Spurs (2) vs Grizzlies (0) – Partiu Tennessee!

 94×68

Após vencer o primeiro duelo com o Memphis Grizzlies da série, válida pela primeira fase dos playoffs da Conferência Oeste, o San Antonio Spurs ratificou seu favoritismo ao ganhar também o segundo confronto, noite dessa terça-feira (19), pelo placar de 94 a 68. Agora, os comandados de Gregg Popovich viajam até o Tennessee para jogar, ao menos, mais duas vezes na casa do oponente. Confira abaixo o que de melhor aconteceu no segundo jogo:

Mills, West e Diaw ganharam alguns minutos em quadra (NBA/Getty Images)

Superioridade comprovada

Não é difícil falar sobre a partida dessa terça. Foi o forte elenco dos Spurs contra o catadão dos Grizzlies. Enquanto o time texano tem fortes peças e reposições à altura, com encaixe perfeito à filosofia adotada por Popovich, os adversários possuem um plantel que mostra justamente o oposto de tudo o que o de San Antonio desfruta. É uma equipe organizada contra uma que correu atrás do placar o jogo todo. Coletivo x individual. E é isso o que ilustra justamente a ampla vantagem sobre o oponente. Prova disso foia defesa sólida. Ao fim do primeiro quarto de partida, os visitantes haviam anotado apenas 11 pontos, o que ficaria entre as menores pontuações sofridas pelo alvinegro em uma parcial na temporada regular.

Enquanto o Grizzlies ainda tenta se recompor após perder peças importantes, como Mike Conley e Marc Gasol, para o departamento médico, o Spurs tem suplentes competentes e cirúrgicos para a maioria das situações. Patty Mills, por exemplo, ficou um bom tempo em quadra e jogando muito bem, por sinal, enquanto Tony Parker descansava no banco. O mesmo aconteceu com David West no lugar de Tim Duncan. No opoente, foi chamado Jordan Farmar para o lugar seu astro lesionado. O suplente é um armador que nem na NBA estava e que é responsável por organizar o ataque enquanto ainda se readapta ao nível da liga.

Cogitar uma varrida de 4 a 0 dos texanos é loucura? Claro que não. Resta agora ao Grizzlies contar com a força do fator casa para tentar levar certa vantagem em cima do Spurs. As equipes voltam a se enfrentar nesta sexta-feira, às 22h30 (de Brasília).

Martin foi um dos destaques com dez pontos (NBA/Getty Images)

Fazendo história

Quem acha que Tim Duncan ainda não quebrou recordes demais em sua vitoriosa carreira está enganado. O ala-pivô chegou ao número de 344 partidas de playoffs disputadas. Tal número faz do astro o terceiro atleta que mais disputou a pós-temporada. Caso atue no jogo 3 da série contra os Grizzlies, The Big Fundamental irá igualar a marca do segundo colocado. Porém, o fato de ter estado em quadra não quer dizer que tenha feito um bom jogo. O veterano atuou por 26 minutos e somou apenas três pontos, nove rebotes e quatro assistências.

Outro que também garantiu (mais ainda) seu nome entre um dos maiores jogadores dos Spurs de todos os tempos foi Manu Ginobili. O argentino chegou à marca de 189 jogos em playoffs, igualando a marca de ninguém menos do que Julius Erving, o Dr. J. O ala-armador da equipe de San Antonio esteve em quadra por 14 minutos e somou oito pontos.

Põe os caras, Pop

Como já mencionado antes, Mills ganhou um bom tempo de quadra enquanto Parker descansava. O armador australiano ficou em quadra por 19 minutos e foi o cestinha da partida com 16 pontos e duas assistências, sem falar no exímio aproveitamento nos chutes de três pontos, fator importante para manter a vantagem em diversos momentos.

Mas não é só de Mills que é feito o banco dos Spurs. Com o jogo praticamente ganho, Popovich acionou a “turma do terrão”, e eles não fizeram feio, não deixando a peteca cair no último quarto. Kevin Martin ilustra bem isso. O veterano, que chegou aos Spurs recentemente, vindo do Minnesota Timberwolves, atuou por 17 minutos e anotou dez pontos.

O banco é, depois da defesa, talvez a maior vantagem texana sobre os Grizzlies. Na noite desta terça, os suplentes da equipe de San Antonio foram responsáveis por 56 pontos, enquanto os reservas da equipe adversário anotaram ao todo 32.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Patty Mills – 16 pontos e 2 assistências

Kawhi Leonard – 13 pontos, 2 rebotes e 2 roubos de bola

LaMarcus Aldridge – 10 pontos e 8 rebotes

Kevin Martin – dez pontos

Memphis Grizzlies

Tony Allen – 12 pontos e 3 rebotes

Zach Randolph – 11 pontos, 12 rebotes e 3 assistências

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Também é redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br)

Publicado em 20/04/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Ontem me peguei pensando, acho que dificilmente perdemos algum jogo na temporada em que o Mills esteja on fire como ontem. Vem carregando a segunda unidade só time.
    Mais uma vez o verde e a pipoca francesa foram os piores jogadores do time. Lamentável.
    Sobre o Duncan, muitos acharam e ainda acham que ele vai crescer nos playoffs, mas não dá pra parar o tempo, foi muito triste ver a partida dele, sem qualquer tipo de protagonismo ou jogadas criadas para ele. Me bateu um sentimento enorme de nostalgia ontem, está realmente chegando a hora do maior de todos parar, e eu não imagino ver os Spurs sem Duncan, mas acho que seria um erro geral se ele voltasse na próxima temporada, a missão dele tá completa já.

    • Nunca acho ruim ver duncan em quadra,até pq marcou bem,pegou 9 rebotes e sabe coisa assim,de familia? Entao…vai ser igual alguem da familia falecer… ah sim,vc ta muito sabido,citando “maior de todos”,tirou 10, rsrsrs

  2. Impagavel,a atuaçao do coletivo do spurs ! Houve um momento,qual duncan gritou por atenção,recebeu a bola e deu pra green chutar um chuazão de 3,que foi de chorar! Acho,que a serie sempre terá dois digitos e não volta pro at&t .
    Agora,sabem episodio de tokusatsu,aquelas series muito boas dos anos 80,produzidas no japão? Sempre vinha um robozão pra “terminar” de salvar… a gente tambem tem um ,o boban ! O tamanho dele no video é uma bizarrice linda de ver !

  3. Sem mimimi. DUNCAN RULES. GOSPURSGO

  1. Pingback: Spurs (2) @ Grizzlies (0) – Primeira fase dos playoffs | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (3) @ Grizzlies (0) – Varrida encaminhada | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (3) @ Grizzlies (0) – Primeira fase dos playoffs | Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s