Arquivo diário: 20/03/2016

Spurs (59-10) vs Warriors (62-7) – Aqui não!

https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif87×79

Campanha histórica, recorde atrás de recorde, favorito e candidato ao prêmio de MVP do campeonato… nada disso foi capaz de tirar a invencibilidade do San Antonio Spurs. Nesse sábado (20), a equipe texana recebeu o Golden State Warriors, melhor time da temporada e um dos melhores de todos os tempos da NBA, e venceu o adversário por 87 a 79, chegando à marca de 44 triunfos consecutivos no AT&T Center. Vamos aos destaques do confronto.

Green e Aldridge foram decisivos (Reprodução/nba.com/spurs)

Força em casa

Ao vencer sua 44ª partida de temporada regular consecutiva como mandante – as 35 feitas neste campeonato, mais as nove que encerraram o anterior -, o Spurs empatou com o lendário Chicago Bulls de 1995/1996 com a segunda melhor sequência em casa da história, atrás justamente deste Golden State Warriors, que tem 50. Em 2015/2016, o time texano ficou em desvantagem por somente 9:37 minutos em quartos períodos atuando em seus domínios. Além disso, os últimos 33 duelos entre o alvinegro e a equipe de Oakland disputados no AT&T Center acabaram com a torcida local comemorando. Que continue assim!

Diaw foi a surpresa na escalação (Reprodução/nba.com/spurs)

Castigando o small-ball

Por conta das ausências de Andrew Bogut e Festus Ezeli, machucados, o Warriors começou a partida com sua temida escalação com Draymond Green de pivô e quatro jogadores abertos ao seu redor. Porém, o Spurs teve raro sucesso castigando essa escalação. Gregg Popovich promoveu a entrada de Boris Diaw no quinteto titular, fazendo com que Tim Duncan saísse do banco de reservas apenas pela terceira vez em sua carreira de 18 anos de NBA. O time texano terminou o jogo com 53 rebotes, contra 37 dos visitantes. Além disso, LaMarcus Aldridge soube punir seus marcadores menores dentro do garrafão, terminando a partida com 26 pontos e 13 ressaltos coletados.

Fera contida

Stephen Curry, favorito ao prêmio de MVP da temporada, esteve irreconhecível em San Antonio nesse sábado graças à boa marcação do Spurs, idealizada por Pop e comandada por Danny Green.

O ala-armador bloqueou uma bola de três pontos do astro adversário, que ainda não havia sofrido tocos em arremessos desse tipo na temporada. O armador deixou a quadra com 14 pontos, errando 11 dos 12 tiros de longa distância que arriscou e zerando no quarto período.

Estão deixando a gente sonhar

Com o resultado, o Spurs está somente três jogos atrás do Warriors e pode sonhar com a liderança da Conferência Oeste – principalmente porque ainda restam dois confrontos entre as equipes na temporada regular, um no Texas e um na Califórnia. Será possível?

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 26 pontos e 13 rebotes

Kawhi Leonard – 18 pontos, 14 rebotes, 4 assistências e 2 tocos

Boris Diaw – 14 pontos e 8 rebotes

Danny Green – 10 pontos, 4 rebotes e 3 tocos

Golden State Warriors

Klay Thompson – 15 pontos e 5 rebotes

Stephen Curry – 14 pontos, 6 assistências, 6 rebotes e 2 roubos de bola

Draymond Green – 11 pontos, 9 rebotes e 8 assistências

Brandon Rush – 10 pontos e 3 assistências