Spurs (24-5) vs Pacers (16-11) – Aqui não!

106×92 

Durante três quartos, o Indiana Pacers deu trabalho ao San Antonio Spurs. No últimos período, entretanto, sucumbiu à força do time texano, que, nesta quarta-feira, manteve a invencibilidade como mandante na temporada 2015/2016. Com o triunfo por 106 a 92, já são 16 vitórias em 16 jogos no AT&T Center para o alvinegro. Vamos aos destaques da noite.

Jogador da Semana, Kawhi Leonard foi o cestinha da partida (Reprodução/NBA.com/spurs)

Jogador da semana

Eleito pela primeira vez na carreira o Jogador da Semana da Conferência Oeste, no período entre os dias 14 e 20 de dezembro, Kawhi Leonard teve mais uma grande atuação dos dois lados da quadra. Ele foi o cestinha da partida, com 24 pontos, além de contribuir com seis rebotes, cinco assistências e três roubadas de bola nos 35 minutos em que atuou.

Na defesa, o camisa #4 segurou Paul George, que teve sua pior exibição na temporada. O craque do Pacers, que sustenta média de 26,2 pontos na campanha, deixou a quadra com apenas sete anotados, convertendo somente um arremesso de quadra em 14 tentativas. Foi a primeira vez que o ala não pontuou em dígitos duplos no campeonato.

Diaw estava em noite inspirada (Reprodução/NBA.com/spurs)

Falta pontaria

A única ressalva em relação à grande noite de Leonard foram as bolas de três pontos. Em seis tentativas, o ala contabilizou apenas um acerto, desperdiçando alguns arremessos em que tinha liberdade. Os tiros de longe, aliás, têm sido um problema para o Spurs. Com a saída de Marco Belinelli e a queda de produção de Danny Green no fundamento, a equipe ficou sem um especialista confiável. Patty Mills e Manu Ginobili oscilam boas e más partidas neste tipo de arremesso, enquanto Matt Bonner foi retirado da rotação. Contra o Pacers, foram seis acertos em 20 arremessos de trás do arco, com Leonard, Green e Mills combinando para terríveis três conversões em 15 tentativas.

Gordinho inspirado

Boris Diaw teve uma de suas melhores atuações na temporada nesta segunda. O francês, inclusive, teve papel fundamental durante o primeiro tempo de partida, quando chamou a responsabilidade em momentos em que o rival chegou a ameaçar.

Mostrando muita habilidade e concluindo com maestria as jogadas próximas ao aro, o “gordinho” da equipe de San Antonio encerrou o jogo com 14 pontos, sua segunda melhor marca nesta temporada, e igualou sua melhor marca em rebotes, com oito.

Pelas beiradas

Depois de praticamente não pisar em quadra no mês de novembro, Jonathon Simmoms parece, aos poucos, conquistar a confiança de Gregg Popovich. Na disputa pela reserva de Kawhi Leonard, o camisa #17 desbancou o então preferido Rasual Butler em dezembro e tem mostrado serviço quando acionado, mesmo que por poucos minutos, como suplente do ala. No mês, suas médias são de 7,3 pontos, 2,4 rebotes e 1,8 assistências em 15,6 minutos por exibição, números bem próximos aos registrados por ele diante dos Pacers: sete pontos, três rebotes e duas assistências em 11 minutos. Mais um achado do Spurs?

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 24 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Tony Parker – 15 pontos e 4 assistências

Boris Diaw – 14 pontos e 8 rebotes

Indiana Pacers

Rodney Stuckey – 16 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Jordan Hill – 15 pontos e 9 rebotes

George Hill – 15 pontos

Anúncios

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 22/12/2015, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Kawhi é o melhor defensor da liga. Diaw, numa pelada seria o último a ser escolhido pelo despreparo físico, não entendo como ele faz o que faz. Mas o que mais chama atenção é que o Spurs sempre passa dos 100 pontos e no final temos que contar os pontos individuais para tirar a prova real, um com 7 outro 5, 10, 18, 4, 7, 3, 6, 8, 11, etc.

  2. Simmons parece que vai conquistar o espaço dele. West tbm vem contribuindo bem da sua maneira. Se melhorar o tiro de longe, manter a defesa e chegar saudavelnos Offs somos fortes candidatos ao título.

    GoSpursGo

  3. Hahaha, vdd Felipe, o coach Pop proibiu os jogadores de passar dos 30 pontos.

  4. Que chatice…roubaram tudo o que eu ia dizer,kkkkk! O lindo do spurs,é que o time parece ainda em ajuste e a contribuição disso,tem rendido excelentes cheques-mates, todos livres de sorte e só a base do empenho.
    Podem concordar,que ainda tem o marjanovic no banco,observando as gazelas indefesas ,la do banco…das melhores composiçoes que o spurs ja teve !

  1. Pingback: Spurs (53-9) @ Pacers (33-30) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s