Spurs (65-14) @ Nuggets (33-47) – Derrota do ‘catadão’

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif98×102

Sem Tony Parker, Manu Ginobili, Danny Green, Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge, poupados, e Boris Diaw, machucado, o San Antonio Spurs não teve forças para chegar à sua 66ª vitória na temporada. Jogando fora de casa, a equipe texana acabou derrotada pelo Denver Nuggets nessa sexta-feira (8) pelo placar de 102 a 98. Vamos aos destaques do duelo.

Duncan assumiu o comando do time (Reprodução/nba.com/spurs)

The Big Fundamental

Com tantas baixas, era natural que Tim Duncan assumisse o protagonismo do Spurs. E ele o fez, deixando a quadra como cestinha do time: foram 21 pontos (9-15 FG, 3-6 FT), além de sete rebotes, em 34:27 minutos. O jogo foi bom para a confiança do veterano, que, somando os últimos quatro compromissos, havia marcado apenas 20 pontos, acertando somente sete dos 26 arremessos de quadra que tentou. Além disso, a partida foi a de número 1.391 do ala-pivô, agora empatado com Jason Kidd na sétima colocação da história da NBA, na liga.

David West se destacou (Reprodução/nba.com/spurs)

Aproveitando a oportunidade

Dois jogadores, especialmente, aproveitaram os minutos que ganharam por conta dos desfalques e mostraram serviço. Vindo do banco de reservas, o ala-armador Kevin Martin deixou a quadra com 17 pontos (5-11 FG, 2-4 3 PT, 5-5 FT) e seis rebotes em 26:16 minutos. David West, por sua vez, começou a partida como titular e contribuiu com mais 17 pontos (6-12 FG, 0-1 3 PT, 5-6 FT), sete rebotes e cinco tocos em 32:14 minutos. O ala-pivô igualou seu recorde pessoal de bloqueios em uma partida de NBA.

Sequência encerrada

Um dia antes de perder para o Nuggets, o Spurs foi superado pelo Golden State Warriors. A equipe texana ainda não tinha sido derrotada duas vezes seguidas no campeonato e perdeu a chance de bater um recorde, já que nunca um time terminou uma temporada regular sem dois resultados ruins consecutivos. O time de Oakland, por sua vez, ainda tem essa oportunidade.

Fazendo história

Apesar de não ter mais chances de se classificar para os playoffs, o Nuggets tem potencial para se transformar em um bom time a curto prazo. A equipe do Colorado foi a única que bateu Spurs e Warriors na temporada, prova de que pode se tornar competitiva em breve.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 21 pontos e 7 rebotes

David West – 17 pontos, 7 rebotes e 5 tocos

Kevin  Martin – 17 pontos e 6 rebotes

Jonathon Simmons – 15 pontos e 5 rebotes

Denver Nuggets

Jusuf Nurkic – 21 pontos, 9 rebotes, 2 tocos e 2 roubos de bola

Emmanuel Mudiay – 20 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Jakarr Sampson – 16 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Will Barton – 11 pontos e 2 roubos de bola

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor do LANCE!Net desde 2013, três anos após ter sido estagiário do Diário LANCE!. Neste meio tempo, foi repórter de automobilismo na agência mob36, redator do UOL Esporte e colunista no Basketeria.

Publicado em 09/04/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. só tá errado o vídeo dos melhores momentos hehehe

  1. Pingback: Spurs (65-14) vs Warriors (71-9) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s