Spurs (9-2) vs Nuggets (6-6) – Seis e contando

109×98https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/229/thumbs/xeti0fjbyzmcffue57vz5o1gl.gif 

O San Antonio Spurs engrenou a sexta vitória seguida na temporada 2015/2016 ao superar, nesta quarta-feira (18), o Denver Nuggets pelo placar de 109 a 98. E quem compareceu ao AT&T Center pode acompanhar uma grande noite do francês Tony Parker, que lembrou os velhos tempos e liderou os texanos a mais um triunfo em casa. Vamos aos destaques:

Titulares foram comandados por Parker (Reprodução/nba.com/spurs)

Merci, Parker!

Os 33 anos de idade parecem pesar para Tony Parker mais do que pesaram para Tim Duncan e para Manu Ginobili. Sem a mesma condição física de antes, o francês vem fazendo uma temporada bastante discreta, com os números mais baixos desde sua temporada de calouro.

Nesta quarta, porém, o armador lembrou os velhos tempos e fez seu melhor jogo no ano, ultrapassando pela primeira vez a barreira dos 20 pontos, chegando a 25. As nove assistências distribuídas também representam seu máximo no ano até agora.

Mills fez grande partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Como o vinho

Falar das inúmeras qualidades de Tim Duncan é chover no molhado. Aos 39 anos, The Big Fundamental continua encontrando meios de causar impacto em quadra, independentemente da função que desempenha em quadra. Diante do Denver Nuggets, ele recheou a tabela de estatísticas e flertou com um quádruplo-duplo: foram 12 pontos, 11 rebotes, seis assistências e seis bloqueios para o craque.

For threeeeeee!

Aspecto fundamental do esquema tático do Spurs nos últimos anos, as bolas de três pontos, enfim, voltaram a cair. Foram nove acertos em 18 tentativas, um mais do que digno aproveitamento de 50%. Kawhi Leonard e Patty Mills converteram três cada. O australiano, aliás, vem tentando ocupar a função de arremessador vindo do banco, que era de Marco Belinelli até a última campanha. O desempenho, porém, ainda é instável, com jogos de boa e de má pontaria se alternando.

Na história

Kawhi Leonard marcou seu nome na história ao se tornar o segundo jogador a alcançar 200 vitórias mais rapidamente na carreira. Ele chegou a esta marca em 263 partidas disputadas, com aproveitamento de 76,3%. O mais rápido até hoje foi A.C. Green, ala do Los Angeles Lakers na era “Showtime”, que obteve a marca com somente 259 jogos.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 25 pontos e 9 assistências

Kawhi Leonard – 20 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Tim Duncan – 12 pontos, 11 rebotes, 6 assistências e 6 tocos

Denver Nuggets

Nikola Jokic – 23 pontos e 12 rebotes

Kenneth Faried – 15 pontos e 7 rebotes

Gary Harris – 15 pontos

Anúncios

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 19/11/2015, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s