Spurs (35-6) vs Cavaliers (27-10) – Destronando o Rei

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif99×95

Com grandes atuações do armador Tony Parker e do ala Kawhi Leonard, o San Antonio Spurs venceu o Cleveland Cavaliers pelo placar de 99 a 95, nessa quinta-feira (14), em um de seus maiores testes na temporada até aqui. Com isso, o alvinegro texano se manteve invicto em casa no campeonato. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Parker foi o cestinha do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Na base da virada

O começo do jogo foi assustador para a torcida do Spurs. O Cavaliers venceu o primeiro quarto por 32 a 20 e chegou abrir 15 pontos de diferença. Aos poucos, no entanto, a equipe texana foi equilibrando o jogo na base da defesa e chegando perto no placar. A aproximação permitiu que, no início do último período, Patrick Mills, Danny Green e David West comandassem uma corrida de 13 a 2, decisiva para a vitória do alvinegro.

Kawhi fez mais um bom jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Nomes da partida 

O grande responsável por tirar o Spurs do buraco após um péssimo quarto inicial foi Tony Parker. O armador francês marcou os 12 últimos pontos do time no primeiro tempo, o que permitiu que o alvinegro fosse para o intervalo perdendo apenas por seis pontos. O camisa #9 acabou a partida com 24 pontos, quatro rebotes e três roubadas de bola. Além dele, o ala Kawhi Leonard, com 20 pontos, dez rebotes, cinco assistências e dois tocos, também se destacou.

Força do AT&T Center

Contra o Cavaliers, o Spurs chegou à 23ª vitória em 23 jogos no AT&T Center disputados no campeonato. Nesse período, a equipe jogou 264 minutos de períodos finais e esteve perdendo por um total de somente 54 segundos. Se contarmos as partidas da temporada anterior, são 32 triunfos consecutivos em casa, oitava maior marca da história da NBA. O recordista é o Chicago Bulls, que obteve 44 entre 1995 e 1996. Será que é possível alcançar?

Fazendo história

Sempre importante vindo do banco, Manu Ginobili deixou a quadra com dez pontos e três rebotes na noite em que fez seu jogo de número 900 na NBA, todos eles pelo Spurs.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 24 pontos, 4 rebotes e 3 roubos de bola

Kawhi Leonard – 20 pontos, 10 rebotes, 5 assistências e 2 tocos

David West – 13 pontos e 5 rebotes

Manu Ginobili – 10 pontos e 3 rebotes

Cleveland Cavaliers

LeBron James – 22 pontos, 7 rebotes e 5 assistências

Tristan Thompson – 18 pontos e 14 rebotes

J. R. Smith – 17 pontos

Kyrie Irving – 16 pontos e 4 assistências

Kevin Love – 10 pontos e 12 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 15/01/2016, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Grande vitória dos Spurs! E como é bom ver o Parker reencontrando seu jogo!

    Uma outra marca atingida pelos Spurs após o fim do jogo: essa foi a 10ª vitória seguida da equipe. Segundo o Michael C. Wright, da Espn, essa foi a 6ª temporada consecutiva que os Spurs conseguem uma sequência de 10 vitórias, sendo a primeira equipe na história da NBA a conseguir tal feito.

  2. Uma pena que nunca conseguimos ter todos os nossos principais jogadores atuando bem. Esperava muito do aldrige ontem. Foi pior que o splitter na pior fase kkkk. O green não aguento mais olhar nem pra cara, precisaremos buscar um especialista em bolas de 3, aliás, deve ser uma das piores temporadas nesse quesito do time na era pop. Há algumas temporadas atrás tinha uma especie de fantasma do terceiro período, agora o fantasma mudou para o primeiro, temps iniciado mal diversas partidas nessa temporada.

    • Realmente,esse terceiro periodo,deixava todo mundo pensando no “o que vao fazer agora?”,o ruim disso tudo,é o danny,rapaz,torce aí junto de mim,pra ser uma fase ruim que ja vai acabar,pois a gente realmente precisa dele!
      Porem,banco sempre correspondendo,isso é bom demais!

  3. Aldridge ainda nao ta no ritmo real do spurs,isso virá ainda nessa temporada,ontem debutou a sangue frio,no primeiro duelo de peso,ja que o cleveland ta levantando pra mijar,rsrs.
    Agora : mania de lebron sempre abrir muito no primeiro quarto contra spurs e no fim, “os fins justificam os meios”,ehegehe…
    Green ta como fator surpresa,por enquanto,as vezes a unica bola dele,é a diferença da vitoria ,mas esse jogo,ainda deu show essa defesa do spurs,alem de me lembrar,que na antiguidade,o rei era a representaçao de “deus” na terra,daí,que se lebron é the king,acho que com deus,digo,duncan em quadra,nao tem nada a se fazer,senao perder e ir chorar em cleveland,rsrsrs.
    Delicia de jogo!

  4. Tinha que ter colodado o boban da massa ontem, pelo menos alguns minutos para ver como ele se sairia em duelo contra o Thompson, que jogou muito a vontade.

  1. Pingback: Spurs (39-7) @ Cavaliers (33-12) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s