Spurs (49-26) @ Magic (22-53) – Playoffs, aqui vamos nós

 103×91

Boa atuação, quinta vitória seguida e vaga garantida aos playoffs pela 18ª temporada consecutiva. Todos estes feitos o San Antonio Spurs realizou na noite desta quarta-feira (º), diante do Orlando Magic, em partida disputada nos domínios do adversário. O triunfo deixa a equipe texana apenas uma vitória atrás do Los Angeles Clippers, atualmente quinto colocado na Conferência Oeste. Confira aqui os principais destaques deste confronto.

Tim Duncan e Nikola Vucevic mostrando que não existe vida fácil embaixo da cesta (Reprodução/nba.com/spurs)

Calendário apertado

A partida contra o Orlando Magic foi a segunda em apenas dois dias – o Spurs havia vencido na terça-feira o Miami Heat – o que fez com que o técnico Gregg Popovich decidisse diminuir o tempo de quadra dos seus principais jogadores, dando mais oportunidades a atletas que contribuem vindo do banco. Prova disso é que os nomes que estiveram durante mais minutos em quadra foram Cory Joseph (26) e Marco Belinelli (30), ambos reservas.

Toda a classe de Aron Baynes (Reprodução/nba.com/spurs)

Noite de Baynes

O grandalhão australiano Aron Baynes, que mostrou sinais de bom desenvolvimento na atual temporada, foi o grande destaque do Spurs no jogo, contribuindo principalmente no ataque, onde seu bom posicionamento e explosão física resultaram em 18 pontos e cinco rebotes. Popovich testou algumas vezes o jogador como pivô titular na vaga de Tiago Splitter no campeonato e, com os playoffs se aproximando, os dois devem travar um duelo interessante por esta vaga.

Playoffs é com ele mesmo

A atual temporada é a 18ª que Tim Duncan disputa pela NBA. Todas as 18 defendendo as cores da equipe de San Antonio. Provavelmente, em sua temporada de novato, alguns leitores do Spurs Brasil nem sequer eram nascidos. E desde que chegou à liga, The Big Fundamental nunca ficou de fora dos playoffs. Dados simplesmente incríveis do lendário ala-pivô.

Fique de olho

O Orlando Magic não tem mais o que fazer na atual temporada, já que não tem mais chances de classificar-se para os playoffs. Mas a equipe é cheio de talento jovem, que tem sido testado nesta reta final e dado bons resultados. Elfrid Payton, Tobias Harris, Nikola Vucevic e Victor Oladipo já deram mostras de serem atletas de qualidade, e o “vovô” dessa turma é o pivô montenegrino, que tem apenas 24 anos de idade. Olho neles nas próximas temporadas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Aron Baynes – 18 pontos e 5 rebotes

Manu Ginobili – 13 pontos e 3 assistências

Marco Belinelli – 12 pontos e 4 rebotes

Boris Diaw – 11 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Orlando Magic

Victor Oladipo – 24 pontos, 7 assistências e 6 rebotes

Nikola Vucevic – 16 pontos e 11 rebotes

Tobias Harris – 18 pontos e 7 rebotes

Elfrid Payton – 14 pontos, 7 rebotes e 7 assitências

Anúncios

Sobre Bruno Lorscheiter Alves

Jornalista amador, apaixonado por esportes, basquete e lógico, San Antonio Spurs.

Publicado em 02/04/2015, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s