Arquivo diário: 07/05/2016

Spurs (2) @ (1) Thunder – Mando recuperado

https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif100×96

Não durou muito a desvantagem do San Antonio Spurs na semifinal da Conferência Oeste deste ano. Depois de perder o jogo 2 em casa, o alvinegro texano caiu na estrada e venceu, no ginásio do adversário, o Oklahoma City Thunder pelo placar de 100 a 96, nessa sexta-feira (6), abrindo 2 a 1 na série. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Rebote ofensivo de Leonard decidiu o jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Craque decisivo

Kawhi Leonard dividiu o posto de cestinha da partida dessa sexta com Russell Westbrook. O ala do Spurs deixou a quadra com 31 pontos, além de 11 ressaltos e três assistências. Mas se engana quem pensa que foi somente com cestas que o astro ajudou a decidir o jogo. Nos instantes finais, o camisa #2 coletou um importantíssimo rebote ofensivo depois de arremesso errado de LaMarcus Aldridge e tocou a bola para Tony Parker, que sofreu falta e converteu os dois lances livres, fazendo com que o alvinegro abrisse quatro pontos de vantagem restando apenas 18 segundos para o fim. A jogada praticamente selou a vitória da equipe texana.

Parker em mais um dia difícil para os inimigos (Reprodução/nba.com/spurs)

Calando os críticos – II

Durante a semana, Tony Parker concedeu entrevista coletiva e, entre suas respostas, explicou que seu trabalho não é mais pontuar, e sim “deixar Gregg Popovich feliz”. Para os que ainda têm dificuldades de entender seu novo papel, o armador deixou claro contra o Thunder que, se necessário, ele ainda pode ajudar a decidir um jogo. Foram 19 pontos, oito rebotes e cinco assistências para o astro francês do time de San Antonio, que só havia obtido tais números em playoffs uma vez na carreira: na série de 2013 contra o Golden State Warriors. Decadência? Aqui não!

Ajuda do coadjuvante

Apesar de ter deixado o jogo com 24 pontos e oito rebotes, Aldridge fez sua partida menos eficiente da série até o momento, convertendo somente oito dos 21 arremessos de quadra que tentou. Para a sorte do Spurs, o reserva David West compensou e veio do banco de reservas com a pontaria calibrada.

Foram sete pontos e três arremessos de quadra convertidos em seis arriscados para o ala-pivô, incluindo um dos cinco únicos tiros de três pontos convertidos em playoffs da sua carreira e um gancho de esquerda decisivo na reta final. Importante para garantir o resultado.

Limitando o tanque

Apesar de ter conseguido anotar 31 pontos, Westbrook precisou de 31 arremessos de quadra para chegar à marca. Como é muito difícil conter Kevin Durant – o ala precisou de apenas 18 arremessos para marcar 28 pontos -, o segredo para o Spurs pode estar em limitar o armador. Mérito da boa marcação individual desempenhada por Kawhi Leonard e Danny Green e da defesa coletiva, que fechou o garrafão e não deixou o camisa #0 infiltrar com facilidade.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 31 pontos, 11 rebotes e 3 assistências

LaMarcus Aldridge – 24 pontos e 8 rebotes

Tony Parker – 19 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Oklahoma City Thunder

Russell Westbrook – 31 pontos, 9 rebotes e 8 assistências

Kevin Durant – 26 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Serge Ibaka – 15 pontos e 5 rebotes