Arquivo diário: 20/04/2015

Spurs (0) @ Clippers (1) – Engolidos

92×107

O San Antonio Spurs enfrentou, na noite deste domingo (19), o Los Angeles Clippers, no Staples Center, casa do adversário, e saiu de quadra derrotado. Com grande atuação de seus astros, o time da Califórnia não tomou conhecimento dos atuais campeões da NBA e impôs uma dolorosa derrota na primeira partida da série, válida pela primeira fase dos playoffs da Conferência Oeste. Confira, a seguir, aos principais pontos deste confronto:

Bóris Diaw teve noite apagada (Reprodução/nba.com/spurs)

Bóris Diaw teve noite apagada (Reprodução/nba.com/spurs)

Atropelo

Não houve perdão e não houve chance. Após fraco primeiro quarto, o Spurs até que chegou perto de uma possível vitória. Começou a segunda parcial muito bem e se aproximou, ficando na frente do placar na metade do mesmo período. Entretando, a partir desse momento, os texanos começaram a jogar mal novamente, sendo essa atuação extendida até o fim da partida. Chris Paul e Blake Griffin dominaram no ataque, e DeAndre Jordan foi um defensor incasável. Até mesmo a tática do hack-a-Jordan não teve efeito. Com a partida deste domingo, fica a interrogação sobre a capacidade dos alvinegros conseguirem alguma vitória fora de casa, já que o Staples Center parecia um inferno durante o primeiro confronto dos playoffs.

Duncan anotou mais um double-double em playoffs (Reprodução/nba.com/spurs)

Sem perímetro, sem vitória

Não desmerecendo o time adversário e a partida impecável que realizaram. Muito da falta de atitude do perímetro foi por contra da defesa californiana. Porém, o time texano deixou muito a desejar na área que mais domina: o toque de bola. O resultado: arremessos totalmente desequilibrados e marcados, bolas mal passadas e uma mira muito aquém do que pode ser feito. O alvinegro teve somente dez acertos de bolas de três em 33 tentativas. Muito pouco para uma equipe que sabe como ninguém utilizar o perímetro para marcar uma grande parcela dos seus pontos.

Faltou um brasileiro

A defesa, dentro do garrafão, foi um ponto fraco. Com Aron Baynes dentro da área pintada, Blake Griffin deitou e rolou, conseguindo até duas cravadas espetaculares sobre o australiano. O pivô é um ótimo reserva para Tiago Splitter, entretando, em uma partida como essas, contra um garrafão poderoso no ataque, a má condição física do brasileiro foi sentida.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 18 pontos e 6 rebotes

Tim Duncan – 11 pontos e 11 rebotes

Marco Belinelli – 11 pontos

Manu Ginobili – 10 pontos e 6 assistências

Tony Parker – 10 pontos

Los Angeles Clippers

Chris Paul – 32 pontos, 7 rebotes e 6 assistências

Blake Griffin – 26 pontos, 12 rebotes e 6 assistências

Jamal Crawford – 17 pontos

J.J. Redick – 10 pontos

DeAndre Jordan – 9 pontos e 14 rebotes

Anúncios