Arquivo mensal: fevereiro 2016

Sem McCallum, Spurs fecha com Miller; Martin na mira

O San Antonio Spurs faz as últimas movimentações no elenco de olho nos playoffs desta temporada. De acordo com relatos da imprensa americana, a franquia texana acertou com Andre Miller, dispensou Ray McCallum e tem interesse na contratação de Kevin Martin.

Miller e Martin com a camisa do Wolves (Reprodução/alvinet.com)

Segundo Shams Charania, Miller, que acaba de ser dispensado pelo Minnesota Timberwolves, tem um acordo para reforçar o Spurs. Na temporada, o armador, de 39 anos de idade, disputou 26 partidas, com médias de 3,4 pontos e 2,2 assistências em 10,8 minutos por jogo.

Para abrir espaço em seu elenco e poder assinar com Miller, já que estava sob contrato com 15 jogadores, o Spurs decidiu dispensar Ray McCallum de acordo com reportagem de Adrian Wojnarowski. Na temporada, o armador havia entrado em quadra em 31 oportunidades pelo alvinegro, obtendo, em média, 2,2 pontos e 1,1 assistências em 8,3 minutos por exibição.

Mesmo com as transações, pode ser que o Spurs não pare por aí. De acordo com reportagem de Marc Stein, o Spurs tem interesse em Kevin Martin, que também pode ser dispensado pelo Wolves. Na temporada, o ala-armador apresenta médias de 10,6 pontos e 2,1 rebotes em 21,4 minutos por compromisso após 39 partidas disputadas.

Todas as transações precisam ser completadas até o dia 1º de março, data limite para que um jogador contratado seja inscrito e fique elegível durante os playoffs.

Spurs (50-9) @ Rockets (29-30) – Fim da Rodeo Trip

104×94

Pedimos desculpas pela falta de cobertura deste confronto no nosso blog. Para saber mais sobre a partida, por favor visite o material disponível no site oficial da NBA.

Aldridge teve grande atuação (Reprodução/nba.com/spurs)

 Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 27 pontos e 8 rebotes

LaMarcus Aldridge – 26 pontos e 16 rebotes

Tony Parker – 15 pontos e 4 assistências

Kyle Anderson – 11 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Houston Rockets

James Harden – 27 pontos e 4 rebotes

Corey Brewer – 15 pontos e 4 rebotes

Jason Terry – 15 pontos e 3 assistências

Dwight Howard – 11 pontos e 14 rebotes

Spurs (49-9) @ Jazz (28-29) – 6ª vitória no Rodeo Trip

 96×78

Após um inicio de partida apagado, o San Antonio Spurs conseguiu reagir e vencer o Utah Jazz fora de casa pelo placar de 96 a 78, nessa quinta-feira (25). Com o triunfo, o time texano chegou à marca de seis resultados positivos – quatro deles nos últimos quatro jogos – e apenas uma derrota no Rodeo Trip desta temporada. Destaque para Kawhi Leonard e Tim Duncan, que lideraram a virada do alvinegro. Vamos conferir os destaques do confronto:

The Big Fundamental anotou um double-double (NBA/Getty Images)

O jogo

O Spurs começou o primeiro quarto meio desligado. Liderado por Derrick Favors, que fez oito pontos na primeira parcial, o Jazz saiu na frente e venceu o período por 23 a 18. Porém, o que os donos da casa não esperavam é que Kawhi Leonard entraria em ação para mudar esse panorama. Com uma forte defesa e com chutes precisos, o camisa #2 mudou o cenário, impulsionando a virada. Os times desceram para o vestiário com o placar apontando 39 a 35 a favor do alvinegro. Nessa altura, Tim Duncan já computava oito pontos e seis rebotes.

Leonard foi cestinha com 29 pontos (NBA/Getty Images)

Na segunda metade de partida, Leonard e Duncan seguiam ditando o ritmo de jogo, só que Tony Parker se juntou à dupla – ele que, em certo momento da temporada, assumiu o protagonismo da equipe. Assim, foi só administrar o placar. O resultado foi muito ruim para o Jazz, que disputa diretamente a última vaga da Conferência Oeste para os playoffs com o Houston Rockets. Com a derrota, se a fase de classificação terminasse agora, o time de Raulzinho estaria de fora, já que ocupa o nono lugar.

Para o Spurs, o próximo jogo será contra o próprio Rockets, no sábado, na casa do rival texano. No mesmo dia, o Jazz, em casa, pega o Brooklyn Nets.

Defesa faz a diferença

Uma das características do Spurs é a sua forte marcação. E prova disso é o que ela foi capaz de fazer contra o Jazz, contribuindo para a virada no segundo quarto. Com isso, o alvinegro provou porque tem a melhor defesa da NBA hoje, deixando o adversário, que jogava em casa, fazer apenas 78 pontos.

Vale lembrar que trata-se de um oponente que vem, ao longo do tempo, consagrando seu setor ofensivo, principalmente pelo forte garrafão. Foi o menor placar registrado pela equipe de Utah na temporada até aqui. Outro dado que mostra isso são os rebotes. Enquanto o time da casa pegou apenas quatro ofensivos, os visitantes foram responsáveis por 34 defensivos.

Que venha o clássico!

Para seu próximo desafio, o Spurs tem pela frente o Rockets. As duas equipes já se enfrentaram três vezes na temporada até agora. A primeira delas foi na noite de Natal do ano passado, e time de Houston, jogando em casa, saiu com a vitória por apenas quatro pontos de diferença: 88 a 84. Porém, nos encontros seguintes, a hegemonia alvinegra falou mais alto.

Em dois jogos praticamente massacrantes, o Spurs simplesmente atropelou James Harden e companhia. No segundo encontro entre as equipe o placar foi de 121 a 103 para a equipe de Gregg Popovich, em partida realizada no AT&T Center. Por fim, na última vez que os times se enfrentaram, o alvinegro tinha acabado de sofrer uma derrota humilhante para o Golden State Warriors e decidiu escolher o rival para se vingar. O placar foi de 130 a 99 para o time de San Antonio, que de novo atuou em seus domínios. O que esperar agora do quarto clássico?

O jogo acontece em Houston, e as equipes ainda não perderam como mandantes para o rival nesta temporada. Mas vale ressaltar que o Spurs deu uma verdadeira aula nos últimos confrontos. Porém, como diz o ditado, clássico é clássico e vice versa.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 29 pontos, 5 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola

Tony Parker – 16 pontos e 6 assistências

LaMarcus Aldridge – 15 pontos e 7 rebotes

Tim Duncan – 14 pontos e 11 rebotes

Patty Mills – 11 pontos

Utah Jazz

Derrick Favors – 25 pontos e 6 rebotes

Rodney Hood – 12 pontos e 6 assistências

Gordon Hayward – 11 pontos

Spurs (48-9) @ Jazz (28-28) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Utah Jazz – Temporada Regular

Data: 26/02/2016

Horário: 00h30 (Horário de Brasília)

Local: Vivint Smart Home Arena, UT

Um dia depois de vencer o Sacramento Kings fora de casa por 108 a 92, o San Antonio Spurs continua na estrada, desta vez para encarar o Utah Jazz. No jogo contra os californianos, o alvinegro teve a volta de Kawhi Leonard, que estava lesionado. O mais novo All-Star do elenco mostrou porque fez tanta falta para o time, que vinha conquistando vitórias com dificuldade durante sua ausência. O ala mal voltou e anotou 18 pontos, conquistou oito rebotes e furtou a bola do adversário quatro vezes. Assim, a equipe segue à caça do Golden State Warriors, que na noite anterior quase perdeu para o Miami Heat. Os texanos têm campanha de 48 vitórias e nove derrotas, enquanto Stephen Curry e companhia somam 51 vitórias e cinco derrotas na primeira posição da Conferência Oeste. Enquanto isso, a franquia de Salt Lake City vive situação oposta, brigando por uma vaga nos playoffs. Atualmente, o clube de Raulzinho está em oitavo neste lado da tabela, com 28 vitórias e 28 derrotas, seguido de perto pelo Houston Rockets, que também tem 28 triunfos, mas com um revés a mais.

Confrontos na temporada (2-0)

14/12/2015 – Spurs 118 x 81 Jazz

Contando com 22 pontos e sete rebotes de Kawhi Leonard e 18 pontos e oito rebotes de LaMarcus Aldridge, o Spurs não teve dificuldades para atropelar o Jazz jogando no AT&T Center no primeiro confronto dos dois times nesta temporada.

06/01/2015 – Spurs 123 x 98 Jazz

No segundo encontro das equipes na temporada, o Spurs atropelou o Jazz. O veterano Tim Duncan foi o destaque da partida com 18 pontos, oito rebotes e seis assistências. Kawhi Leonard fez 15 pontos, e David West adicionou 14 pontos e 13 rebotes.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Com algumas ausências após o All-Star Weekend, demorou, mas Tony Parker voltou a assumir o protagonismo da equipe quando algumas de suas principais peças não apresentavam condição de jogo. No confronto com o Kings, o armador francês foi o cestinha com 23 pontos, além de seis assistências. Na vitória sobre o Phoenix Suns, já havia sido destaque, deixando a quadra com 22 pontos e quatro assistências.

PG – Shelvin Mack

SG -Rodney Hood

SFGordon Hayward

PF – Derrick Favors

C – Rudy Gobert

Fique de Olho – Em seu último compromisso, o Jazz conquistou uma importante vitória por 117 a 114 em cima do Rockets, concorrente direto por um vaga para os playoffs. Na partida, destaque para Gordon Hayward que anotou 28 pontos, sete rebotes e cinco assistências.

Spurs (48-9) @ Kings (24-32) – Tá tranquilo

leo-resumo

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif108×92

Depois de três jogos, Kawhi Leonard finalmente voltou ao San Antonio Spurs. Totalmente recuperado, ele foi um dos bons nomes no tranquilo triunfo do alvinegro sobre o Sacramento Kings, adversário que ainda sonha com uma vaga na pós-temporada da Conferência Oeste. O time texano venceu pelo placar de 108 a 92, nessa quarta-feira (24), mesmo jogando na casa do adversário. Vamos, a seguir, ao que de melhor aconteceu no confronto.

Kawhi voltou às quadras no jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

35 em 39

Quando o Spurs entra em quadra contra o Kings, muitas coisas podem acontecer, mas a vitória é quase certa. Nos últimos 39 confrontos entre as equipes, nada menos do que 35 terminaram com vitória do time texano. Tá bom de freguesia ou quer mais?

Parker foi o cestinha do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Garrafão inoperante

Vamos começar pelo que não deu certo. E a dupla titular do time de San Antonio, formada por Tim Duncan e LaMarcus Aldridge, não deu nada certo contra o Kings. O primeiro esteve em quadra por apenas 11 minutos e não converteu nenhum arremesso dos dois que tentou. Como resultado, saiu de quadra zerado. Mas o segundo foi ainda pior: converteu dois de 11 tiros de quadra arriscados e fez apenas sete pontos feitos. Ficaram devendo…

Já no perímetro…

Bem, a vitória do Spurs foi baseada em três jogadores: Kawhi Leonard, que retornava de lesão, Tony Parker, cestinha do time, e Danny Green, cirúrgico com seus arremessos. Quem apareceu muito bem também – este vindo do banco – foi o ala reserva Kyle Anderson, que chegou aos 14 pontos na partida, errando apenas um dos oito tiros de quadra que tentou.

O grande problema

Se o jogo contra o Kings foi fácil, fica o destaque para o quanto o adversário usou e abusou dos pick’n’roll. Não a toa, Rajon Rondo saiu de quadra com impressionantes 18 assistências. Sinal amarelo para o Spurs na defesa do quesito, que será essencial na pós-temporada.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 23 pontos

Kawhi Leonard – 18 pontos, 8 rebotes e 4 roubos de bola

Danny Green – 16 pontos e 7 rebotes

Kyle Anderson – 14 pontos e 8 rebotes

Sacramento Kings

DeMarcus Cousins – 22 pontos e 10 rebotes

Rajon Rondo – 7 pontos, 18 assistências e 8 rebotes