Arquivo diário: 11/07/2016

Parker ajuda a França a se garantir na Olimpíada

Astro do San Antonio Spurs, Tony Parker estará nos Jogos do Rio de Janeiro. Nesse domingo (10), a França se sagrou campeã do Pré-Olímpico das Filipinas e carimbou seu passaporte.

Parker virá para o Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/fiba.com)

A participação de Parker na fase final do Pré-Olímpico começou no sábado. Com dois pontos (1-4 FG, 0-3 3 PT), três assistências, dois rebotes e uma roubada de bola do armador em 19:21 minutos, a França venceu a Turquia por 75 a 63 pela semifinal do torneio.

No dia seguinte, na decisão, Parker anotou 26 pontos (9-14 FG, 3-5 3 PT, 5-7 FT), quatro assistências, quatro rebotes e uma roubada de bola em 27:46 minutos para ajudar a França a vencer o Canadá por 83 a 74 e se classificar para a Olimpíada do Rio de Janeiro.

Parker terminou a competição classificatória com médias de 13,8 pontos (52,8% FG, 35,3% 3 PT, 73,3% FT), 3,5 assistências e 2,8 rebotes em 25,4 minutos por partida.

A Sérvia, de Nemanja Dangubic, também virá ao Rio de Janeiro. A seleção venceu o Pré-Olímpico que sediou com participação discreta do prospecto ligado ao Spurs: em quatro jogos, médias de 0,5 rebotes e 0,2 tocos em 5,4 minutos por exibição.

Anúncios

Ídolo do Spurs, Tim Duncan se aposenta

A trajetória do maior ídolo da história do San Antonio Spurs chegou ao seu fim. Nesta segunda-feira (11), a franquia texana anunciou, por meio de seu site oficial, que o lendário ala-pivô Tim Duncan resolveu se aposentar depois de 19 anos de serviços prestados.

Difícil não se emocionar (Reprodução/reddit.com)

Duncan foi selecionado pelo Spurs na primeira escolha do Draft de 1997 e, em toda a sua carreira, defendeu o alvinegro, com médias de 19 pontos, 10,8 rebotes, três assistências e 2,2 tocos em 34 minutos por exibição. Em suas 19 temporadas, nunca venceu menos do que 50 jogos, nunca ficou fora dos playoffs e sagrou-se campeão da liga cinco vezes.

Além das conquistas coletivas, Duncan colecionou glórias individuais. O astro foi três vezes MVP das finais, duas vezes MVP da temporada, 15 vezes All-Star, uma vez MVP do All-Star Game, dez vezes eleito para o All-NBA First Team e oito para o NBA All-Defensive First Team.

Maior cestinha da história do Spurs, Duncan ainda foi eleito o novato do ano em primeira temporada e campeão do NBA Shooting Stars, evento do All-Star Weekend, em 2008.

Em nome de toda a equipe do Spurs Brasil, digo que seria injusto pedir para Tim Duncan não nos fazer chorar hoje depois de tantas lágrimas de alegria proporcionadas pelo maior ídolo da história da franquia de San Antonio. Vá se divertir com carros, vídeo-games e jogos de cartas, lenda, com a certeza de que nunca te esqueceremos. Obrigado por tudo!

VAIVÉM: Veja quem chega, quem sai e os rumores sobre o Spurs