Arquivo diário: 01/05/2015

Spurs (3) vs Clippers (3) – Decisão em L.A.

96×102 

A série mais equilibrada da primeira rodada dos playoffs vai mesmo ser decidida em um jogo 7. Nesta quinta-feira (30), atuando em casa, o San Antonio Spurs não jogou bem e deixou escapar a chance de fechar a série diante do Los Angeles Clippers. A derrota, por 102 a 96, obriga o time texano a vencer pela terceira vez no Staples Center neste confronto se quiser avançar para a próxima fase. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

(AP Photo/Darren Abate)

Nada resolvido e a decisão vai para Los Angeles (Darren Abate/AP)

Empacou

Diferente do que nos acostumamos, o ataque do Spurs não parecia entrosado. A movimentação de bola não fluiu, e o desempenho ofensivo “empacou”. Muitos dos arremessos e infiltrações foram contestados ou desequilibrados. Principais armas no perímetro, Tony Parker e Kawhi Leonard combinaram para só sete acertos em 27 tiros de quadra tentados.

(AP Photo/Darren Abate)

Parker segue com atuações abaixo da média (Darren Abate/AP)

Acorda Green!

Quem se lembra daquele Danny Green mortal na linha de três pontos que bateu o recorde de cestas de longa distância das finais da NBA em 2013? Pois tragam-o de volta. Pelo terceiro jogo consecutivo, o ala-armador teve um rendimento pífio e converteu apenas um de cinco arremessos de longe. Nos três últimos confrontos, o camisa #4 acertou somente duas de 16 tentativas.

Belinelli

O Spurs só se manteve no jogo até os segundos finais graças ao bom trabalho executado por Boris Diaw e, especialmente Marco Belinelli. O italiano estava em uma noite endiabrada e matou sete tiros longos em 11 arremessos, convertendo bolas dificílimas, mesmo desequilibrado ou de muito longe. Gregg Popovich, entretanto, insistiu com Green em boa parte do duelo e recolocou o camisa #3 nos lances finais. Mesmo assim, o reserva quase fez milagre pelo time da casa.

Já vi este filme

Assim como no jogo 5, uma interferência ofensiva teve papel decisivo no resultado da partida, só que desta vez a favor do Clippers. Com o Spurs perdendo por quatro pontos a menos de dois segundos para o fim, Belinelli arremessou de longe, e a bola quicou no aro. Na tentativa do tapinha, Diaw encostou nela ainda estava sobre o aro, o que caracterizou a interferência. Logo em seguida, Blake Griffin também cometeu infração, que, em um primeiro instante, foi anotada pelos árbitros, dando os três pontos aos texanos. O lance, porém, foi revisto, e o toque anterior do francês foi aferido, anulando o lance e dando a posse aos visitantes.

Vencer ou ir para casa

O sétimo e decisivo confronto da série será disputado neste sábado (2), às 21h (de Brasília), no Staples Center, casa do Clippers. Quem vencer avança para encarar o Houston Rockets em uma das semifinais da Conferência Oeste. Quem perder tira férias antecipadas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Marco Belinelli – 23 pontos

Boris Diaw – 17 pontos, 5 assistências e 4 rebotes

Tim Duncan – 13 pontos e 12 rebotes

Los Angeles Clippers

Blake Griffin – 26 pontos, 12 rebotes e 6 assistências

Chris paul – 19 pontos e 15 assistências

J.J. Redick – 19 pontos

DeAndre Jordan – 15 pontos e 14 rebotes