Spurs (41-8) vs Pelicans (18-30) – Sentimentos mistos

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif110×97

Nessa quarta-feira (3), o San Antonio Spurs venceu, no AT&T Center, o New Orleans Pelicans pelo placar de 110 a 97 em noite de sentimentos mistos para a torcida texana. Se por um lado o alvinegro engatou a segunda vitória seguida e manteve a invencibilidade em casa, por outro perdeu Manu Ginobili, que se lesionou durante a partida e deve ficar no mínimo um mês afastado das quadras. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge foi o cestinha da partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Fatalidade

Restando dois minutos e meio para o fim do jogo, Manu Ginobili teve de deixar a quadra rumo aos vestiários depois de ser atingido, bem… nos países baixos por Ryan Anderson. Embora David West e LaMarcus Aldridge tenham até brincado com o ocorrido após a partida, o problema é muito mais sério do que parecia a princípio: o ala-armador teve de operar o testículo nesta quinta e vai ficar pelo menos um mês afastado das quadras. Contra o Pelicans, o argentino obteve seis pontos, quatro assistências e três rebotes em 22:19 minutos.

Manu sofreu lesão grave (Reprodução/nba.com/spurs)

Novos destaques

Se a ausência de Manu Ginobili e Tim Duncan significava muito nas últimas temporadas, agora pode ser que o Spurs saiba se virar bem sem dois dos três membros do lendário Big Three. Isso porque agora a franquia aposta suas fichas em Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge, o que se mostrou acertado contra o Pelicans. Juntos, os novos astros do alvinegro combinaram para 20 pontos no quarto período, acertando seis dos dez arremessos de quadra tentados e decidindo a vitória do time texano.

Aldridge, em especial, fez sua melhor partida com a camisa do Spurs, deixando a quadra com 36 pontos, seis rebotes e três tocos e convertendo oito lances livres na parcial decisiva. Além disso, a defesa do ala-pivô sobre Anthony Davis, que marcou somente três pontos no quarto final, foi elogiada pelo técnico Gregg Popovich. Leonard, por sua vez, contribuiu com mais 26 pontos, cinco rebotes e dois tocos para a vitória.

Fazendo história

O Spurs venceu as 27 partidas que fez em casa na temporada até aqui e agora é líder isolado entre os melhores começos de campeonato como mandante da história da Conferência Oeste. No geral, a equipe texana está atrás apenas do Chicago Bulls de 1995/1996 (37) e do Orlando Magic da mesma temporada (33) e empatada com o Washington Capitols de 1947/1948. Além disso, o time igualou seu melhor recorde da história após 49 jogos, estabelecido em 2011.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 36 pontos, 6 rebotes e 3 tocos

Kawhi Leonard – 26 pontos, 5 rebotes e 2 tocos

Danny Green – 16 pontos e 7 rebotes

David West – 14 pontos, 5 rebotes, 5 assistências e 2 tocos

New Orleans Pelicans

Anthony Davis – 28 pontos, 10 rebotes, 4 assistências, 4 tocos e 4 roubos de bola

Jrue Holiday – 20 pontos, 5 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Norris Cole – 14 pontos, 9 assistências e 4 rebotes

Ryan Anderson – 10 pontos e 10 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 04/02/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Que fatalidade mesmo, na hora eu achei que fosse uma pancada no nariz e depois que tivesse sofrido um pisão na mão, não imaginava isso.
    Só assisti o segundo tempo, abrimos uns 15 pontos e logo em seguida sofremos a virada.
    Grande partida do aldridge, sempre agredindo a sexta. Parker mais uma vez foi um lixo, apesar de ser o líder só time em assistência, Mills quase não descansou no segundo tempo, hora como armador, hora como ala.
    Green começou bem com 4 em 5 no perímetro, porém errou as 3 últimas, foi muito agressivo na marcação, roubou bolas importantes, fez ótima partida.
    O ponto negativo mais uma vez foi que o time forçou muitas bolas, pouquíssimas jogadas foram bem trabalhadas e terminaram na mão do companheiro melhor posicionado, a diferença foi que nesse jogo as bolas caíram.
    Esse time do pelicanos é muito bom, vai dar muito trabalho futuramente.

  1. Pingback: Spurs (41-8) @ Mavs (28-24) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (51-9) @ Pelicans (23-36) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (53-9) vs Kings (25-36) – Manu e o elenco | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (62-12) vs (27-46) Pelicans – Temporada regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s