Como Aldridge se encaixará no Spurs em nove gifs

LaMarcus Aldridge fez cinco jogos com o San Antonio Spurs na temporada. Tem médias boas (14,8 pontos e dez rebotes por jogo), mas se esperava um pouco dele neste início.

LaMarcus Aldridge Spurs

Tim Duncan e LaMarcus Aldridge (FoxSports)

Obviamente é o começo, nem deu tempo do camisa #12 aprender tudo sobre o sistema de jogo do treinador Gregg Popovich e de conhecer a fundo seus novos companheiros de equipe. Acho, particularmente, que o baixo aproveitamento de 41% nos arremessos de quadra vai melhorar consideravelmente no decorrer desta temporada.

É injusto criticar seus números até aqui, até porque é absolutamente normal que eles sejam menores do que no Portland TrailBlazers, equipe em que dominava as ações. Agora ele continua como protagonista, mas divide os holofotes com muitos outros atletas.

O intuito deste artigo, portanto, é tentar entender como o ala-pivô vai se encaixar no esquema ofensivo do Spurs. Para isso, criei gifs com o vídeo da vitória sobre o Boston Celtics, que foi quando Aldridge teve sua melhor partida até aqui pela equipe de San Antonio, e expliquei algumas jogadas em que ele teve considerável sucesso. Vamos lá?

1. Sendo isolado

Essa era uma jogada clássica do camisa #12 em Portland, quando se colocava de costas para a cesta de um lado da quadra, recebia a bola e via seus companheiros partirem para o outro lado, deixando-o sozinho contra seu marcador. Repare como ele recebe a bola de Tony Parker, encara David Lee e ganha dois lances-livres bem facilmente:

LMA01

De novo contra David Lee:

LMA05

Desta vez contra Jared Sullinger:

LMA08

E novamente contra Sullinger:

LMA09

Quatro jogadas semelhantes em apenas uma partida. Esse é um dos carros-chefe do ala-pivô, e Gregg Popovich certamente saberá como tirar proveito disso.

2. Atraindo a defesa e distribuindo o jogo

Mesmo cenário da jogada anterior. Aqui, Aldridge recebe a bola, atrai a defesa para dentro graças ao seu perigoso jogo de costas para a cesta e permite que o armador australiano Patrick Mills se desloque e fique livre para um arremesso de três pontos. BANG!

LMA02

3. Pick and roll

Uma jogada clássica do basquete e que funciona muito bem com um ala-pivô leve como Aldridge. Nela, ele sobe para fazer o corta-luz para o armador (Manu Ginobili, neste caso) e, após fazer a parede, parte livre rumo à cesta, recebendo a bola do argentino e concluindo o lance. A jogada terminou meio mal executada porque o camisa #12 perdeu o controle da bola no meio do caminho, mas deve ser uma arma que veremos muito ao longo da temporada.

LMA03

4. Pick and pop

Jogada mortal para pivôs com bom arremesso. Repare que Aldridge faz a parede para Parker, que parte para a cesta atraindo dois marcadores enquanto o camisa #12 se desloca para trás, livre. o camisa #12 recebe a bola e conclui um arremesso simples.

LMA06

5. Se posicionando na zona morta

Essa jogada é bem interessante. Repare que Tim Duncan se movimenta e faz um corta luz para Kawhi Leonard; enquanto isso acontece, Aldridge dá alguns passos tímidos para trás e fica posicionado esperando a bola. Leonard, aproveitando a parede de Duncan, parte para a cesta e se depara com a área pintada congestionada por quatro jogadores, entre eles Amir Johnson, encarregado de marcar o camisa #12. Com isso, o ala-pivô ficou livre na zona morta. O ala, inteligente, encontrou o companheiro livre para mais dois pontos.

LMA07

6. Agilidade embaixo da cesta

Outra jogada curiosa que tem funcionado e que o Spurs possivelmente continuará usando. Duncan recebe a bola de frente para a cesta e traz com ele um dos pivôs do Celtics. Repare como todo o time está espaçado pela quadra e como apenas Aldridge fica dentro da área verde. The Big Fundamental percebe que o camisa #12 está sozinho contra Lee e dá um passe inteligente para o companheiro, que gira sobre o defensor e fica sozinho para marcar.

LMA04

Existem dezenas de formas de usar Aldridge no ataque do Spurs. Essas foram apenas algumas delas que notei e que têm funcionado até aqui. Com o tempo e entrosamento, certamente o ala-pivô dará ainda mais trabalho para as defesas adversárias. Se vocês repararam em mais alguma coisa, deixem comentários e vamos debater.

Antes de encerrar por hoje, gostaria de compartilhar esse vídeo bem legal que o pessoal do BBALLBREAKDOWN fez antes do começo da temporada. Nele, eles explicam como Aldridge se encaixaria no ataque texano com base em vários lances dele em Portland. Vale a pena ver!

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, escreveu para o Spurs Brasil entre 2008 e 2012, criou o Destino Riverwalk e o podcast Cultura Pop, e agora está de volta ao Spurs Brasil para dar seus pitacos sobre o maior do Texas.

Publicado em 07/11/2015, em Artigos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. pauloricardo09

    Essa jogada de n.2 em que o Aldridge fica de costas pra cesta e distribui o jogo, é exatamente a que o Duncan abusava quando era mais jovem e atuava com David Robinson no garrafão, e ainda faz mas agora com menos frequência, isso significa que o Aldridge será moldado pra aprender a jogar da maneira como o Duncan jogava com Robinson

  1. Pingback: Spurs (5-2) @ Kings (1-7) – Bote fatal | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.