Spurs (1) @ Thunder (1) – Fim conturbado

 97×98

Dois dias depois de vencer o primeiro compromisso contra o Oklahoma City Thunder com facilidade, o San Antonio Spurs finalmente passou sufoco em um duelo de playoff na temporada 2015/2016. A equipe texana perdeu o segundo duelo da série contra o adversário nessa segunda-feira (2) pelo placar de 98 a 97, mesmo jogando AT&T Center. Com um apagão no primeiro quarto e um fim de duelo bastante conturbado, o alvinegro agora cai na estrada para a disputa dos dois próximos confrontos. Confira, a seguir, como foi o embate:

LaMarcus Aldridge foi o cestinha da partida com 41 pontos (NBA/Getty Images)

O feitiço contra o feiticeiro

Se o início do jogo 1 foi explosivo de um lado, o 2 foi completamente o oposto. Irreconhecível, o Spurs chegou a perder por 17 a 4 na etapa inicial. Gregg Popovich pediu tempo mais de uma vez. Trocou quase o time todo, e até Boban Marjanovic entrou logo no primeiro quarto. Mas, as coisas só foram começar a melhorar mesmo quando Manu Ginobili veio para a partida. O argentino contribuiu com sete pontos vindo do banco, o que ajudou a colocar a equipe no jogo. A essa altura, Russell Westbrook já tinha 14 pontos só no primeiro quarto.

O jogo só começou a esquentar mesmo para os texanos na volta dos vestiários. A troca de cestas era a toada, com o Thunder tentando ampliar a vantagem e o Spurs tentando virar. Foi no fim do terceiro período que Danny Green encaixou duas bolas de três seguidas e começou a reação texana. Em meio a uma maratona de pontos dos mandantes e com o adversário zerado, graças à forte defesa do time de San Antonio, o jogo seguia para o tudo ou nada na última parcial. E assim foi. Enquanto o tempo passava, as duas equipes trocavam pontos, ora ampliavam, ora diminuíam. Até que, restando apenas 13 segundos, após três lances livres certos de LaMarcus Aldridge, o jogo ficou com apenas um ponto de vantagem para a equipe de Oklahoma. Após um lance polêmico envolvendo Dion Waiters e Manu Ginobili, o alvinegro roubou a bola no meio de quadra, mas desperdiçou um ataque de três contra um. Com isso, a partida se encerrou com gostinho de quero mais (talvez por conta dos juízes).

Aldridge teve atuação digna de MVP (NBA/Getty Images)

Irreconhecíveis

Normalmente, este é um tópico para elogiar a atuação de Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge, já que são sempre os dois atletas que se destacam pelo Spurs nos jogos. Desta vez, no entanto, este item tem um lado positivo e o outro negativo. Começando pelas más notícias, o ala não fez a partida que se esperava ofensivamente falando. Claro, o jogador contribuiu com 14 pontos, mas demorou muito para pegar no tranco e deixou a desejar quando o time precisava de produção no ataque. Na defesa, obviamente não há reclamações sobre seu desempenho. Mas do outro, faltou um pouco mais do craque que estamos acostumados a ver.

Agora a surpresa boa: claro, Aldridge. O ala-pivô ainda não havia jogado em nenhum quarto período nos playoffs, tamanha sua contribuição nas etapas anteriores. Mas, com alguns jogadores bem abaixo do nível, foi obrigado a tirar o agasalho e ir para a quadra. Sorte do Spurs. O camisa #12 dez sua melhor partida desde que chegou a San Antonio e anotou 41 pontos, 22 deles no primeiro tempo.

No primeiro jogo da série, Aldridge já havia sido irretocável nas bolas do perímetro. No jogo 2 então, não tinha pra ninguém: nem Enes Kanter, nem Serge Ibaka e nem Steven Adams seguravam o ala-pivô. Teve até bola de três. E mais! Em um dos momentos mais dramáticos do jogo, recebeu longe da cesta, fingiu o arremesso e, por um descuido do congolês, recebeu a falta na linha dos três pontos. Foi para o lance livre e converteu os três, claro. Isso resultou no pedido de tempo do Thunder e, consequentemente, no lance mais polêmico da noite.

Foi uma atuação de MVP de Aldridge. Somando estes dois jogos diante Thunder na semifinal da Conferência Oeste, o ala-pivô tem 79 pontos, 14 rebotes, quatro assistências e quatro tocos em 73 minutos. Tirando uma média, são 36 minutos jogados com 39,5 pontos, sete rebotes, duas assistências e dois tocos. Seria ele a chave para derrotar os rivais?

Quem vence os dois primeiros…

… vence a série? Não necessariamente. Porém, é preciso haver calma, pois o confronto ainda está bem aberto. Analisando em retrospecto, no último título do Spurs, em 2014, também houve uma série contra o Thunder, e os texanos começaram ganhando por 2 a 0. Resultado: anel no fim do ano. O inverso também já aconteceu. Em 2012, foi o adversário que saiu com 2 a 0 sobre os texanos e acabou indo para a final contra o Miami Heat, mas ficou com o vice.

A série está em 1 a 1. O que isso quer dizer? Absolutamente nada. Sim, foi a segunda derrota no AT&T Center em toda a temporada. Mas isso não significa que acabou a vantagem. Muito pelo contrário. Resta ao Spurs agora recuperar-se desta derrota em casa e treinar para que mais deslizes como no primeiro quarto do jogo 2 não aconteçam.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 41 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Kawhi Leonard – 14 pontos e 7 rebotes

Manu Ginobili – 11 pontos e 3 rebotes

Oklahoma City Thunder

Russell Westbrook – 29 pontos, 10 assistências e 7 rebotes

Kevin Durant – 28 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Steven Adams – 12 pontos e 17 rebotes

Enes Kanter – 12 pontos e 8 rebotes

Serge Ibaka – 12 pontos e 5 rebotes

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Também é redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br)

Publicado em 03/05/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 19 Comentários.

  1. Que diferença abissal de um jogo para outro. Sabia que seria um jogo duro, mas não com o Spurs jogando tão mal. Nunca tinha visto o Duncan jogar mal daquele jeito, já o Parker continua o mesmo não colabora com nada deu um passe bonito ontem e mais nada, tinha que ter chamado a responsabilidade, mas acho que é pedir demais dele já foi seu tempo. Aldridge jogou demais, demais mesmo, foi o que mascarou a derrota que era para ter sido de 20+. Agora o time tem obrigação de ganhar fora, porque se voltar com 3×1 para o OKC esquece. Acredito que dá para passar sim até porque o Duncan não vai jogar outra partida assim e o Kawhi vai estar mais calibrado para ajudar o Algridge.
    GO Spurs!

  2. Primeiro quarto matou. Pensando pelo lado positivo, jogando mal perdemos por um ponto. A tendência é produzir mais nos outros jogos. Creio que a série volta pra San Antonio com ao menos 2 a 2.

  3. Excelente análise, Sergio! E espero que o Leonard no ataque no jogo 3 seja decisivo, porque se dependermos de Parker ou Green, realmente complica…e o Aldridge não vai conseguir carregar sozinho esse ataque.

    Só uma observação, em 2012 o Spurs fez 2-0 na série também mas tomou 4-2 depois, infelizmente.
    GO SPURS!

  4. Como se diz por aqui, “se foi o boi com as cordas”.

    Não poderíamos ter perdido de jeito nenhum em casa. A partida reforçou o que eu disse durante a temporada e fui criticado aqui, sem jogo coletivo e com Aldridge ou Leonard mal em um jogo contra um time forte, não temos chances de vencer e jogar coletivamente é pelo menos todos colaborarem minimamente no ataque também. Com Leonard mal era pra Duncan/Parker/Green chamaram a responsabilidade. o primeiro e o último tentaram, erraram quase tudo, o segundo, que lixo de jogador. Eu sempre soube que um dia ele ia me explicar o motivo pelo qual nunca gostei dele desde que comecei a acompanhar os Spurs.

    Quanto ao Duncan, totalmente fora de “ritmo de jogo”. Podem dizer que ele sempre foi poupado em outras temporadas, mas nunca tanto quanto nessa e em outras temporadas ele nunca foi tão velho como nessa.

    Na série de playoffs que vencemos contra eles, só vencemos pq o Ibaka se machucou e foi uma perda enorme, visto que ele vinha jogando demais. Time do Thunder tá dividindo a pontuação da equipe, os Spurs, centralizando. Pior de tudo é que nem o Mills que em minha opinião foi o terceiro melhor jogador da equipe na temporada vem bem.

    A partir de agora somos zebras nessa série.

    • “Eu sempre soube que um dia ele ia me explicar o motivo pelo qual nunca gostei dele desde que comecei a acompanhar os Spurs.”, meu Deus…
      Somos os 76ers agora.

  5. E outra coisa, foi vergonhosamente prejudicados pela arbitragem durante todo o jogo, último lance da partida então, foi lamentável. Lá, só tende a piorar.

  6. Vi a reprise do primeiro e do segundo jogo,quase nada foi feito diferente,só a bola que nao entrou. Alem de uma arbitragem mórbida , querendo ver o spurs tomar . Perder de um ponto,é derrota do mesmo jeito,de repente,houve um vislumbre do spurs e um estudo maior do okc sobre o time,porem,a bola nao entrou,espero uma postura muito mais agressiva,pois nada me tira da cabeça que esse thunder é um salve-se quem puder …

    • Para mim a diferença só não foi maior pela atuação do Aldridge que jogou muito e conseguiu carregar o time. Não fosse isso seria uma sacudida de 20+. E o Pop tem que dar um jeito de diminuir os rebotes ofensivo deles. O time estava hesitante vide a última posse 3 conta 1 e não faz além de forçar um arremesso de 3 contestado…brincadeira

    • Eu concordo.. Não boto fé no OKC.. Acho que fizemos um jogo horrível… Todos jogadores mal.. Duncan, Parker, KL, DG, DW.. o Mills acho que foi bem defensivamente, ajudou bastante, o Ginobili foi melhor e o Aldridge salvou… Jogou demais(foi engraçado ver os caras do OKC virando 2, 3 em cima dele e nadaa… até falta proposital só pra não vê-lo fazer a cesta em cima fizeram).. Se jogando com 20% da capacidade perdemos de 1 ponto, se formos competitivos com pelo menos Aldridge, KL e mais uns 2, ai ganhamos sem muita dificuldade.. Essa é minha opinião .
      Jogo tão horrível que o Kawhi errou 2 arremessos livres PQP..
      Foi sofrido..
      E mais… Aquela última bola… Denny Green no desespero jogou de qualquer jeito pro Mills, que amarelou e jogou pro Ginobili… PQP, dava pra ter virado o jogo…

  7. Pois é, todo o resto que se faz no basquete não significa absolutamente nada se a bola não cair na cestinha do outro lado.

  8. Galera, assisti o jogo, o primeiro quarto foi horrível, erramos simples bandejas, o que eu penso é sempre o seguinte, entre enterrar e fazer uma bandeja, muito mais garantido é vc enterrar a bola na cesta, se você tem altura e capacidade para isso, apenas faça, e não fizemos isso, pareciam novatos, mas tudo bem, não pontuamos no primeiro quarto não por falta de chances e sim pq simplesmente erramos, os jogadores estavam fora do jogo. Olhem o placar, e parem de colocar culpa em arbitragem até pq tivemos uma chance muito clara com o mills duas vezes, a primeira era ele ter ido direto pra cesta e ter convertido o que não era impossível, ou então no momento do chute de 3 era somente ter feito um fake ball e cavado a falta no arremesso, mas não tem nada perdido, nosso banco é muito melhor, e danny green matou bolas decisivas de 3 quando precisamos e sabemos que ele pode render mais, sem contar que defensivamente ele ajuda muito. Não acho que está nada perdido.

    • Cara concordo.. Teve 3 bolas(Duncan praticamente enterrando, largou a bola sem sequer bater no aro, uma do Kawhi, meio que enterrando vindo do fundo da quadra e passou direto(wtf) e uma do West largando a bola quase em cima da cesta e me erra) que mostrou o quão desligado tava o time..

  9. Sobre o jogo em si, tirando o Lamarcus que foi EXCEPCIONAL, o passe do Tony Parker, sendo finalizado com a cesta de 3 do Lamarcus foi memorável… Lindo de se ver..

  1. Pingback: Spurs (1) @ (1) Thunder – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (2) @ (1) Thunder – Mando recuperado | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (2) @ (1) Thunder – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (2) vs Thunder (2) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (2) vs (3) Thunder – Complicou | Spurs Brasil

  6. Pingback: Spurs (2) vs (3) Thunder – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s