Popovich será técnico dos EUA após Rio-2016

Há 19 temporadas no comando do San Antonio Spurs, Gregg Popovich será o treinador da seleção dos Estados Unidos após as Olimpíadas do Rio-2016. Ele vai substituir Mike Kryzewski, o “Coach K”, que está no cargo na equipe nacional desde 2006 e irá assumir uma função diretiva na USA Basketball, entidade que gerencia as seleções de basquete locais.

Pop deu coletiva com Colangelo (Reprodução/facebook.com/Spurs)

“Estou extremamente feliz e honrado por ter a oportunidade de representar nosso país como técnico da seleção. O que o programa alcançou ao longo da última década sobre a liderança de Jerry Colangelo e Myke Kryzewski é muito impressionante. Farei o meu melhor para manter o elevado padrão de sucesso, classe e caráter estabelecidos por Jerry, Coach K e os muito jogadores que sacrificaram seu tempo em benefício da USA Basketball”, declarou Popovich, por meio de um comunicado oficial divulgado pela entidade nesta sexta-feira (23).

A nova função, entretanto, não deve interferir no trabalho do técnico com o Spurs. Apesar do comunicado não deixar explicito, é comum treinadores de seleções comandarem normalmente clubes ou equipes universitárias durante a temporada. O próprio Mike Kryzewski trabalha há mais de 30 anos no time da Universidade de Duke. Outro exemplo é Brett Brown, atual técnico do Philadelphia 76ers e ex-assistente do Spurs, que de 2009 a 2012 conciliou os compromissos na equipe texana com o emprego na seleção da Austrália.

Esta não será a primeira vez que Popovich estará a serviço da seleção dos Estados Unidos. De 2002 a 2004, ele desempenhou o papel de assistente técnico nas equipes que conquistaram sexto lugar no Mundial de 2002, o ouro na Copa América de 2003 e o bronze nas Olimpíadas de Atenas 2004. Com contrato até 2020, Pop terá como principais objetivos a Copa do Mundo de 2019, a ser disputada na China, e as Olimpíadas de Tóquio-2020.

Desde 2006, quando a seleção dos Estados Unidos passou a ser gerida por Jerry Colangelo de Mike Kryzewski, a equipe nacional acumula um incrível recorde de 75 vitórias e somente uma derrota. Neste período, conquistou dois ouros olímpicos, em Pequim 2008 e Londres 2012, e foi duas vezes campeã mundial, em 2010 e em 2014.

Anúncios

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 23/10/2015, em Notícias. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s