistências. O ala-armador ainda produziu belos lances, como um buzzer beater para encerrar o primeiro tempo, um toco espetacular em Stephen Curry e uma enterrada na cabeça de JaVale McGee.

Estratégia

Para bater de frente com o Warriors, Gregg Popovich, treinador do Spurs, escalou em vários momentos formações mais baixas, com Leonard na posição quatro. Com isso, os alas-pivôs e pivôs não jogaram muito. Aldridge atuou por 35 minutos, mas Pau Gasol por apenas 18 e David Lee por somente 11. Dewayne Dedmon jogou 17 minutos, mas muitos deles na reta final do quarto período, com a partida já definida.

Momento histórico

De um jeito curioso, a vitória do Spurs sobre o Warriors entrou para a história do basquete brasileiro. O armador argentino Nicolás Laprovittola, recém-contratado, atuou por quatro minutos e registrou duas assistências na partida. Com isso, se tornou o primeiro estrangeiro a jogar na NBA depois de ter passado pelo NBB. Também chegaram à liga americana depois de passagem pela nacional Raulzinho, Leandrinho, Bruno Caboclo e Cristiano Felício.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 35 pontos, 5 rebotes, 5 roubos de bola e três assistências

LaMarcus Aldridge – 26 pontos, 14 rebotes e 3 assistências

Jonathon Simmons – 20 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Patty Mills – 11 pontos, 5 assistências e 4 roubos de bola

Manu Ginobili – 10 pontos e 5 rebotes

Golden State Warriors

Kevin Durant – 27 pontos, 10 rebotes, 4 assistências, 2 roubos de bola e 2 tocos

Stephen Curry – 26 pontos, 4 assistências e 3 rebotes

Draymond Green – 18 pontos, 12 rebotes, 6 assistências e 5 roubos de bola

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor do LANCE!Net desde 2013, três anos após ter sido estagiário do Diário LANCE!. Neste meio tempo, foi repórter de automobilismo na agência mob36, redator do UOL Esporte e colunista no Basketeria.

Publicado em 26/10/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 15 Comentários.

  1. Onde estarão os cornetas agora?

    • Espera o spurs perder,aí eles aparecem,juram que sabem de tudo e no fundo,nem sabem quem são,rsrsrs .

      • Criticar o que está errado beleza. Mas o pessoal aqui parece que enxerga os Spurs como se jogasse feito um Sixers, só dão pancada.

  2. Nao é bem orgulho,mas sim certeza! Onde ja se viu,temer um time que nao tem garrafao? Os contras e os adversarios ,sempre se esquecem de que o spurs é COLETIVO e ontem,ficou claro demais,com a cambada preto e prata,olhando pros “parças” com a ciencia do que fazer…teve uma hora em que david lee ficou muuuuuito sozinho,após fazer a cesta,parecia em coma,por nao crer como foi facil…
    Duncan…ao que parece,ter um mito jogando junto,intimidava bastante aos demais,porem,como assim simmons ser surpresa? Surpresa pra mim foi parker e manu,coçaram o saco no warriors e eu to aqui,esperando os 11 pontos de diferença,que havia estimado pro jogo….kkkkk 29!
    E só ta começando…acabou a era modinha denovo,rsrsrs .

  3. Que jogo! Eu tinha feito um comentário sobre Tony Parker, disse que nesta temporada ele está com uma postura diferente e realmente está, ontem foi bem agressivo, acho que realmente ele está mais animado. Danny Green não fez falta alguma, pelo contrário, está fazendo um favor ao time, ainda prefiro Kyle Anderson ou Simmons no lugar dele. Queria falar sobre Aldrige, foi postado aquela notícia sobre ele, pelo que vimos não parece estar nenhum pouco desconfortável, não tem como desfazer desse cara, tenho certeza que não vamos achar algum jogador que chegue perto do nível dele. Simmons veio muito bem, não preciso nem comentar muito, pq ontem ele destruiu, alias, todo o time ontem jogou muito, mas muito mesmo. Ontem não foi apenas o primeiro jogo da temporada, representou muito a nossa vitória ainda mais contra esse time modinha, estrelinha do warrios, que não vai ganhar nada! Um começo animador, muita coisa vai acontecer ainda, porém já foi demonstrado a que viemos.
    #GoSpursGo

  4. pauloricardo09

    Atuaçao sensacional do Spurs! E essa agressividade do Simmons ontem ajudou a abrir espaços pros chutes de 3e Kawhi mostrando que esta voando em quadra! Surpreendemos os paneleiros e calamos a Oracle Arena, Go S purs!

  5. Coisa linda de se ver. A entrega do time foi emocionante. Leonard começou voando, ao estilo sai da frente. Cinco roubos mostra o quão comprometido é este jogador. E o Pop o maior de todos. Enfim, que o Spurs continue jogando um pouco pior do que hoje, porque nesse nível é demais pra mim.

  6. Bem que eu avisei que o Simmons é muito melhor que o Kyle, entrou e mudou o jogo.
    Mas muita calma nessa hora, Warriors vai se ajeitar e nós temos muito a arrumar ainda, principalmente a questão do Gasol, que pouco tocou na bola.

    • Nossa cara, acho o Kyle horrível, não sabe nem andar. Estou esperando a evolução dele confiando no Pop, mas por enquanto acho bem fraco.

    • Giu : nao era jogo pra gasol,ele vai atuar (pela idade) pra atrair foco dentro do garrafão e deixar o cerco pegar fogo !
      Nosso bonecão de olinda,nada precisava fazer ontem .
      E eu acho que o warriors perdeu a moda,no 3×1 ano passado,não os enxergava antes,agora entao…foi riscada a palavra “garrafão”,nesse time . Eu nao fiquei com pena,kkkkk .

    • Claro que como primeiro jogo, temos de manter os pés no chão, mas que foi lindo o massacre foi RSSS.
      Mas concordo, o Gasol não viu a bola, já sobre o Kyle Anderson, acho um jogador com um uma precisão muito boa nos arremessos, mas só isso, pois falta muita habilidade nele.

  7. Linda vitória, Kawhi simplesmente fantástico, vejo potencial nele pra ser MVP e DPOY essa temporada. Quanto ao GSW, tem um excelente quarteto, porém perderam um dos grandes diferenciais que tinham, que era o otimo banco, sem contar que o garrafão esta bem fraco.

  1. Pingback: Spurs (1-0) @ Kings (1-0) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (2-0) @ Kings (1-1) – Candidato a MVP | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (12-3) @ Hornets (8-6) – Vitória na colmeia | Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s