Arquivo diário: 13/05/2016

Spurs (2) @ (4) Thunder – Sonho adiado

 99×113

Não foi dessa vez. O San Antonio Spurs viajou até a casa do adversário com a permanência nos playoffs em jogo, mas acabou perdendo para o Oklahoma City Thunder por 113 a 99, nessa quinta-feira (12), e deu adeus à temporada 2015/2016 da NBA. O oponente pega agora o Golden State Warriors na final da Conferência Oeste, que começa na próxima segunda, enquanto os texanos entram de férias. Vamos aos destaques do jogo.

O encontro de duas gerações de lendas (NBA/Getty Images)

O jogo

Antes do jogo, todo torcedor dos Spurs já estavam com o coração na mão de tanta apreensão. E não era para menos. O duelo valia a sobrevivência na pós-temporada. O inicio de jogo foi até que empolgante, mas o alvinegro não conseguiu administrar a vantagem que construiu, e logo o Thunder recuperou a diferença. De 16 a 10 para os Spurs, o quarto terminou em 25 a 19, com dez pontos para Kevin Durant. Na segunda parcial, veio o apagão. O time de San Antonio fez apenas 12 (isso mesmo, DOZE) pontos em todo o período, enquanto o adversário fez 30. Foi a menor pontuação da equipe texana no primeiro tempo nestes playoffs. Essa corrida foi crucial para o resultado final. A intensidade dos mandantes não foi igualada.

Até o fechamento deste resumo, ainda não havia qualquer definição a respeito do futuro de Tim Duncan e Manu Ginobili. Segundo o site do canal SporTV, emissora responsável pela cobertura da NBA no Brasil, o ala-pivô não definiu seu futuro e evita falar sobre o assunto.

“Eu vou ver isso depois que sair daqui. Ver como a vida fica”, explicou The Big Fundamental.

O que fica

Leonard foi o principal destaque no decorrer da temporada (NBA/ Getty Images)

A derrota dói em todos os torcedores e fãs da franquia de San Antonio, principalmente aqueles que estão com a equipe em qualquer situação. Mas, aos que se mostram mais críticos, fica aqui um apelo: não se deixem levar pela série realizada contra o Thunder. Muito pelo contrário. O Spurs fez uma campanha histórica ao longo da temporada 2015/2016, e esse é o principal fator que se deve levar em consideração ao analisar o campeonato que ficou para trás.

Inicialmente, a equipe foi bastante reformulada em comparação ao elenco que levou o anel na temporada 2013/2014. Nomes como Cory Joseph, Marco Belinelli e Tiago Splitter são alguns jogadores que tiveram sua importância naquele título, mas quis o destino que não permanecessem mais com a camisa alvinegra. A base se manteve com Tim Duncan, Tony Parker, Manu Ginobili, Danny Green, Kawhi Leonard, Patty Mills e Boris Diaw. E outros reforços importantes chegaram, como David West, Kyle Anderson, Jonathon Simmons, Boban Marjanovic e, principalmente, LaMarcus Aldridge, novo astro da franquia texana.

Esse último chegou com status de astro. E suas contribuições foram à altura. Além de ficar perto de sua família, o ala-pivô escolheu ser treinado por Gregg Popovich com o objetivo de conquistar um inédito anel no fim de tudo. Infelizmente, o sonho não se concretizou (ainda). Mas, apesar dos veteranos não produzirem como antes, as novas caras provaram que podem muito bem carregar o piano quando alguns se aposentarem. Uma prova disso foi a dupla Leonard-Aldrige, que assumiu a responsabilidade nesta temporada e nos mostrou boas perspectivas para o futuro – principalmente o ala, que chegou a ouvir gritos de MVP diversas vezes. Algo animador para quem acompanha a evolução do atleta desde sua chegada.

Mills, Diaw e West podem muito bem também contribuir para que o Spur continue em alto nível quando a aposentadoria de Duncan, Ginobili e Parker chegar. Ainda tem os mais jovens que, pouco ou não, contribuíram bastante no decorrer da temporada. Anderson teve um pouco mais de participação, mas Simmons e até Marjanovic mostraram que não estão ali só para compor elenco. Prova disso: o jogo contra o Miami Heat em que ambos se destacaram.

Então, agora é ter calma. Não é justo apedrejar ninguém, nem dizer que tal jogador não serve. Não é disso que é feito o torcedor da franquia de San Antonio. A temporada foi histórica. Foi apenas uma derrota em casa! E ainda para o time que desbancou o Chicago Bulls de 1995/1996. O jogo segue. O show continua. A torcida e o apoio serão sempre os mesmos. O sonho do sexto anel foi apenas adiado! #GoSpursGo #RaceforSix

Férias

Querendo ou não, o Spurs agora entra de férias. Mas a cobertura do time pentacampeão da NBA continua! Ainda tem muita água pra rolar, como Draft, trocas, notícias, rumores e, principalmente, a possível convocação de Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro a serviço da seleção norte-americana. Por isso, contamos com vocês, leitores, para que o blog continue ativo na offseason.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 22 pontos, nove rebotes, cinco assistências e três roubos de bola

Tim Duncan – 19 pontos e cinco rebotes

LaMarcus Aldridge – 18 pontos, 14 rebotes e duas assistências

Oklahoma City Thunder

Kevin Durant – 37 pontos, nove rebotes e duas assistências

Russell Westbrook – 28 pontos e 12 assistências

Steven Adams – 15 pontos e 11 rebotes

Andre Roberson – 14 pontos e sete rebotes