Spurs (48-9) @ Kings (24-32) – Tá tranquilo

leo-resumo

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif108×92

Depois de três jogos, Kawhi Leonard finalmente voltou ao San Antonio Spurs. Totalmente recuperado, ele foi um dos bons nomes no tranquilo triunfo do alvinegro sobre o Sacramento Kings, adversário que ainda sonha com uma vaga na pós-temporada da Conferência Oeste. O time texano venceu pelo placar de 108 a 92, nessa quarta-feira (24), mesmo jogando na casa do adversário. Vamos, a seguir, ao que de melhor aconteceu no confronto.

Kawhi voltou às quadras no jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

35 em 39

Quando o Spurs entra em quadra contra o Kings, muitas coisas podem acontecer, mas a vitória é quase certa. Nos últimos 39 confrontos entre as equipes, nada menos do que 35 terminaram com vitória do time texano. Tá bom de freguesia ou quer mais?

Parker foi o cestinha do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Garrafão inoperante

Vamos começar pelo que não deu certo. E a dupla titular do time de San Antonio, formada por Tim Duncan e LaMarcus Aldridge, não deu nada certo contra o Kings. O primeiro esteve em quadra por apenas 11 minutos e não converteu nenhum arremesso dos dois que tentou. Como resultado, saiu de quadra zerado. Mas o segundo foi ainda pior: converteu dois de 11 tiros de quadra arriscados e fez apenas sete pontos feitos. Ficaram devendo…

Já no perímetro…

Bem, a vitória do Spurs foi baseada em três jogadores: Kawhi Leonard, que retornava de lesão, Tony Parker, cestinha do time, e Danny Green, cirúrgico com seus arremessos. Quem apareceu muito bem também – este vindo do banco – foi o ala reserva Kyle Anderson, que chegou aos 14 pontos na partida, errando apenas um dos oito tiros de quadra que tentou.

O grande problema

Se o jogo contra o Kings foi fácil, fica o destaque para o quanto o adversário usou e abusou dos pick’n’roll. Não a toa, Rajon Rondo saiu de quadra com impressionantes 18 assistências. Sinal amarelo para o Spurs na defesa do quesito, que será essencial na pós-temporada.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 23 pontos

Kawhi Leonard – 18 pontos, 8 rebotes e 4 roubos de bola

Danny Green – 16 pontos e 7 rebotes

Kyle Anderson – 14 pontos e 8 rebotes

Sacramento Kings

DeMarcus Cousins – 22 pontos e 10 rebotes

Rajon Rondo – 7 pontos, 18 assistências e 8 rebotes

Anúncios

Sobre Leonardo Sacco

É jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. Cravou a opção pelo jornalismo no estouro do cronômetro, quando criou o Spurs Brasil em uma madrugada de domingo para segunda. Escreve para o Yahoo! Esportes e dá seus pitacos no @leosacco.

Publicado em 25/02/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Ontem cheguei ao cúmulo de sentir falta do splitter vendo nossa marcação no garrafão. Todo jogo apresentamos um problema diferente, será que até o início dos playoffs conseguiremos atingir um basquete de qualidade e regularidade de nossos principais jogadores? É estranho falar disso justo na temporada de melhor campanha nossa, mas o basquete jogado está muito abaixo das ultimas temporadas e principalmente das temporadas em que fomos campeões.

    • Eu nao senti falta do splitter,mas achei entristecedor o que aldridge tem feito…adotou um coraçao de mae deprimida e diz “podem passar meus filhos”… parece que o spurs cortou as asas do voador de blazers…esperavamos tanto .

  1. Pingback: Spurs (48-9) @ Jazz (28-28) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s