Arquivo diário: 23/10/2015

Popovich será técnico dos EUA após Rio-2016

Há 19 temporadas no comando do San Antonio Spurs, Gregg Popovich será o treinador da seleção dos Estados Unidos após as Olimpíadas do Rio-2016. Ele vai substituir Mike Kryzewski, o “Coach K”, que está no cargo na equipe nacional desde 2006 e irá assumir uma função diretiva na USA Basketball, entidade que gerencia as seleções de basquete locais.

Pop deu coletiva com Colangelo (Reprodução/facebook.com/Spurs)

“Estou extremamente feliz e honrado por ter a oportunidade de representar nosso país como técnico da seleção. O que o programa alcançou ao longo da última década sobre a liderança de Jerry Colangelo e Myke Kryzewski é muito impressionante. Farei o meu melhor para manter o elevado padrão de sucesso, classe e caráter estabelecidos por Jerry, Coach K e os muito jogadores que sacrificaram seu tempo em benefício da USA Basketball”, declarou Popovich, por meio de um comunicado oficial divulgado pela entidade nesta sexta-feira (23).

A nova função, entretanto, não deve interferir no trabalho do técnico com o Spurs. Apesar do comunicado não deixar explicito, é comum treinadores de seleções comandarem normalmente clubes ou equipes universitárias durante a temporada. O próprio Mike Kryzewski trabalha há mais de 30 anos no time da Universidade de Duke. Outro exemplo é Brett Brown, atual técnico do Philadelphia 76ers e ex-assistente do Spurs, que de 2009 a 2012 conciliou os compromissos na equipe texana com o emprego na seleção da Austrália.

Esta não será a primeira vez que Popovich estará a serviço da seleção dos Estados Unidos. De 2002 a 2004, ele desempenhou o papel de assistente técnico nas equipes que conquistaram sexto lugar no Mundial de 2002, o ouro na Copa América de 2003 e o bronze nas Olimpíadas de Atenas 2004. Com contrato até 2020, Pop terá como principais objetivos a Copa do Mundo de 2019, a ser disputada na China, e as Olimpíadas de Tóquio-2020.

Desde 2006, quando a seleção dos Estados Unidos passou a ser gerida por Jerry Colangelo de Mike Kryzewski, a equipe nacional acumula um incrível recorde de 75 vitórias e somente uma derrota. Neste período, conquistou dois ouros olímpicos, em Pequim 2008 e Londres 2012, e foi duas vezes campeã mundial, em 2010 e em 2014.

Anúncios

Spurs (1-4) vs Rockets (3-4) – Pré-temporada

San Antonio Spurs vs Houston Rockets – Pré-temporada

Data: 23/10/2015

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Em seu último compromisso nesta pré-temporada, o San Antonio Spurs faz clássico texano em casa contra o Houston Rockets para aquecer rumo ao início de mais uma campanha. O jogo deve ter todos os titulares do alvinegro para o último duelo antes do início da fase de classificação, de olho no entrosamento das novas contratações com os velhos conhecidos.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Tim Duncan

Fique de olho – LaMarcus Aldridge tem se esforçado bastante para se entrosar com seus novos companheiros e se acostumar com sua nova “casa”, o AT&T Center, mas vem encontrando algumas dificuldades, sendo uma delas o baixo aproveitamento nos arremessos de quadra nesta pré-temporada, fator que fez o ala-pivô ficar por mais de uma hora após a derrota para o Phoenix Suns treinando para melhorar sua eficiência.

PG – Ty Lawson

SG – James Harden

SF – Trevor Ariza

PF – Terrence Jones

C – Clint Capela

Fique de olho – Assim como Aldridge, Ty Lawson vem buscando aproveitar a pré-temporada para se entrosar em seu novo time, mas tem seu trabalho dificultado pela diversas lesões de seus companheiros, principalmente de Dwight Howard. O ex-jogador do Denver Nuggets chega para ser a peça que pode ajudar o time ir mais longe nos playoffs.

Spurs contrata ala e dispensa quatro

O San Antonio Spurs começa a mostrar a cara definitiva do seu elenco para a temporada 2015/2016 da NBA. Nesta quinta-feira (22), um dia depois de dispensar Keifer Sykes, Jimmer Fredette, DeShaun Thomas e Youssou Ndoye, a franquia texana anunciou a contratação de Julian Washburn, jovem ala de 2,03m de altura e 23 anos de idade.

Washburn (à esquerda) em ação na NCAA (Jonathan Bachman/AP)

Washburn acaba de concluir sua quarta e última temporada no basquete universitário americano, na qual apresentou médias de 10,3 pontos (41,5% FG, 38,1% 3 PT, 71,9% FT) e 4,1 rebotes em 33,8 minutos por exibição. Depois de passar em branco no Draft deste ano, fez parte do elenco do Golden State Warriors na Summer League, mas registrou apenas um total de dois pontos e dois rebotes em 14 minutos nas duas partidas em que foi acionado.

O provável destino de Washburn, porém, é o Austin Toros. Isso porque as franquias da D-League têm prioridade na contratação dos três últimos jogadores dispensados por sua afiliada da NBA – existe ainda a possibilidade de que esse número cresça para quatro neste ano.

Assim, o elenco do Spurs tem 17 jogadores, dois a mais do que o máximo permitido pela NBA para a temporada. Reggie Williams e Rasual Butler são favoritos ao posto final.