Spurs (60-11) @ Heat (41-30) – Fardados para a vitória

 112×88

Após ser derrotado pelo Charlotte Hornets, o San Antonio Spurs se reergueu, voltou para o AT&T Center e manteve sua invencibilidade jogando em casa na temporada ao bater o Miami Heat por 112 a 88 nessa quarta-feira (23). Vestidos em homenagem aos soldados americanos, os comandados de Gregg Popovich tiveram Kawhi Leonard como destaque – o ala anotou 32 pontos, igualando sua pontuação máxima na carreira. Confira como foi o duelo:

Fardado, Leonard liderou os Spurs com 32 pontos (NBA/ Getty Images)

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima

Vestido para a guerra, o Spurs entrou em quadra na noite desta quarta-feira (23), contra o Miami Heat, com duas missões: se recuperar do tombo levado contra o Hornets e manter a invencibilidade em casa nesta temporada. Os objetivos foram alcançados com êxito. Em uma partida em que quase todos os jogadores pontuaram – a exceção foi Andre Miller -, o time texano dividiu bem a produção ofensiva, e apenas três jogadores da equipe de San Antonio chegaram aos dois dígitos: Kawhi Leonard, Kevin Martin e Boban Marjanovic.

Marjanovic atingiu sua melhor marca na NBA com 19 pontos (NBA/ Getty Images)

Não foi um duelo fácil. Em momento nenhum o Heat deixou o Spurs se distanciar no placar. O jogo foi para o intervalo com 56 a 47 com certa preocupação com Leonard, que se chocou com Amare Stoudemire e chegou a assustar os torcedores presentes.

Na volta dos vestiários, o Heat não conseguiu mais segurar a empolgação texana. Com uma corrida de 14 a 2, o time de San Antonio chegou a abrir 20 pontos de vantagem. Com o resultado final praticamente sacramentado, foi a vez dos reservas ganharem alguns minutos de jogo. O Spurs fechou o jogo em 112 a 88 e segue com a melhor campanha de sua história.

MVP!

É só assistir a um jogo dos Spurs e esperar para que Kawhi Leonard sofra falta que o leve à linha de lances livres para ver o ginásio gritar como uma só voz: MVP!

Porém, apesar da excelente temporada que vem fazendo, Leonard corre por fora. Stephen Curry ainda é apontado como favorito, e atrás dele podemos citar LeBron James e Russell Westbrook, entre outros.

Porém, apesar de não ter toda a “fama” de seus concorrentes, o ala do Spurs está fazendo uma exibição melhor que a outra e é digno de concorrer a tal premiação. Contra o Heat, igualou sua melhor marca em uma partida, com 32 pontos, além de contribuir com oito rebotes nos 24 minutos em que esteve em quadra. Fica a pergunta: é loucura considerarmos que o título de MVP estaria em boas mãos com Leonard?

De bobo não tem nada!

Nada mesmo, ainda mais se tratando de Heat. Boban Marjanovic levou os torcedores na noite desta quarta (23) e não só pelo seu jeito desengonçado distribuído em 2,22 de altura. O sérvio deu um verdadeiro show ao bater seu recorde de pontos em uma partida da NBA. O pivô anotou 19 pontos, pegou quatro rebotes e ainda computou um roubo de bola em 13 minutos.

Contra o Heat, o gigante ainda tem estrela. Na primeira partida entre os times na temporada, Marjanovic anotou 11 pontos e seis rebotes. Vale lembrar que a presença do carismático pivô foi confirmada após o mesmo ter sido trazido de volta à equipe principal após servir ao Austin Spurs, equipe texana que disputada a Liga de Desenvolvimento da NBA.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 32 pontos e 8 rebotes

Boban Marjanovic – 19 pontos e 4 rebotes

Kevin Martin – 12 pontos

Miami Heat

Josh Richardson – 17 pontos e 4 assistências

Dwyane Wade – 16 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Gerald Green – 13 pontos e 3 assistências

Hassan Whiteside – 12 pontos e 14 rebotes

Anúncios

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Também é redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 24/03/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. O Golden boy e os coadjuvantes. Vamos esporas!

  2. Eu daria o titulo de MPV pro Leonard, sem ele esse time não passaria de mais um time comum da NBA. Curry, que com certeza ganhará, não sei se faria tanta falta assim para os Warriors, já que possuem um elenco excelente e outros dois excelentes jogadores no time titular.

    Não vi a partida ontem, o que aconteceu com o Aldridge? Dividiu o quarto do hotel com o parker e se contaminou com a ruindade?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s