Arquivo diário: 01/07/2015

Spurs contata Prince; franquias observam Belinelli

Uma das offseasons mais movimentadas de toda história do San Antonio Spurs continua despertando rumores. De acordo com reportagens da imprensa americana, a franquia texana contatou o ala Tayshaun Prince, enquanto Charlotte Hornets e Golden State Warriors demonstraram interesse no ala-armador Marco Belinelli, agente livre do alvinegro.

Belinelli em ação pelo Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Segundo o site americano Project Spurs, Prince entrou no radar do Spurs. Ramona Shelburne, jornalista da ESPN americana, disse que a franquia texana entrou em contato com o ala, que terminou a última temporada com o Detroit Pistons e apresentou médias de 7,5 pontos e 3,6 rebotes em 24,1 minutos por exibição ao longo da fase regular.

Já o interesse de outras franquias em Belinelli foi noticiado por colunistas do Yahoo! Sports. Adrian Wojnarowski disse que o Hornets deve ser agressivo na perseguição ao ala-armador, enquanto Marc J. Spears afirmou que o Warriors tem interesse no retorno do italiano, que já defendeu as cores da equipe. Na última temporada, o agente livre, que também despertou o interesse do Chicago Bulls, apresentou médias de 9,2 pontos e 2,5 rebotes em 22,4 minutos por exibição e 9,3 pontos e 1,9 rebotes em 16,6 minutos por partida nos playoffs.

Belinelli é um dos jogadores que ficou sem vínculo algum com o Spurs no dia 1º. Engrossam a lista Manu Ginobili, Reggie Williams, Matt Bonner, Jeff Ayres, Tim Duncan e Aron Baynes.

Spurs mantém Green e Leonard e troca Splitter

A quarta-feira (1º) foi um dos dias mais movimentados da história do San Antonio Spurs. Nas primeiras horas após a abertura da agência livre da NBA, a franquia texana renovou os contratos de Danny Green e Kawhi Leonard e trocou Tiago Splitter para o Atlanta Hawks.

Green e Leonard permanecem no Spurs (Reprodução/basketball.fanpiece.com)

De acordo com informações publicadas no site oficial da NBA, Green fechou contrato de quatro temporadas pelo valor total de US$ 45 milhões. Na última temporada, o ala-armador obteve 11,7 pontos e 4,2 rebotes em 28,5 minutos por jogo na temporada regular e 8,3 pontos e 3,1 rebotes em 29,1 minutos por partida nos playoffs.

Ainda de acordo com informações do site oficial da NBA, Leonard renovou por mais cinco temporadas pelo valor total de US$ 90 milhões. Na última temporada, o ala apresentou médias de 16,5 pontos, 7,2 rebotes e 2,3 roubadas de bola em 31,8 minutos por exibição na fase classificatória e 20,3 pontos, 7,4 rebotes e 1,1 roubos de bola em 35,8 minutos por jogo nos playoffs, além de ter sido eleito o jogador de defesa da temporada.

Splitter, por sua vez, parte rumo ao Hawks. O que o Spurs recebe na troca não foi divulgado, mas o espaço salarial aberto pela saída do brasileiro pode ajudar a franquia a contratar um agente livre caro – LaMarcus Aldridge é o principal alvo até aqui. Na última temporada, o pivô teve médias de 8,2 pontos e 4,8 rebotes em 19,8 minutos por exibição na temporada regular e 3,4 pontos e 4,4 rebotes em 17,6 minutos por jogo nos playoffs.

Completando a lista de movimentações do Spurs na offseason, a franquia texana, de acordo com reportagem do site americano Project Spurs, exerceu a cláusula de qualifying offer de Cory Joseph, tornando-o agente livre restrito. Isso significa que o alvinegro tem o direito de igualar qualquer proposta feita pelo armador canadense. Aron Baynes, por outro lado, não teve o mesmo destino, e assim torna-se agente livre irrestrito ao lado de Manu Ginobili, Marco Belinelli, Reggie Williams, Matt Bonner, Jeff Ayres e Tim Duncan.