Spurs (2) @ (4) Thunder – Sonho adiado

 99×113

Não foi dessa vez. O San Antonio Spurs viajou até a casa do adversário com a permanência nos playoffs em jogo, mas acabou perdendo para o Oklahoma City Thunder por 113 a 99, nessa quinta-feira (12), e deu adeus à temporada 2015/2016 da NBA. O oponente pega agora o Golden State Warriors na final da Conferência Oeste, que começa na próxima segunda, enquanto os texanos entram de férias. Vamos aos destaques do jogo.

O encontro de duas gerações de lendas (NBA/Getty Images)

O jogo

Antes do jogo, todo torcedor dos Spurs já estavam com o coração na mão de tanta apreensão. E não era para menos. O duelo valia a sobrevivência na pós-temporada. O inicio de jogo foi até que empolgante, mas o alvinegro não conseguiu administrar a vantagem que construiu, e logo o Thunder recuperou a diferença. De 16 a 10 para os Spurs, o quarto terminou em 25 a 19, com dez pontos para Kevin Durant. Na segunda parcial, veio o apagão. O time de San Antonio fez apenas 12 (isso mesmo, DOZE) pontos em todo o período, enquanto o adversário fez 30. Foi a menor pontuação da equipe texana no primeiro tempo nestes playoffs. Essa corrida foi crucial para o resultado final. A intensidade dos mandantes não foi igualada.

Até o fechamento deste resumo, ainda não havia qualquer definição a respeito do futuro de Tim Duncan e Manu Ginobili. Segundo o site do canal SporTV, emissora responsável pela cobertura da NBA no Brasil, o ala-pivô não definiu seu futuro e evita falar sobre o assunto.

“Eu vou ver isso depois que sair daqui. Ver como a vida fica”, explicou The Big Fundamental.

O que fica

Leonard foi o principal destaque no decorrer da temporada (NBA/ Getty Images)

A derrota dói em todos os torcedores e fãs da franquia de San Antonio, principalmente aqueles que estão com a equipe em qualquer situação. Mas, aos que se mostram mais críticos, fica aqui um apelo: não se deixem levar pela série realizada contra o Thunder. Muito pelo contrário. O Spurs fez uma campanha histórica ao longo da temporada 2015/2016, e esse é o principal fator que se deve levar em consideração ao analisar o campeonato que ficou para trás.

Inicialmente, a equipe foi bastante reformulada em comparação ao elenco que levou o anel na temporada 2013/2014. Nomes como Cory Joseph, Marco Belinelli e Tiago Splitter são alguns jogadores que tiveram sua importância naquele título, mas quis o destino que não permanecessem mais com a camisa alvinegra. A base se manteve com Tim Duncan, Tony Parker, Manu Ginobili, Danny Green, Kawhi Leonard, Patty Mills e Boris Diaw. E outros reforços importantes chegaram, como David West, Kyle Anderson, Jonathon Simmons, Boban Marjanovic e, principalmente, LaMarcus Aldridge, novo astro da franquia texana.

Esse último chegou com status de astro. E suas contribuições foram à altura. Além de ficar perto de sua família, o ala-pivô escolheu ser treinado por Gregg Popovich com o objetivo de conquistar um inédito anel no fim de tudo. Infelizmente, o sonho não se concretizou (ainda). Mas, apesar dos veteranos não produzirem como antes, as novas caras provaram que podem muito bem carregar o piano quando alguns se aposentarem. Uma prova disso foi a dupla Leonard-Aldrige, que assumiu a responsabilidade nesta temporada e nos mostrou boas perspectivas para o futuro – principalmente o ala, que chegou a ouvir gritos de MVP diversas vezes. Algo animador para quem acompanha a evolução do atleta desde sua chegada.

Mills, Diaw e West podem muito bem também contribuir para que o Spur continue em alto nível quando a aposentadoria de Duncan, Ginobili e Parker chegar. Ainda tem os mais jovens que, pouco ou não, contribuíram bastante no decorrer da temporada. Anderson teve um pouco mais de participação, mas Simmons e até Marjanovic mostraram que não estão ali só para compor elenco. Prova disso: o jogo contra o Miami Heat em que ambos se destacaram.

Então, agora é ter calma. Não é justo apedrejar ninguém, nem dizer que tal jogador não serve. Não é disso que é feito o torcedor da franquia de San Antonio. A temporada foi histórica. Foi apenas uma derrota em casa! E ainda para o time que desbancou o Chicago Bulls de 1995/1996. O jogo segue. O show continua. A torcida e o apoio serão sempre os mesmos. O sonho do sexto anel foi apenas adiado! #GoSpursGo #RaceforSix

Férias

Querendo ou não, o Spurs agora entra de férias. Mas a cobertura do time pentacampeão da NBA continua! Ainda tem muita água pra rolar, como Draft, trocas, notícias, rumores e, principalmente, a possível convocação de Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro a serviço da seleção norte-americana. Por isso, contamos com vocês, leitores, para que o blog continue ativo na offseason.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 22 pontos, nove rebotes, cinco assistências e três roubos de bola

Tim Duncan – 19 pontos e cinco rebotes

LaMarcus Aldridge – 18 pontos, 14 rebotes e duas assistências

Oklahoma City Thunder

Kevin Durant – 37 pontos, nove rebotes e duas assistências

Russell Westbrook – 28 pontos e 12 assistências

Steven Adams – 15 pontos e 11 rebotes

Andre Roberson – 14 pontos e sete rebotes

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Também é redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br)

Publicado em 13/05/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Pra mim a imagem que resume a série foi a do Parker dando uma baita risada no banco no final do terceiro período. Gostaria que esse chamais voltasse a vestir a camisa. Duncan se despediu bem ontem, e sejamos sinceros, não tem mais a mínima condição dele e do ginobili prosseguirem. Seria uma benção que os dois parassem agora, dariam lugar a outros, abriria espaço na folha salarial.
    Discordo que o que fica foi a temporada vitoriosa, pois na hora que foi pra valer, os Spurs fizeram fiasco, não ofereceram resistência alguma.
    Precisamos voltar a ser o time da troca constante de passes, foi muito bom ver doía jogadores como Aldridge e Leonard resolverem sozinhos, mas essa não é a tônica dos Spurs, o individual deve ser usado junto com o coletivo, essa temporada passamos longe de jogar bem coletivamente, tanto é que só Leonard, Aldridge e o Mills tiveram algum destaque durante toda a temporada.
    Spurs precisa se reforçar e seguir a maré, não há mais espaço pra armadores cágados tipo o Parker na NBA, basta analisar os 4 finalistas.

    E outra, chega de Green né, um baita contrato e um basquete digno de time mediano do nbb.

    • Concordo Giu, Gino foi melancólico nos playoffs, Duncan teve momentos do jovem Timmy. Friamente analisando o Spurs precisa rejuvenescer, agora falando com o coração, pode vir Lebron, CP3, Durant, cousins, curry, etc. Mas vai ser dureza não ver o Duncan em quadra nem manu entrando pra botar aquela pilha e aquele passe com a classe única, de toda forma esse dia teria que chegar. Enfim desejo que todos os torcedores do nosso SPURS tenham forças para enfrentar essa nova realidade. Saudações Black White Silver GO SPURS Duncan Ginobili hall of fame 21 20 retired.

      • Realmente vai ser dureza não ver mais o Duncan em quadra, mas seria mais duro ainda ver ele jogando como tem jogado novamente. Se ele parar provavelmente estará na comissão técnica do Pop, continuará ajudando-nos.

      • Fábio Roberto dos Santos

        Falaram tudo amigos !

  2. Antes de tudo, queria parabenizar a equipe SpursBrasil pelo empenho. É impressionante a capacidade e dedicação desta equipe, só peço que continuem por muitos anos com o trabalho.

    Quanto ao time, eu esperava mais, todos nós esperavamos, o nosso banco não foi tão efetivo e fomos engolidos pela dupla adversária. Mudanças serão feitas, meus dois maiores ídolos vão se aposentar e eu…estou com medo.

    Mas vamos nos preparar para a próxima temporada, trazer alguns bons jogadores que venham pra somar e acertar a mão no draft.

    Aqui é Spurs, na vitória ou na derrota, Go Spurs Go!!!

  3. Nem vou falar muito, já nao tem muito o q falar.. Apenas que essa quinta foi muito triste, foi de partir o coração, que ficará em pedaços por muito tempo.. Afinal, depois de uma excelente temporada, um playoff muito ruim, mas, mais que isso, fica a tristeza de saber que chegou a hora, o corpo não aguenta mais, mas o coração pede.. Acho q chegou a hora do timmy partir, tbm ginobili.. Será o dia mais triste pra nós que amamos o San Antonio Spurs.. Espero uma boa off season, que podemos comemorar muitos na próxima temporada..
    Sem eles.. 21.. 20

  4. Lucas Santos

    Cara, queria parabenizar a equipe do Spurs Brasil, valeu demais por sempre estar fazendo a cobertura do nosso Spurs. O titulo n veio, mas o time mostrou que tem um bom futuro, Leonard jogando um basquete digno de MVP, e jogadores como Kyle Anderson e Boban Marjanovic ainda tem muito potencial, e a temporada ainda trouxe o Simmons, que para mim com um pouco mais de tempo tem condições de ser o ala-armador titular da equipe. Agora é homenagear as carreiras gloriosas de Duncan e Ginobili e esperar o draft e a proxima temporada. Na vitoria ou na derrota GO SPURS GO

  5. Alex jose dos Santos

    Imagina um armador como lillard ou Cp3
    Nossa de outro mundo armador que pontue e defina nas horas certas
    Nosso armador faz 8 ou menos pontos em 84 jogos as vezes surta e faz 20

  6. Antonio Alves

    Gostaria só de lembrar 2 detalhes fundamentais…
    3 erros de arbitragem em lances fundamentais dos 2 jogos em casa, mudaram o panorama dos playoffs p nosso spurs… vou ser bem honesto.. passaram a mão a favor do OKC. Não quero tirar o mérito Do time adversário, os caras jogaram muito… Mas…
    Além disso, P spurs, faltou desejo de ganhar mais uma NBA. Não Vi motivação e vibração dos jogadores nos momentos mais decisivos.
    Presenciei arremessos que os caras n erram habitualmente. .. rebolavam a bola de qualquer maneira…
    Mas é A vida.
    Agora é torcer p próxima temporada. #GoSpursGo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s