Arquivo diário: 26/01/2016

Spurs (38-7) @ Warriors (41-4) – Que surra!

https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif90×120

O primeiro passo é admitir. E não é preciso muito para se notar que, neste momento, o Golden State Warriors é (muito) mais time do que qualquer um na NBA. Inclusive o San Antonio Spurs; que o diga a avassaladora derrota por 120 a 90 do alvinegro texano para a equipe californiana na noite dessa segunda-feira (26). Mas vamos por partes.

É, rapazeada… (Reprodução/nba.com/spurs)

Talvez, talvez…

O jogo começou com o Spurs errando MUITO. E isso foi crucial para a derrota. Muito mais do que a ausência de Tim Duncan, já que esta é cercada de “talvez”. Talvez ele tivesse melhorado a defesa, talvez o time estivesse melhor… Talvez. Agora, falando em fatos, a equipe texana foi muito mal na construção de jogadas. E o Warriors não permite isso.

Parker pouco fez (Reprodução/nba.com/spurs)

Ataque x defesa

Bem, essa era a tônica do jogo. A equipe de Golden State representa, hoje, não só o melhor ataque, mas também o melhor time. O alvinegro texano trilha seu caminho para o topo baseado na melhor defesa. Não dava para ser diferente, então, que o duelo fosse enxergado dessa maneira. E a elasticidade do placar mostra que a qualidade ofensiva do Warriors foi bastante superior ao primor defensivo do Spurs.

Pouco volume

A derrota ficou tão clara no começo do jogo que nenhum jogador do Spurs atuou por mais de 25 minutos. Deles, apenas Kawhi Leonard produziu bem ofensivamente, com 16 pontos. LaMarcus Aldridge, outro com o mesmo tempo de quadra, fez apenas cinco pontos, acertando apenas dois em nove arremessos tentados. Péssimo. O pouco tempo, no entanto, deixou no ar a dúvida de como seria um jogo equilibrado entre os times. Menos mal.

Fenômenos

A derrota foi acachapante? Não restam dúvidas. Mas a questão é que o Spurs perdeu para um dos melhores times, sim, da história. Ok, a melhor defesa tomar 30 pontos de diferença é para preocupar, mas a derrota em si era mais do que esperada. Vida que segue.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 16 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Boban Marjanovic – 12 pontos e 6 rebotes

David West – 12 pontos e 5 rebotes

Golden State Warriors

Stephen Curry – 37 pontos, 5 roubos de bola e 3 assistências

Brandon Rush – 13 pontos e 3 assistências

Shaun Livingston – 13 pontos e 2 roubos de bola

Marreese Speights – 12 pontos e 7 rebotes

Draymond Green – 11 pontos, 9 rebotes, 6 assistências e 3 roubos de bola

Klay Thompson – 11 pontos e 4 rebotes

Anúncios